Aguarde...

WWF-Brasil e Governo do Acre lançam estudo sobre incentivos por serviços ambientais




Por Fernanda Melonio

Nesta sexta-feira, 28 de junho, foi lançada em Rio Branco (AC), a publicação “O Sistema de Incentivos por Serviços Ambientais do Estado do Acre”. O estudo, que é uma parceria entre o WWF-Brasil e o Instituto de Mudanças Climáticas do Acre (IMC), trata do Sistema Estadual de Incentivo a Serviços Ambientais (SISA) que inclui o regime de REDD (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal) do estado.

Conhecido como Incentivos por Serviços Ambientais Associados com Carbono, ou ISA Carbono, esse programa representa uma das primeiras políticas públicas de REDD jurisdicional e é considerada a mais avançada em todo o mundo.

O Estado do Acre mantém 87% de sua cobertura florestal original, e entre 2003 e 2012, a taxa de desmatamento caiu 71%, um padrão que também foi observado posteriormente em toda a Amazônia brasileira. A partir de 1999, o governo do Acre começou a implementar uma série de políticas socioambientais que contribuíram para a queda mais precoce do desmatamento no estado.

Dentre essas políticas destacam-se o Zoneamento Ecológico-Econômico, que serve como instrumento básico de ordenamento territorial; o estabelecimento e a expansão de um sistema de áreas protegidas, cujas unidades públicas cobrem quase 50% do estado; um sistema avançado de monitoramento da cobertura florestal; o apoio à economia de base florestal, por meio de concessões florestais e fomento ao manejo florestal de uso múltiplo, verticalização das cadeias produtivas através de investimentos na indústria de processamento; e incentivos a  unidades produtivas familiares na adoção de práticas produtivas sustentáveis.

O estudo visa analisar o desenho e o processo de construção do programa, identificando fortalezas e desafios, além de contribuir com subsídios para sua implementação e identificar lições relevantes para o desenho de outros regimes de REDD.

O Programa ISA Carbono, que apresenta inúmeros aspectos positivos e inovadores, já atraiu apoio de diversas parcerias técnicas e financeiras. O seu financiamento assegurado até o final de 2012 foi de cerca de R$107,7 milhões, e as perspectivas futuras para financiamento são promissoras.

Hoje, a existência de modelos e a disponibilidade de financiamento devem facilitar a criação de novos regimes de REDD. A experiência do Acre pode servir de inspiração para o desenho desses regimes no Brasil e em outras partes do mundo, além de trazer referências que podem contribuir para a definição de uma estratégia nacional de REDD.

Confira no link ao lado a publicação.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Tendência mundial das áreas protegidas é unir biológico e social
Tendência mundial das áreas protegidas é unir biológico e social
ONGs ambientalistas discutem com Carlos Minc Pacto pela Valorização da Floresta e pelo Fim do Desmatamento na Amazônia
ONGs ambientalistas discutem com Carlos Minc Pacto pela Valorização da Floresta e pelo Fim do Desmatamento na Amazônia
Encontro em São Paulo discute padrões globais de cuidados com a água
Encontro em São Paulo discute padrões globais de cuidados com a água
Mudanças Climáticas podem levar ao colapso da Amazônia
Mudanças Climáticas podem levar ao colapso da Amazônia
WWF se une a milhares de pessoas na manifestação pelo dia global de ação pelo clima
WWF se une a milhares de pessoas na manifestação pelo dia global de ação pelo clima
Política de prevenção e combate a incêndios florestais no Acre obtém sucesso
Política de prevenção e combate a incêndios florestais no Acre obtém sucesso
Sociedade civil apresenta ao governo sua posição para a COP 10/CDB
Sociedade civil apresenta ao governo sua posição para a COP 10/CDB
Vale do Itajaí: crônica da omissão continuada
Vale do Itajaí: crônica da omissão continuada
Mais pressão contra reforma precária do Código Florestal
Mais pressão contra reforma precária do Código Florestal
Consórcio Amazoniar lança revista em conferência internacional
Consórcio Amazoniar lança revista em conferência internacional
Presidente do Conselho Diretor do WWF-Brasil encontra Al Gore
Presidente do Conselho Diretor do WWF-Brasil encontra Al Gore
Programa Trilhas de São Paulo incentiva prática de ecoturismo em unidades de conservação na Mata Atlântica
Programa Trilhas de São Paulo incentiva prática de ecoturismo em unidades de conservação na Mata Atlântica
Comunidade da Juréia discute Reservas de Desenvolvimento Sustentável
Comunidade da Juréia discute Reservas de Desenvolvimento Sustentável
Projetos de conservação da onça-pintada no Pantanal buscam envolver pecuaristas
Projetos de conservação da onça-pintada no Pantanal buscam envolver pecuaristas
WWF-Brasil apóia prêmio von Martius de Sustentabilidade 2007
WWF-Brasil apóia prêmio von Martius de Sustentabilidade 2007
Copacabana terá show gratuito contra o aquecimento global para até 1 milhão de pessoas
Copacabana terá show gratuito contra o aquecimento global para até 1 milhão de pessoas
Óleo de Palma poderá ser produzido sem ameaçar florestas
Óleo de Palma poderá ser produzido sem ameaçar florestas
Fazendas de pecuária orgânica terão diagnóstico de sustentabilidade
Fazendas de pecuária orgânica terão diagnóstico de sustentabilidade
Sustentabilidade na pecuária é discutida em workshop em São Paulo
Sustentabilidade na pecuária é discutida em workshop em São Paulo
REPEA e WWF-Brasil apresentam livros sobre água
REPEA e WWF-Brasil apresentam livros sobre água