Aguarde...

Reunião em Bali termina em acordo que não empolga




Por Mariana Ramos

A Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas terminou hoje em Bali sem muito conteúdo a apresentar. Depois de longas horas de discussão, os Estados Unidos finalmente aceitaram o acordo.

A reunião durou um dia a mais que o previsto e o clima era de muita tensão, pois a plenária foi suspensa várias vezes para que os ministros pudessem se reunir e negociar separadamente acordos que fossem bons para todos.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, teve de vir à reunião para negociar com os países. Depois de várias horas de discussão, a assembléia foi retomada e o secretário fez um discurso de "inspiração" para os países presentes, pedindo que se lembrassem de como havia sido difícil chegar àquele acordo e que todos se lembrassem da importância do clima para o planeta.

Ficou decidido então que nos próximos dois anos, os países industrializados terão de acordar sobre cortes drásticos nas reduções das emissões dos gases de efeito estufa e como financiar e apoiar a transferência de tecnologia e a adaptação à mudanças climáticas. A União Européia e algumas economias emergentes que estão liderando este processo como Brasil, China e África do Sul terão de propor um plano de trabalho para os dois anos de negociações para o próximo período do compromisso do Protocolo de Quioto, pós-2012.

Vamos esperar que façam um bom trabalho para compensar a ausência desses tópicos na convenção de clima deste ano.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Falta coerência à política climática no Brasil, dizem ONGs
Falta coerência à política climática no Brasil, dizem ONGs
Projeto Amor-Peixe se consolida como exemplo de produção sustentável
Projeto Amor-Peixe se consolida como exemplo de produção sustentável
Mortes de extrativistas não podem ficar impunes
Mortes de extrativistas não podem ficar impunes
Relatório aponta que ações brasileiras contra desmatamento são boas para o clima e para a economia
Relatório aponta que ações brasileiras contra desmatamento são boas para o clima e para a economia
Abertas inscrições para concurso de foto e vídeo
Abertas inscrições para concurso de foto e vídeo
Copacabana terá show gratuito contra o aquecimento global para até 1 milhão de pessoas
Copacabana terá show gratuito contra o aquecimento global para até 1 milhão de pessoas
Carnívoro misterioso descoberto em Bornéu
Carnívoro misterioso descoberto em Bornéu
Meliá Hotels International entra na Hora do Planeta 2012
Meliá Hotels International entra na Hora do Planeta 2012
WWF-Brasil apóia criação de novas unidades de conservação no Pará
WWF-Brasil apóia criação de novas unidades de conservação no Pará
Mosaico Sertão Veredas-Peruaçu ganha mapas colaborativos
Mosaico Sertão Veredas-Peruaçu ganha mapas colaborativos
Curitiba agitada para Hora do Planeta, hoje às 20h30
Curitiba agitada para Hora do Planeta, hoje às 20h30
Apenas fundo voluntário não basta para deter o desmatamento
Apenas fundo voluntário não basta para deter o desmatamento
Estudo identifica áreas prioritárias na região da rodovia BR-163
Estudo identifica áreas prioritárias na região da rodovia BR-163
ONU anuncia que vai apoiar a Hora do Planeta para defender uso da energia sustentável
ONU anuncia que vai apoiar a Hora do Planeta para defender uso da energia sustentável
Artesanato com couro de peixe é exemplo de redução da pegada
Artesanato com couro de peixe é exemplo de redução da pegada
Filas e reuniões no primeiro dia da conferência sobre clima
Filas e reuniões no primeiro dia da conferência sobre clima
WWF-Brasil é homenageado nos 50 anos do Estado do Acre
WWF-Brasil é homenageado nos 50 anos do Estado do Acre
Cartão postal de São Paulo, torre da Band vai apagar as luzes pela primeira vez
Cartão postal de São Paulo, torre da Band vai apagar as luzes pela primeira vez
WWF-Brasil apoia ampliação de casa de produção do município de Apiacás
WWF-Brasil apoia ampliação de casa de produção do município de Apiacás
Vale do Itajaí: a fórmula da tragédia
Vale do Itajaí: a fórmula da tragédia