Aguarde...

Soluções sustentáveis são levadas cada vez mais em conta pelos brasileiros


Moradores de um edifício residencial em Brasília conseguiram uma economia de mais de mil reais por mês. Depois de descobrir uma caixa d’água que estava desativada há anos, a síndica do prédio observou a quantidade de água que escorria da calha da cobertura quando chovia e se perdia na rua.

“Vi que caía muita água. Como queria fazer um jardim, decidi usar essa água para irrigação”, contou Vanda Maria Ramos. Segundo ela, a obra foi muita rápida e simples. “Tive que chamar um eletricista para colocar uma bomba para captação da água e um pedreiro fez o buraco em volta do prédio, levando a tubulação até a caixa d’água”, explicou.

Segundo Vanda Maria, enquanto a conta de água dos prédios vizinhos que fazem irrigação de jardim ultrapassa quatro mil, a fatura mensal do edifício que administra não chega a três mil reais.

O retorno desses investimentos, como o aproveitamento de água, energia solar e outras medidas ambientalmente sustentáveis, é levado cada vez mais em conta pelos brasileiros.  Especialistas ambientais e da construção civil acreditam que os gastos na obra se pagam entre seis meses e um ano com a economia que é feita, por exemplo, na conta de água ou energia elétrica.

As placas de aquecimento solar (fotovoltáicas) têm sido cada vez mais usadas no país, principalmente para o aquecimento da água de chuveiro. Marcos Casado, diretor técnico e educacional do Green Building Council no Brasil, organização internacional de estímulo às construções verdes que emite certificações de construções sustentáveis em várias partes do mundo, acompanha o mercado há quase sete anos.

Segundo ele, os custos com esse tipo de construção já chegaram a ser 30% mais caro do com obras tradicionais. Casado ressaltou que hoje gasta-se, em média, 5% a mais do que em um empreendimento comum e esse custo inicial se viabiliza pela redução de custo operacional nas edificações.

A maior oferta de produtos e tecnologias oferecidas pelo mercado resultou no barateamento dos custos no decorrer dos anos. Marcos Casado disse que a redução no preço final do empreendimento é reflexo, também, do maior número de unidades produzidas.

O Ministério do Meio Ambiente disponibilizou uma cartilha em sua página na internet, com dicas de medidas que podem ser adotadas por qualquer cidadão. Entre essas informações estão, por exemplo, o posicionamento solar, a manutenção de vegetação nativa para o equilíbrio térmico e os sistemas de reaproveitamento de água da chuva.

O Rio de Janeiro é o segundo estado com o maior número de certificações em andamento no país - são 134 projetos em andamento e 12 empreendimentos certificados. São Paulo está em primeiro lugar, com 419 projetos que aguardam a certificação e outros 75 empreendimentos certificados.

De acordo com o GBC Brasil, os estados que mais investem em empreendimentos sustentáveis são os que têm maior participação de profissionais em cursos de especialização nesse tipo de obra. A organização capacita diversos especialistas do setor a partir de um programa que já formou mais de 45 mil profissionais em cursos realizados em 20 cidades do país.

 

Por Carolina Gonçalves - Agência Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Pesticidas comprometem atividade cerebral de abelhas
Pesticidas comprometem atividade cerebral de abelhas
15 novas aves são identificadas na Amazônia
15 novas aves são identificadas na Amazônia
Empresa paulista utiliza apenas 200 mililitros de água para lavar carros
Empresa paulista utiliza apenas 200 mililitros de água para lavar carros
Projeto une jovens de todo o mundo para transformar 11 comunidades brasileiras
Projeto une jovens de todo o mundo para transformar 11 comunidades brasileiras
Holandeses constroem escola sustentável em comunidade do Mali
Holandeses constroem escola sustentável em comunidade do Mali
Carro de corrida movido a hidrogênio vai de 0 a 100 km/h em 4 segundos
Carro de corrida movido a hidrogênio vai de 0 a 100 km/h em 4 segundos
Inglês constrói escritório flutuante para estudar impactos das mudanças climáticas
Inglês constrói escritório flutuante para estudar impactos das mudanças climáticas
Com crescimento de 1,4%, emissões de CO2 batem novo recorde
Com crescimento de 1,4%, emissões de CO2 batem novo recorde
Pedestres viram "reis" e "rainhas" em ação de conscientização no trânsito
Pedestres viram "reis" e "rainhas" em ação de conscientização no trânsito
Tecnologia multiuso pode ajudar a enfrentar desafios ambientais
Tecnologia multiuso pode ajudar a enfrentar desafios ambientais
Ciclistas de SP planejam o maior Harlem Shake com bicicletas do Brasil
Ciclistas de SP planejam o maior Harlem Shake com bicicletas do Brasil
Piloto Nonô Figueiredo doa réplica de capacete para o Instituto da Criança no RJ
Piloto Nonô Figueiredo doa réplica de capacete para o Instituto da Criança no RJ
ONG de SC também usa fotos de cães e gatos abandonados em calendário
ONG de SC também usa fotos de cães e gatos abandonados em calendário
CET abre inscrições para curso "Pedalar com Segurança" em SP
CET abre inscrições para curso "Pedalar com Segurança" em SP
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Cola sem solventes é desenvolvida por engenheira química brasileira
Cola sem solventes é desenvolvida por engenheira química brasileira
Vila Madalena ganha paraciclos para estimular o uso da bike como meio de transporte
Vila Madalena ganha paraciclos para estimular o uso da bike como meio de transporte
Torneio beneficente leiloa fotos do Corinthians e Santos
Torneio beneficente leiloa fotos do Corinthians e Santos
Maratonas devem ficar mais lentas devido ao aquecimento global
Maratonas devem ficar mais lentas devido ao aquecimento global
Quenianos transformam garrafa de água em carregador de celular
Quenianos transformam garrafa de água em carregador de celular