Aguarde...

Moqueca capixaba


Ingredientes

  • 3 dentes de alho amassados
  • 4 colheres (sopa) de suco de limão
  • 2 kg de postas de peixe (namorado, vermelho)
  • 5 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 cebola grande
  • 4 tomates médios
  • 1/2 xícara (chá) de salsinha picada
  • 1/2 xícara (chá) de coentro picado
  • 5 colheres (sopa) de tinta de urucum
  • sal a gosto
  • tinta de urucum
  • 2 xícaras (chá) de azeite de oliva
  • 1/2 xícara (chá) de sementes de urucum

Modo de preparo

Coloque numa tigela o alho, junte o suco de limão e o sal. Misture e tempere o peixe. Unte uma panela de barro, com capacidade para 3 litros, com a metade do azeite de oliva. Se preferir, use uma panela de ferro ou de pedra. Disponha as postas de peixe e deixe tomar gosto. Enquanto isso, descasque a cebola e corte-a em pedaços pequenos. Lave os tomates e corte-os em pedaços pequenos. Distribua-os sobre o peixe, salpique a salsinha e o coentro e regue com o azeite restante. Tampe a panela e leve ao fogo por 15 minutos, ou até ferver. Despeje sobre a moqueca a tinta de urucum misturada com o sal e cozinhe por mais 30 minutos, ou até o peixe ficar macio. Durante o cozimento, dê umas mexidas na panela, sacudindo-a para o peixe não grudar, mas não mexa com colher. Retire do fogo e sirva na própria panela com arroz branco e molho de pimenta vermelha. Tinta de Urucum: coloque numa panela 2 xícaras (chá) de azeite de oliva e 1/2 xícara (chá) de sementes de urucum. Leve ao fogo por 5 minutos, ou até o azeite ficar bem vermelho, mas tome cuidado para o azeite não fritar. Se aquecer demais, retire do fogo, aguarde um pouco e volte. Retire do fogo. Deixe esfriar e guarde a preparação num vidro esterelizado, com capacidade para 1/2 litro. (Rende 47 colheres de sopa de 10 g.)

Dicas

Na moqueca capixaba (palavra tupi que significa terra boa para a lavoura), o azeite-de-dendê e o leite de coco são substituídos por azeite de oliva e urucum, um corante natural usado pelos índios para pintar o corpo. A influência indígena é marcante na culinária do Espírito Santo, não só pelo uso do urucum, como também por outros alimentos nativos, como a farinha de mandioca e a banana-da-terra Fonte: Revista Água na Boca

Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Bolo de fubá com geléia
Bolo de fubá com geléia
Torta de Tomate
Torta de Tomate
Rondelle com creme de salmão e molho de salsinha
Rondelle com creme de salmão e molho de salsinha
Doce de Casca de Melancia
Doce de Casca de Melancia
Nuvem de groselha
Nuvem de groselha
Almôndegas de aveia e cenoura
Almôndegas de aveia e cenoura
Empadão de carne seca
Empadão de carne seca
Bolo de Batata com Carne Moída
Bolo de Batata com Carne Moída
Bolo Magro
Bolo Magro
Crocantes de chocolate
Crocantes de chocolate
Massa de Bolo para Rechear (MARAVILHOSA)
Massa de Bolo para Rechear (MARAVILHOSA)
Torta holandesa de laranja
Torta holandesa de laranja
Musse de chocolate
Musse de chocolate
Doce de Pessego
Doce de Pessego
Bolinho de Bacalhau
Bolinho de Bacalhau
Ensopadinho de carne moida
Ensopadinho de carne moida
Musse de Bombom
Musse de Bombom
Escarola à Moda do Carlos Thomaz
Escarola à Moda do Carlos Thomaz
Arroz à Parmegiana
Arroz à Parmegiana
Parafuso Com Linguiça Calabresa e Erva-doce
Parafuso Com Linguiça Calabresa e Erva-doce