Aguarde...

SOS Mata Atlântica e Inpe divulgam "Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica"


A Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgaram os novos dados do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, no período de 2011 a 2012.

O estudo aponta total de supressão de vegetação nativa de 23.548 hectares (ha), ou 235 Km². Destes, 21.977 ha correspondem a desflorestamentos, 1.554 ha a supressão de vegetação de restinga e 17 ha a supressão de vegetação de mangue. Na comparação dos dez estados avaliados em todos os períodos (BA, ES, GO, MG, MS, PR, RJ, RS, SC e SP) o aumento foi de 29% em relação ao período anterior (2010-2011) e de 23% em relação aos três últimos anos (2008-2011).

A taxa anual de desmatamento é a maior desde 2008. No período 2008 a 2010, a taxa média anual foi de 15.183 hectares. No levantamento de 2010 a 2011, a taxa anual ficou em 14.090 ha.

Os dados foram apresentados por Marcia Hirota, diretora de Gestão do Conhecimento e coordenadora do Atlas pela SOS Mata Atlântica; Flávio Jorge Ponzoni, pesquisador e coordenador técnico do estudo pelo INPE; e Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da Fundação.

O levantamento apresenta, pela primeira vez, os remanescentes florestais do Piauí, que totalizam 34% da área original no estado protegida pelo Mapa da Área da Aplicação da Lei da Mata Atlântica (11428/2006). “As áreas do Piauí abrangidas pelo Mapa da Aplicação da Lei possuem formações florestais naturais características do bioma em bom estado de conservação, mas a pressão das carvoarias, silvicultura e agora também da soja é grande no Estado“, observa Marcia Hirota.  

Flávio Jorge Ponzoni, do INPE, ressalta a importância de conseguir mapear toda a extensão da Mata Atlântica. Ele destaca ainda que esta nova edição do estudo apresenta  a versão preliminar do Mapa do Bioma Mata Atlântica, que inclui as áreas naturais como campos, várzeas, refúgios, cordões de restinga e dunas, o que difere das versões anteriores que apenas mapeavam os remanescentes florestais.

Para Mario Mantovani, o levantamento é importante para monitorar os impactos das mudanças decorrentes das alterações no Código Florestal, aprovadas há um ano. “Graças ao Atlas a Mata Atlântica é o único bioma com uma lei específica. E as informações qualificadas e geradas periodicamente pelo estudo darão suporte para o acompanhamento do cumprimento do Código e a execução do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e do Programa de Regularização Ambiental (PRA)“, enfatiza. Ele também considera fundamental que os cidadãos acompanhem os dados sobre seus municípios e cobrem os governantes locais para que elaborem os Planos Municipais da Mata Atlântica.

Com a inclusão do Piauí no levantamento e mapeamento de toda a área de aplicação da Lei da Mata Atlântica, a área original que resta do bioma é de 8,5% - a Mata Atlântica é o bioma mais ameaçado do Brasil. Até o levantamento anterior, sem o Piauí, esse dado era de 7,9%. Se forem considerados todos os pequenos fragmentos de floresta natural acima de 3 hectares, o índice chega a 12,5%.

Por causa da cobertura de nuvens, que prejudicam a captação de imagens via satélite, foram avaliados 81% da área total do bioma Mata Atlântica que, de acordo com a lei, possui 1.309.736 km2.

Os dados completos e relatório técnico podem ser acessados nos sites www.sosma.org.br e www.inpe.br ou diretamente no servidor de mapas. 


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Santos perde ciclovia para diminuir o trânsito e ganhar mais carros
Santos perde ciclovia para diminuir o trânsito e ganhar mais carros
Aumento nas temperaturas pode elevar em 45% casos de dengue
Aumento nas temperaturas pode elevar em 45% casos de dengue
Pesquisadores canadenses descobrem bactéria que "produz" ouro
Pesquisadores canadenses descobrem bactéria que "produz" ouro
Chefe de cozinha planeja bike tour gastronômico
Chefe de cozinha planeja bike tour gastronômico
Rio anuncia monitoramento para melhorar qualidade do ar da cidade na Olimpíada
Rio anuncia monitoramento para melhorar qualidade do ar da cidade na Olimpíada
"Casa Jane Fonda" tem energia gerada por exercícios dos moradores
"Casa Jane Fonda" tem energia gerada por exercícios dos moradores
Marca desenvolve relógio com 80% de materiais biodegradáveis
Marca desenvolve relógio com 80% de materiais biodegradáveis
Dicas culturais gratuitas para celebrar o Dia da Água no fim de semana
Dicas culturais gratuitas para celebrar o Dia da Água no fim de semana
Metade dos alimentos produzidos no mundo são desperdiçados, afirma relatório
Metade dos alimentos produzidos no mundo são desperdiçados, afirma relatório
Google Street View chega ao Grand Canyon
Google Street View chega ao Grand Canyon
Vila Madalena ganha paraciclos para estimular o uso da bike como meio de transporte
Vila Madalena ganha paraciclos para estimular o uso da bike como meio de transporte
Comunidade isolada do Pará é abastecida por energia solar
Comunidade isolada do Pará é abastecida por energia solar
Empresário nordestino comercializa água de coco e aproveita todos os resíduos da fruta
Empresário nordestino comercializa água de coco e aproveita todos os resíduos da fruta
Biólogos e engenheiros se unem para criar planta que brilha no escuro
Biólogos e engenheiros se unem para criar planta que brilha no escuro
Brasileiro desenvolve controle remoto movido a energia solar
Brasileiro desenvolve controle remoto movido a energia solar
4 exercícios que ajudam a reduzir indisposição
4 exercícios que ajudam a reduzir indisposição
Carregador solar de alta eficiência tem tamanho de uma folha de sulfite
Carregador solar de alta eficiência tem tamanho de uma folha de sulfite
Guinness elege Florianópolis a cidade que mais recicla óleo de cozinha no mundo
Guinness elege Florianópolis a cidade que mais recicla óleo de cozinha no mundo
Fundação cria anúncio contra violência doméstica na Arábia Saudita
Fundação cria anúncio contra violência doméstica na Arábia Saudita
Bicicleta conquista o gosto dos paulistanos
Bicicleta conquista o gosto dos paulistanos