Aguarde...

WWF-Brasil e HSBC comemoram conquistas do Programa Água para a Vida em dez anos de parceria




Para comemorar uma década de parceria de sucesso pela proteção dos recursos hídricos do planeta, WWF-Brasil e HSBC prepararam um relatório com as ações e resultados do programa. Iniciada em 2002 , a parceria atuou na revisão das formas de utilização da água em todo o país, com foco na conservação do recurso para as atuais e futuras gerações. O Programa contou com o investimento de 13 milhões de dólares pelo banco, o que possibilitou a mobilização de 17 milhões de pessoas em campanhas de água e clima no Brasil.

“Diferentemente do que é usual em iniciativas que dependem de apoiadores, a parceria do WWF-Brasil com o HSBC permitiu que todo o desenho do projeto levasse em conta o processo necessário para se alcançar resultados no trabalho com água. O apoio de longo prazo, sistemático e seguro, nos permitiu dar cada passo a seu tempo e ao final ter os resultados que projetamos desde o início do planejamento”, comemora a secretária geral do WWF-Brasil, Maria Cecília Wey de Brito.

“Esse tipo de parceria é vital para o HSBC traduzir seu grande comprometimento como grupo global e com sua atuação no Brasil. Não são só as áreas ambientais que vão trazer as soluções para o grande desafio do século. Se não tivermos o engajamento das áreas públicas, da comunidade e do setor privado, como será o futuro do nosso planeta?”, pergunta Claudia Malschitzky, superintendente-executiva de Sustentabilidade do HSBC Bank Brasil.

O Programa também teve vital importância na consolidação de legislações estratégicas para os recursos hídricos do país, como o Plano Nacional de Recursos Hídricos (PNRH), o primeiro da América Latina; a Resolução sobre a Água, Florestas e Solos; e o Plano de Recursos Hídricos do Estado do Acre, o primeiro da Amazônia.

Outros resultados expressivos alcançados por essa parceria foram o desenvolvimento do modelo de boa governança e conservação de recursos hídricos em 79 mil km2 de área em bacias hidrográficas no Pantanal, na Amazônia e na Mata Atlântica.

Destaque também para o fortalecimento do comitê de bacia hidrográfica do São João, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, que resultou no tratamento de 70% do esgoto na zona costeira da região, beneficiando até 2 milhões de habitantes da área.

A parceria continua e terá investimento de US$ 2,5 milhões com foco no Pantanal

Os resultados alcançados pela parceria garantiram sua continuidade por mais cinco anos. A nova etapa faz parte do “Programa HSBC pela Água”, que tem atuação global em cinco bacias hidrográficas estratégicas, e onde vivem um bilhão de pessoas: Yangtze, na China; Ganges, na Índia; Mekong, que passa pela China, Tailândia, Laos, Camboja e Vietnã; Leste Africano, nos rios Ruaha e Mara, dividido entre o Quênia e a Tanzânia; e o Pantanal, em terras brasileiras, que será contemplado com projetos de recuperação de pelo menos 30 nascentes das suas cabeceiras, envolvendo ao menos 20 municípios, e com impacto em mais de 700 quilômetros de rios. Nesse programa, o HSBC investirá US$ 20 milhões no trabalho do WWF, dos quais US$ 2,5 milhões serão destinados ao Brasil.

Essas e outras informações sobre os dez anos de trabalho e conquistas da parceria em prol das águas brasileiras podem ser acessadas no site www.aguaparavida.com.br

Assista o vídeo comemorativo:



Fonte: WWF - Brasil


Álbum (4)

Álbum de fotos (4)

Marcadores

Comentários



Concurso estimula inovações tecnológicas com foco em meio ambiente
Concurso estimula inovações tecnológicas com foco em meio ambiente
Países debatem repartição de benefícios da biodiversidade
Países debatem repartição de benefícios da biodiversidade
Vídeo mostra realização de expedição científica na Amazônia
Vídeo mostra realização de expedição científica na Amazônia
Brasil não cumpriu metas de conservação da Mata Atlântica
Brasil não cumpriu metas de conservação da Mata Atlântica
Resex Cazumbá-Iracema: modelo de desenvolvimento sustentável
Resex Cazumbá-Iracema: modelo de desenvolvimento sustentável
Pesquisadores pedem rigor na implementação do Código Florestal
Pesquisadores pedem rigor na implementação do Código Florestal
Código Florestal: ONGs enviam carta aberta aos parlamentares
Código Florestal: ONGs enviam carta aberta aos parlamentares
WWF-Brasil e AmBev se unem para a conservação e gestão de bacia hidrográfica no Distrito Federal
WWF-Brasil e AmBev se unem para a conservação e gestão de bacia hidrográfica no Distrito Federal
Lançamentos do WWF-Brasil movimentam terceiro dia do V Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação
Lançamentos do WWF-Brasil movimentam terceiro dia do V Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação
Especialistas defendem agricultura verde, pagamento de serviços e regeneração de áreas
Especialistas defendem agricultura verde, pagamento de serviços e regeneração de áreas
Festa das ONGs na COP de clima
Festa das ONGs na COP de clima
NÓS E O CLIMA: Sentindo os efeitos da cheia
NÓS E O CLIMA: Sentindo os efeitos da cheia
Exposição mostra em SP importância do consumo consciente
Exposição mostra em SP importância do consumo consciente
Parlamentares: ouçam a voz das florestas!
Parlamentares: ouçam a voz das florestas!
Floresta faz a diferença convoca sociedade antes da votação da MP sobre o Código Florestal
Floresta faz a diferença convoca sociedade antes da votação da MP sobre o Código Florestal
Presidenciáveis assumem compromisso em defesa das florestas
Presidenciáveis assumem compromisso em defesa das florestas
É possível produzir e conservar no Cerrado
É possível produzir e conservar no Cerrado
Organizações indígenas da Bacia Amazônica discutem meio ambiente e saberes ancestrais
Organizações indígenas da Bacia Amazônica discutem meio ambiente e saberes ancestrais
Manejo do pirarucu: WWF-Brasil registra em vídeo trabalho de 18 anos no Baixo Amazonas
Manejo do pirarucu: WWF-Brasil registra em vídeo trabalho de 18 anos no Baixo Amazonas
Com festa em escola municipal, WWF-Brasil lança livro sobre sustentabilidade no noroeste do Mato Grosso
Com festa em escola municipal, WWF-Brasil lança livro sobre sustentabilidade no noroeste do Mato Grosso