Aguarde...

WWF-Brasil recebe estudantes em ação de educação ambiental




Por Bruno Taitson

A sede do WWF-Brasil viveu um dia diferente na terça-feira, 20 de novembro. Cerca de 40 estudantes da terceira série do ensino fundamental do Colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro visitaram o edifício da ONG, localizado em Brasília (DF).

A bióloga Mariana Valente, técnica em Educação Ambiental do WWF-Brasil, realizou uma apresentação para os alunos. Entre os temas abordados, a história do WWF no Brasil e no mundo, o funcionamento do terceiro setor, principais questões ambientais e um estudo de caso de um projeto de Educação Ambiental implementado no Distrito Federal.

Durante a visita, os alunos fizeram um passeio programado dentro do WWF-Brasil para conhecer o funcionamento interno da instituição, programas e profissionais dos diversos departamentos. Também foi exibido o mais recente vídeo promocional da ONG, produzido pela agência de publicidade DM9. Para encerrar, as crianças participaram de atividade sobre a organização e principais funções do terceiro setor.

A aluna Isabela de Araújo Santos, de 10 anos, gostou da programação. “Foi muito bom conhecer a ligação entre as ações do homem e seus efeitos na natureza. A gente tem que se preocupar em fazer o bem para a natureza, pois só assim conseguiremos fazer o bem para nós mesmos”, afirmou.

Isabela acrescentou que não conhecia o trabalho do WWF. “Sempre passava aqui perto e ficava achando que vocês criavam ursos aí dentro”, disse. “Agora sei que o WWF tem vários trabalhos em defesa do meio ambiente no Brasil”, completou.

José Renato da Costa Nóbrega, também de 10 anos, classificou a visita como “muito produtiva”. Para ele, o mais importante foi tomar consciência de que muitos desastres naturais ocorrem em conseqüência das ações humanas. “Precisamos cuidar melhor da natureza, para que ela não continue reagindo do jeito que estamos vendo”, observou.

A professora Mirian Lorena Peçanha, que leciona História e Geografia no Colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, disse que o objetivo principal da visita foi mostrar para as crianças como funciona uma organização não-governamental e qual o papel das ONGs na sociedade. “Meu objetivo foi alcançado. Além disso, os alunos também foram informados a respeito dos projetos ambientais do WWF”, relatou.

Para Mariana Valente, que coordenou as atividades, ao abrir as portas para o público infanto-juvenil o WWF-Brasil planta uma semente para o futuro. “É fundamental sensibilizar as próximas gerações em relação a temas socioambientais e à importância do terceiro setor para a sociedade”, declarou.

Mariana também entende que a interação entre os funcionários do WWF-Brasil e o público jovem seja positiva para a instituição. “Trazer crianças para conhecer nossa sede faz com que nos lembremos sempre do significado de nossa missão e nos motiva para seguirmos trabalhando diariamente em prol da conservação e da construção de sociedades sustentáveis”, concluiu.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (0)

Álbum de fotos (0)

Marcadores

Comentários



Lançada iniciativa para financiar unidades de conservação em 40 milhões de hectares da Amazônia brasileira
Lançada iniciativa para financiar unidades de conservação em 40 milhões de hectares da Amazônia brasileira
Mudanças climáticas: Governos precisam ouvir alerta de cientistas e definir como lidar com o tema em Bali
Mudanças climáticas: Governos precisam ouvir alerta de cientistas e definir como lidar com o tema em Bali
“Mata Atlântica, a floresta que nos une”
“Mata Atlântica, a floresta que nos une”
Espécies encontradas no Tumucumaque - Jupará
Espécies encontradas no Tumucumaque - Jupará
Seminário lança programa de capacitação que vai beneficiar mais de 2,5 mil famílias
Seminário lança programa de capacitação que vai beneficiar mais de 2,5 mil famílias
Florestas seguem carentes de mais proteção
Florestas seguem carentes de mais proteção
Debate sobre mudanças climáticas no CBUC
Debate sobre mudanças climáticas no CBUC
Mais de 150 projetos da Rede WWF estão disponíveis no Google Earth
Mais de 150 projetos da Rede WWF estão disponíveis no Google Earth
Movimento CYAN e WWF-Brasil iniciam recuperação do Córrego Crispim
Movimento CYAN e WWF-Brasil iniciam recuperação do Córrego Crispim
Investir em conservação ambiental é um bom negócio
Investir em conservação ambiental é um bom negócio
Código Florestal: texto de Aldo segue repleto de retrocessos
Código Florestal: texto de Aldo segue repleto de retrocessos
WWF-Brasil discute serviços ambientais na TV Assembléia
WWF-Brasil discute serviços ambientais na TV Assembléia
Panorama Global da Biodiversidade destaca risco de colapso ambiental
Panorama Global da Biodiversidade destaca risco de colapso ambiental
Regiões preservadas são alvo do tráfico de animais
Regiões preservadas são alvo do tráfico de animais
Ministra Marina Silva visita Exposição Itinerante do WWF-Brasil
Ministra Marina Silva visita Exposição Itinerante do WWF-Brasil
No Japão, a vez dos pescados eco-certificados
No Japão, a vez dos pescados eco-certificados
Reuniões do IPCC vão noite a dentro
Reuniões do IPCC vão noite a dentro
O jogo não acabou para as florestas brasileiras
O jogo não acabou para as florestas brasileiras
A natureza guia a pesquisa na expedição científica do Juruena
A natureza guia a pesquisa na expedição científica do Juruena
ONGs ambientalistas debatem Fundo Amazônia com representante do governo norueguês
ONGs ambientalistas debatem Fundo Amazônia com representante do governo norueguês