Aguarde...

Soluções sustentáveis são levadas cada vez mais em conta pelos brasileiros


Moradores de um edifício residencial em Brasília conseguiram uma economia de mais de mil reais por mês. Depois de descobrir uma caixa d’água que estava desativada há anos, a síndica do prédio observou a quantidade de água que escorria da calha da cobertura quando chovia e se perdia na rua.

“Vi que caía muita água. Como queria fazer um jardim, decidi usar essa água para irrigação”, contou Vanda Maria Ramos. Segundo ela, a obra foi muita rápida e simples. “Tive que chamar um eletricista para colocar uma bomba para captação da água e um pedreiro fez o buraco em volta do prédio, levando a tubulação até a caixa d’água”, explicou.

Segundo Vanda Maria, enquanto a conta de água dos prédios vizinhos que fazem irrigação de jardim ultrapassa quatro mil, a fatura mensal do edifício que administra não chega a três mil reais.

O retorno desses investimentos, como o aproveitamento de água, energia solar e outras medidas ambientalmente sustentáveis, é levado cada vez mais em conta pelos brasileiros.  Especialistas ambientais e da construção civil acreditam que os gastos na obra se pagam entre seis meses e um ano com a economia que é feita, por exemplo, na conta de água ou energia elétrica.

As placas de aquecimento solar (fotovoltáicas) têm sido cada vez mais usadas no país, principalmente para o aquecimento da água de chuveiro. Marcos Casado, diretor técnico e educacional do Green Building Council no Brasil, organização internacional de estímulo às construções verdes que emite certificações de construções sustentáveis em várias partes do mundo, acompanha o mercado há quase sete anos.

Segundo ele, os custos com esse tipo de construção já chegaram a ser 30% mais caro do com obras tradicionais. Casado ressaltou que hoje gasta-se, em média, 5% a mais do que em um empreendimento comum e esse custo inicial se viabiliza pela redução de custo operacional nas edificações.

A maior oferta de produtos e tecnologias oferecidas pelo mercado resultou no barateamento dos custos no decorrer dos anos. Marcos Casado disse que a redução no preço final do empreendimento é reflexo, também, do maior número de unidades produzidas.

O Ministério do Meio Ambiente disponibilizou uma cartilha em sua página na internet, com dicas de medidas que podem ser adotadas por qualquer cidadão. Entre essas informações estão, por exemplo, o posicionamento solar, a manutenção de vegetação nativa para o equilíbrio térmico e os sistemas de reaproveitamento de água da chuva.

O Rio de Janeiro é o segundo estado com o maior número de certificações em andamento no país - são 134 projetos em andamento e 12 empreendimentos certificados. São Paulo está em primeiro lugar, com 419 projetos que aguardam a certificação e outros 75 empreendimentos certificados.

De acordo com o GBC Brasil, os estados que mais investem em empreendimentos sustentáveis são os que têm maior participação de profissionais em cursos de especialização nesse tipo de obra. A organização capacita diversos especialistas do setor a partir de um programa que já formou mais de 45 mil profissionais em cursos realizados em 20 cidades do país.

 

Por Carolina Gonçalves - Agência Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Conheça os finalistas do concurso "Plante um Anúncio em Cannes"
Conheça os finalistas do concurso "Plante um Anúncio em Cannes"
Transporte público de SP e RJ são os mais caros do mundo
Transporte público de SP e RJ são os mais caros do mundo
Turistas recebem kits ecológicos no Bondinho do Pão de Açúcar
Turistas recebem kits ecológicos no Bondinho do Pão de Açúcar
Filmes brasileiros podem se inscrever até março na 2ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental
Filmes brasileiros podem se inscrever até março na 2ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental
Por que evitar o sabonete antibacteriano
Por que evitar o sabonete antibacteriano
Nova York terá mais 22 km de ciclovias com corredor verde
Nova York terá mais 22 km de ciclovias com corredor verde
Empresa investe em caixas retornáveis para transportar mudanças
Empresa investe em caixas retornáveis para transportar mudanças
Maldivas terá hotel flutuante em formato de estrela
Maldivas terá hotel flutuante em formato de estrela
Escócia anuncia construção da maior usina das marés do mundo
Escócia anuncia construção da maior usina das marés do mundo
Fundação Xuxa Meneghel lança rede que conecta crianças em defesa da sustentabilidade ambiental
Fundação Xuxa Meneghel lança rede que conecta crianças em defesa da sustentabilidade ambiental
Alunos de oceanografia da Uerj participam de Trote Ecológico em Copacabana
Alunos de oceanografia da Uerj participam de Trote Ecológico em Copacabana
Degelo antártico alcança os maiores níveis dos últimos mil anos
Degelo antártico alcança os maiores níveis dos últimos mil anos
Conheça 8 livros com temas relacionados à sustentabilidade
Conheça 8 livros com temas relacionados à sustentabilidade
10 mil toneladas de peixes aparecem mortos na Islândia
10 mil toneladas de peixes aparecem mortos na Islândia
Produção tenta reduzir pegada de carbono do filme "Velozes e Furiosos"
Produção tenta reduzir pegada de carbono do filme "Velozes e Furiosos"
Projeto de lei obriga a instalação de telhados verdes nos edifícios de Curitiba
Projeto de lei obriga a instalação de telhados verdes nos edifícios de Curitiba
Coleção "Consumo Sustentável" lança material educativo sobre resíduos sólidos
Coleção "Consumo Sustentável" lança material educativo sobre resíduos sólidos
República Dominicana tem abrigo sustentável para animais
República Dominicana tem abrigo sustentável para animais
Saiba como proteger sua bicicleta contra roubos
Saiba como proteger sua bicicleta contra roubos
Conheça as 10 melhores cidades para o uso da bike
Conheça as 10 melhores cidades para o uso da bike