Aguarde...

SOS Cristalino: não deixe o Mato Grosso reduzir a biodiversidade brasileira




O governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, vetou totalmente no último dia 14 de dezembro, o projeto de lei que trata da “Unificação das áreas dos Parques Estaduais Cristalino I e II”. Aprovado pelos deputados estaduais do Mato Grosso, em seis de dezembro, a proposta, articulada pelo vice-governador eleito Silval Barbosa (PMDB-MT), autorizava a redução de uma área de aproximadamente 27 mil hectares da reserva.

Desde a aprovação do projeto pela Assembléia Legislativa, organizações da sociedade civil se mobilizaram na campanha SOS Cristalino. No período foram enviadas aproximadamente 800 mensagem por e-mail pedindo o veto do governador ao projeto. A campanha continua, pois ainda existe a possibilidade dos deputados derrubarem o veto do governador.

Criado em 2001 e localizado no extremo norte do Mato Grosso, o Parque Estadual Cristalino é estratégico para a conservação da Amazônia. A área abriga uma rica biodiversidade, com destaque especial para as aves – com 550 espécies registradas, das quais 50 que só existem nesta área. Outro exemplo da fauna protegida é o primata conhecido popularmente como macaco-aranha da cara branca ou coatá da cara branca, espécie até agora só registrada nesta região.

Desde sua criação, o Cristalino esteve sob forte pressão com amplas áreas ocupadas ilegalmente e desmatadas. Em vez de combater o problema e reabilitar o que foi destruído, como é exigido por lei, o governo estadual está premiando a devastação ao reduzir o tamanho do parque e retirar estas áreas de suas fronteiras.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Reserva Particular do Patrimônio Natural recebe prêmio
Reserva Particular do Patrimônio Natural recebe prêmio
Conheça nossa equipe: Hora do Planeta
Conheça nossa equipe: Hora do Planeta
WWF-Brasil defende nascentes no Dia Mundial da Água
WWF-Brasil defende nascentes no Dia Mundial da Água
Sheraton Barra confirma adesão ao movimento e mobiliza funcionários e hóspedes
Sheraton Barra confirma adesão ao movimento e mobiliza funcionários e hóspedes
Senadores ouvirão juristas sobre legalidade do Código Florestal
Senadores ouvirão juristas sobre legalidade do Código Florestal
Consciência e engajamento marcam Hora do Planeta em Belém
Consciência e engajamento marcam Hora do Planeta em Belém
A história da Convenção de Clima, Protocolo de Quioto e próximo acordo global de clima
A história da Convenção de Clima, Protocolo de Quioto e próximo acordo global de clima
Governo de Goiás propõe a criação de três parques no Cerrado
Governo de Goiás propõe a criação de três parques no Cerrado
Decisão da Justiça dá fôlego para conservação da Bacia Hidrográfica do Tapajós
Decisão da Justiça dá fôlego para conservação da Bacia Hidrográfica do Tapajós
Live Earth: 24hrs de shows pelo planeta
Live Earth: 24hrs de shows pelo planeta
Brasil, o “Fóssil do Dia”
Brasil, o “Fóssil do Dia”
Entrevista: Henyo Barreto e impactos sociais nas áreas protegidas
Entrevista: Henyo Barreto e impactos sociais nas áreas protegidas
O ataque dos insetos durante a longa noite de trabalho
O ataque dos insetos durante a longa noite de trabalho
Cientistas encontram novas espécies de plantas e animais nas florestas de Bornéu
Cientistas encontram novas espécies de plantas e animais nas florestas de Bornéu
WWF-Brasil, com Brand Finance, realiza pesquisa de percepção da marca
WWF-Brasil, com Brand Finance, realiza pesquisa de percepção da marca
Investir em tecnologias limpas é lucrativo
Investir em tecnologias limpas é lucrativo
Para WWF-Brasil, países devem reproduzir exemplos de sustentabilidade apresentados na Rio+20
Para WWF-Brasil, países devem reproduzir exemplos de sustentabilidade apresentados na Rio+20
Câmara dos Deputados retoma trabalhos
Câmara dos Deputados retoma trabalhos
Sobre o mosaico verde do Tumucumaque
Sobre o mosaico verde do Tumucumaque
Código Florestal completa um ano com poucos avanços
Código Florestal completa um ano com poucos avanços