Aguarde...

WWF-Brasil lança publicação voltada para madeira legal




Por Bruno Taitson

O WWF-Brasil lançou semana passada, em São Paulo, o guia Seja Legal: Boas Práticas para Manter a Madeira Ilegal fora de seus Negócios. A publicação, de 80 páginas, contém orientações para eliminar a ilegalidade na cadeia da madeira, buscando subsídios para que se adote o consumo de produtos com a certificação FSC (Conselho de Manejo Florestal).

O Seja Legal é destinado a empresários, consumidores e formuladores de políticas públicas. Mostra os impactos negativos e as implicações sociais, ambientais e econômicas no consumo da madeira ilegal, com dicas para minimizar os riscos de se comprar madeira ilegal.

O guia foi lançado durante evento que marcou a assinatura do protocolo do Programa Madeira é Legal, cujo objetivo é incentivar e promover o uso da madeira de origem legal e certificada na construção civil no Estado e no Município de São Paulo. A iniciativa é coordenada por Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura de São Paulo, Sindicato da Indústria da Construção Civil de Grandes Estruturas do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), Grupo de Produtores Florestais Certificados na Amazônia (PFCA) e WWF-Brasil, contando com a participação de instituições de pesquisa e ensino, associações, empresas e sociedade civil organizada.
 
Durante o lançamento, no Centro Cultural de São Paulo, o engenheiro florestal do WWF-Brasil, Estevão Braga, apresentou ao público de cerca de 300 pessoas a problemática do desmatamento associado à madeira ilegal na Amazônia brasileira. Ele lembrou que a maior parte da madeira tropical extraída de forma predatória na Amazônia é consumida no Brasil, o que demanda ações contundentes por parte da indústria, do comércio, de governos e do consumidor.

Estevão Braga destacou que o Seja Legal apresenta os passos necessários para que comércio e indústria deixem de comprar madeira ilegal e passem a adquirir o produto certificado pelo FSC (Conselho de Manejo Florestal). “Não podemos parar apenas na legalidade, é preciso ir além. O selo FSC assegura que a madeira que dá origem ao produto advém de uma área de manejo, na qual critérios sociais e ambientais são rigorosamente observados”, salientou.

Ele destacou que ações que valorizem a exploração racional dos ativos florestais, como a madeira, são essenciais para a conservação da floresta. “Se substituirmos a madeira nativa pela madeira plantada, por exemplo, a floresta perde o valor, passando a ser explorada por atividades potencialmente predatórias, como a pecuária e a sojicultura”, avaliou.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (2)

Álbum de fotos (2)

Marcadores

Comentários



Curso introdutório de gestão de unidades de conservação está com inscrições abertas
Curso introdutório de gestão de unidades de conservação está com inscrições abertas
De olho nas áreas protegidas brasileiras
De olho nas áreas protegidas brasileiras
Acre: Certificação por boas práticas na agricultura já beneficia produtor
Acre: Certificação por boas práticas na agricultura já beneficia produtor
Arara-azul, um dos animais mais amados do mundo, agora na TV
Arara-azul, um dos animais mais amados do mundo, agora na TV
Pegada ecológica é tema de palestra na Casa do Artesão em Corumbá (MS)
Pegada ecológica é tema de palestra na Casa do Artesão em Corumbá (MS)
Pacto Murici lança associação pela Mata Atlântica do Nordeste
Pacto Murici lança associação pela Mata Atlântica do Nordeste
Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente adere à Hora do Planeta
Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente adere à Hora do Planeta
WWF-BRASIL: discutir hidrelétricas uma a uma é desperdício de energia
WWF-BRASIL: discutir hidrelétricas uma a uma é desperdício de energia
No retorno, observações sobre e a natureza do Amapá
No retorno, observações sobre e a natureza do Amapá
Frente Nacional de Prefeitos participa da Hora do Planeta
Frente Nacional de Prefeitos participa da Hora do Planeta
IR Ecológico tem debates marcados no Rio de Janeiro
IR Ecológico tem debates marcados no Rio de Janeiro
Integrantes do WWF-Holanda visitam o Pantanal
Integrantes do WWF-Holanda visitam o Pantanal
Orgânicos ajudam a preservar o Cerrado no Distrito Federal
Orgânicos ajudam a preservar o Cerrado no Distrito Federal
Olhares sobre a Água e o Clima: conheça os trabalhos premiados
Olhares sobre a Água e o Clima: conheça os trabalhos premiados
Sociedade brasileira contra o aquecimento global
Sociedade brasileira contra o aquecimento global
Baleia Orca é o animal mais tóxico do Ártico
Baleia Orca é o animal mais tóxico do Ártico
Inscrições para o concurso de foto e vídeo do WWF-Brasil na reta final
Inscrições para o concurso de foto e vídeo do WWF-Brasil na reta final
Parceria vai promover a conservação da biodiversidade e desenvolvimento sustentável
Parceria vai promover a conservação da biodiversidade e desenvolvimento sustentável
Unidades de conservação do Arpa reduzem 1,1 bilhão de toneladas de carbono, afirma relatório
Unidades de conservação do Arpa reduzem 1,1 bilhão de toneladas de carbono, afirma relatório
Câmara dos Deputados retoma trabalhos
Câmara dos Deputados retoma trabalhos