Aguarde...

WWF-Brasil lança publicação sobre regulamentação de Reservas de Desenvolvimento Sustentável




Com o objetivo de tentar esclarecer e reduzir dúvidas freqüentes em relação às Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDSs), o WWF-Brasil lança nessa terça-feira, 19, durante o V Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação, que acontece entre 17 e 21 de junho, em Foz do Iguaçu (PR), a publicação “Reserva de Desenvolvimento Sustentável - Diretrizes para a regulamentação”. O volume apresenta a sistematização resumida de estudos e debates que procuram abordar os principais pontos polêmicos relacionados a essa categoria de unidade de conservação de uso sustentável.

“O WWF-Brasil espera que este material contribua com o entendimento público sobre a importância das UCs na Amazônia brasileira e sirva de instrumento para subsidiar o debate sobre as RDSs”, afirma o superintendente de conservação de programas regionais do WWF-Brasil, Cláudio Maretti, acrescentando que a publicação do caderno faz parte do objetivo da organização em acompanhar e apoiar a execução do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), do governo federal, criado para implementar uma rede de unidades de conservação que propicie a conservação de amostras representativas das diferentes paisagens da Amazônia brasileira.

“Reserva de Desenvolvimento Sustentável - Diretrizes para a regulamentação” apresenta também os resultados de uma discussão eletrônica aberta à participação pública, realizada pelo WWF-Brasil entre setembro e novembro de 2006, para recolher informações e impressões de atores envolvidos com a temática das RDSs. O objetivo da discussão foi dar ensejo à formulação de um documento-base, capaz de subsidiar órgãos governamentais executores do Snuc (Sistema Nacional de Unidades de Conservação) no processo de regulamentação dessa categoria de unidade de conservação.

A falta de uma regulamentação específica resulta em diferentes práticas no que se refere aos processos de criação, proteção e gestão de RDSs, gerando indagações entre gestores e ambientalistas. São freqüentes perguntas como: “por que uma área é decretada como Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) e não como Reserva Extrativista (ResEx)? As RDSs abrigam populações tradicionais; mas quais são os critérios para definir essa “tradicionalidade”? Quais atividades econômicas são admitidas em uma RDS?”. O documento completo da análise sobre RDS, que procura esclarecer essas e outras dúvidas, bem como sua proposta de regulamentação e a análise jurídica sobre a categoria, serão lançadas em CD que acompanha a publicação.

A publicação está disponível para download na Biblioteca on-line do WWF-Brasil.

Serviço
V Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação
Reserva de Desenvolvimento Sustentável - Diretrizes para a regulamentação
Terça-feira, 19/06
Lançamento Publicação: 18h30
Organização: WWF-Brasil
Local: Estande WWF-Brasil / II Mostra de Conservação da Natureza
Hotel Rafain Palace / Foz do Iguaçu / Paraná

Evento aberto para participantes do congresso


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Pirenópolis desenvolve modelo para manejar resíduos sólidos
Pirenópolis desenvolve modelo para manejar resíduos sólidos
Seminário discute no Acre compras responsáveis de madeira
Seminário discute no Acre compras responsáveis de madeira
Workshop discute selo para projetos de desenvolvimento limpo
Workshop discute selo para projetos de desenvolvimento limpo
Código Florestal: ambientalistas demandam posicionamento de presidenciáveis
Código Florestal: ambientalistas demandam posicionamento de presidenciáveis
Sting e outros artistas pedem um acordo de clima justo e eficiente
Sting e outros artistas pedem um acordo de clima justo e eficiente
Professores levam sustentabilidade para casa
Professores levam sustentabilidade para casa
Entrevista: José Pedro de Oliveira Costa, um dos criadores do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque
Entrevista: José Pedro de Oliveira Costa, um dos criadores do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque
Texto da Rio+20 é “enxugado”, mas só será fechado na segunda
Texto da Rio+20 é “enxugado”, mas só será fechado na segunda
Seminário se encerra com contribuições dos participantes
Seminário se encerra com contribuições dos participantes
DE OLHO NO CLIMA: Uma área sempre maltratada
DE OLHO NO CLIMA: Uma área sempre maltratada
Parceria entre WWF-Brasil e Unimed Seguros beneficia projeto ecológico no Distrito Federal
Parceria entre WWF-Brasil e Unimed Seguros beneficia projeto ecológico no Distrito Federal
Operação arriscada na cachoeira do Desespero
Operação arriscada na cachoeira do Desespero
Pressão de ambientalistas faz ministro criar grupo para discutir aplicação do Código Florestal
Pressão de ambientalistas faz ministro criar grupo para discutir aplicação do Código Florestal
Pegada Ecológica é lançada em Campo Grande
Pegada Ecológica é lançada em Campo Grande
São Paulo protesta contra alterações no Código Florestal
São Paulo protesta contra alterações no Código Florestal
Conhecer para educar
Conhecer para educar
Natura Nós e mostra de cinema ambiental terão participação do WWF-Brasil
Natura Nós e mostra de cinema ambiental terão participação do WWF-Brasil
Extrativistas da Amazônia vendem 400 quilos de óleo de copaíba para empresa de fragrâncias
Extrativistas da Amazônia vendem 400 quilos de óleo de copaíba para empresa de fragrâncias
Estradas rurais podem contribuir para conservação da floresta
Estradas rurais podem contribuir  para conservação da floresta
BB suspende crédito para soja em área desmatada na Amazônia
BB suspende crédito para soja em área desmatada na Amazônia