Aguarde...

Sul-coreanos planejam transformar lixo do oceano em continente habitável


Em consequência da enorme quantidade de plástico produzida e descartada constantemente, os oceanos estão repletos de resíduos deste tipo. O Pacífico possui inclusive um ponto chamado de ilha de plástico. Uma dupla de arquitetos sul-coreanos planejou uma alternativa que deve minimizar este problema.

O projeto criado por Park Sung-Hee e Na Hye Yeon consiste em transformar essa enorme quantidade de plástico em uma base para a construção de um novo “continente”. Os arquitetos chamam a ideia de “Ilhas Flutuantes” e, se depender do lixo que está em movimento nos oceanos, é provável que a ideia se torne real.

A estrutura seria dividida em módulos, cada um deles contando com três coletadores, que além de permitirem a navegação pelo oceano, também coletam o lixo encontrado no caminho. Após estarem completos, os módulos são fechados e se conectam ao “continente”.

Os arquitetos planejam levar vida à superfície destes módulos, tornando-os verdadeiras ilhas habitáveis. Por isso, o módulo central deve ser coberto com solo, para permitir o cultivo de alimentos. Os módulos vazios seriam utilizados como um complemente para o ecossistema local, com mangues e pradarias.

O continente artificial ainda teria um resort e hidrovias que permitiriam a prática de atividades náuticas. Para deixar o local confortável e autossuficiente o complemento seria feito através da inserção de criações animais e vegetais. Com informações do Inhabitat.

Fonte: CicloVivo


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Calça para ciclistas criada na Bulgária pode substituir alforjes
Calça para ciclistas criada na Bulgária pode substituir alforjes
Guarda Municipal de Santos usa bikes produzidas com garrafas PET
Guarda Municipal de Santos usa bikes produzidas com garrafas PET
Praia de Bertioga terá passeio ecológico noturno durante o carnaval
Praia de Bertioga terá passeio ecológico noturno durante o carnaval
Dieta das mulheres é mais sustentável que a masculina, diz estudo
Dieta das mulheres é mais sustentável que a masculina, diz estudo
Hora do Planeta faz o mundo apagar as luzes
Hora do Planeta faz o mundo apagar as luzes
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Shopping em SP recebe plantas raras e ensina como cultivá-las
Shopping em SP recebe plantas raras e ensina como cultivá-las
Arquiteto nigeriano projeta escola flutuante para área que sofre inundações
Arquiteto nigeriano projeta escola flutuante para área que sofre inundações
Inglês constrói escritório flutuante para estudar impactos das mudanças climáticas
Inglês constrói escritório flutuante para estudar impactos das mudanças climáticas
Projeto na Califórnia estimula doação de móveis usados para famílias em situação de risco
Projeto na Califórnia estimula doação de móveis usados para famílias em situação de risco
Estudantes catarinenses constroem espaço de leitura com garrafas PET
Estudantes catarinenses constroem espaço de leitura com garrafas PET
Tecnologia multiuso pode ajudar a enfrentar desafios ambientais
Tecnologia multiuso pode ajudar a enfrentar desafios ambientais
Falta de saneamento básico deixa população exposta a doenças
Falta de saneamento básico deixa população exposta a doenças
Estudantes alemães criam o Banco da Amizade
Estudantes alemães criam o Banco da Amizade
Conheça os benefícios do suco de uva
Conheça os benefícios do suco de uva
Como não abandonar as corridas durante o inverno
Como não abandonar as corridas durante o inverno
Aquecimento global reduz em 10% rendimento de trabalhadores expostos ao sol
Aquecimento global reduz em 10% rendimento de trabalhadores expostos ao sol
Prefeitura de Taubaté se compromete a limpar lixões e criar Plano de Resíduos Sólidos
Prefeitura de Taubaté se compromete a limpar lixões e criar Plano de Resíduos Sólidos
Vancouver usa plástico reciclado para asfaltar vias públicas
Vancouver usa plástico reciclado para asfaltar vias públicas
João Pessoa terá descarte correto de lâmpadas fluorescentes
João Pessoa terá descarte correto de lâmpadas fluorescentes