Aguarde...

WWF-Brasil e AmBev se unem para a conservação e gestão de bacia hidrográfica no Distrito Federal




O WWF-Brasil e a AmBev anunciaram, nesta quinta-feira (11/3), um projeto de recuperação e conservação de nascentes do Cerrado na Bacia do Rio Corumbá, no Distrito Federal, que envolverá desde a capacitação de ribeirinhos até o apoio à implantação e fortalecimento do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Paranoá.

No Brasil, o Comitê de Bacia é a unidade de gestão das águas.  O rio e seus afluentes, que formam o Lago Paranoá, em Brasília, estão com o comitê em fase de instalação.

A um comitê de bacia hidrográfica, que reúne representantes do governo, dos usuários de água e da sociedade civil organizada, cabe decidir, em última análise, o que pode e o que não pode ser feito dentro da bacia, com vistas a garantir os múltiplos usos da água e, ao mesmo tempo, a conservação dos ecossistemas aquáticos.

Parceria pelas águas – A iniciativa une os movimentos Cyan, da Ambev, e Nascentes do Brasil, do WWF-Brasil.  O Cyan reúne diversas ações da fabricante de bebidas, na área ambiental.  Para Samuel Barrêto, coordenador do Programa Água para a Vida, do WWF-Brasil, a parceria com a AmBev representa um importante avanço.

“A empresa, como um dos maiores usuários de água no Brasil, vem a público apresentar o seu compromisso com a sociedade, tanto no aprimoramento do seu desempenho socioambiental como no investimento de proteção de áreas prioritárias para conservação, apoiando a boa governança da água”.

O Movimento Nascentes do Brasil vem sendo desenvolvido pelo WWF-Brasil, com projetos piloto já em andamento na microbacias do Córrego Urubu, no DF, e do Córrego Cabaçal, em Reserva do Cabaçal, cidade do Mato Grosso, no planalto do Pantanal.

O movimento tem como objetivo central mobilizar a sociedade e estimular um engajamento em prol dos cuidados com a água em nascentes e áreas de cabeceiras, incentivando, inclusive sua adoção e monitoramento pela população, em parceria com governos e iniciativa privada.

Informações e dados gerados por estas atividades são considerados importantes para o aperfeiçoamento dos modos de gestão participativa dos recursos hídricos e para a multiplicação de modelos de sucesso.

“O Brasil já tem os instrumentos necessários para a gestão adequada dos recursos hídricos. Agora, precisamos avançar para que a sociedade continue a crescer e prosperar e é essencial o entendimento que água é base para a vida. Todos nós necessitamos de água para viver. Por isso, é necessário dar prioridade à conservação e a gestão das fontes e reservas mundiais de água doce”, explica Barrêto.

Engajamento – Uma das principais diretrizes da iniciativa AmBev/WWF-Brasil, em Brasília, é o engajamento das comunidades ao longo dos rios, em especial do Corumbá, no processo de conservação e gestão da Bacia do Paranoá.

A parceria AmBev/WWF-Brasil prevê a difusão de informação, capacitação e treinamento de moradores da bacia tanto para intervenção local como para participação no Comitê de Bacia e na sua efetiva implementação. 

O Comitê de Bacia do Rio Paranoá terá como área de atuação as sub-bacias contíguas do Rio Paranoá, Rio Descoberto, Rio São Bartolomeu, Rio Corumbá e Rio São Marcos, dentro Distrito Federal, totalizando uma área de aproximadamente 3.708 Km².

Segundo Carlos Alberto de Mattos Scaramuzza, superintendente de Conservação do WWF-Brasil, os objetivos imediatos da parceria – envolvendo a comunidade local e governos, entre outros atores –, contribuirão para a manutenção da quantidade e da qualidade de água na região, além de fortalecer os ecossistemas frente aos impactos do aquecimento global.

“A conservação de nascentes e de áreas de recarga de aquíferos é estratégica para garantir a água necessária para os múltiplos usos na indústria, agropecuária, abastecimento humano etc., e para a manutenção dos próprios ecossistemas aquáticos, além de reduzir os riscos e vulnerabilidades dos recursos hídricos frente às mudanças climáticas”, explicou Scaramuzza.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Ministério do Meio Ambiente suspende licenciamento da BR-319
Ministério do Meio Ambiente suspende licenciamento da BR-319
Líderes mundiais debatem futuro das florestas em cúpula no Congo
Líderes mundiais debatem futuro das florestas em cúpula no Congo
ICMBio homenageia WWF-Brasil durante cerimônia de aniversário
ICMBio homenageia WWF-Brasil durante cerimônia de aniversário
Natura, em defesa do clima
Natura, em defesa do clima
Operação arriscada na cachoeira do Desespero
Operação arriscada na cachoeira do Desespero
Marina: pressão popular fará com que Dilma vete mudanças no Código
Marina: pressão popular fará com que Dilma vete mudanças no Código
Verão sem praia?
Verão sem praia?
Movimento Cyan lança sistema de descontos para quem economizar água
Movimento Cyan lança sistema de descontos para quem economizar água
WWF-Brasil aposta na gestão da agrofloresta no Acre
WWF-Brasil aposta na gestão da agrofloresta no Acre
Saiba mais sobre o Mosaico de Apuí
Saiba mais sobre o Mosaico de Apuí
Entrevista: “Já existem diversos compradores dispostos a pagar mais por produtos ambientalmente adequados”
Entrevista: “Já existem diversos compradores dispostos a pagar mais por produtos ambientalmente adequados”
Bolsa Prince Bernhard
Bolsa Prince Bernhard
Exemplo ecológico
Exemplo ecológico
Apagam-se as luzes no Pacífico Ocidental à medida que a Hora do Planeta avança para um ano recorde
Apagam-se as luzes no Pacífico Ocidental à medida que a Hora do Planeta avança para um ano recorde
Nota das Ongs contra revogação da legislação ambiental brasileira
Nota das Ongs contra revogação da legislação ambiental brasileira
Senado pode corrigir rumos do debate sobre Código Florestal
Senado pode corrigir rumos do debate sobre Código Florestal
WWF, HSBC , Earthwatch e WaterAid lançam programa mundial de água
WWF, HSBC , Earthwatch e  WaterAid lançam programa mundial de água
WWF-Brasil convida para um dia de afiliações no evento Nirvana Lounge
WWF-Brasil convida para um dia de afiliações no evento Nirvana Lounge
Resex Cazumbá-Iracema: modelo de desenvolvimento sustentável
Resex Cazumbá-Iracema: modelo de desenvolvimento sustentável
Chegada ao Iratapuru, ponto final da expedição
Chegada ao Iratapuru, ponto final da expedição