Aguarde...

República Dominicana tem abrigo sustentável para animais


Arquitetos dominicanos desenvolveram um projeto de abrigo para animais feito a partir de materiais reaproveitados. A construção, chamada de Ghetto2Garden, foi pensada para ser prática, eficiente, confortável e ainda ter baixos custos.

O grupo responsável pela ideia é o Coletictivo Revark, que trabalha sempre com projetos experimentais visando a mudança social. Para construir o abrigo eles contarão com a reutilização de objetos descartados, entre eles: pneus, pallets, madeira e galões plásticos.

Após ser construído o local servirá de abrigo para animais que sofrem maus-tratos. O objetivo é de que a casa seja capaz de auxiliar a reabilitação de até 50 animais de uma só vez. A equipe que faz atualmente este trabalho na República Dominicana já possui um centro de reabilitação, no entanto, a estrutura é inapropriada e não atende a todas as necessidades dos animais.

As técnicas de upcycle aplicadas à construção baratearam o projeto e para que os custos de manutenção também sejam reduzidos, os arquitetos pensaram em uma estrutura inteligente. Assim, o abrigo contará com uma pequena turbina eólica, um gerador solar, sistema de coleta de água da chuva e um biodigestor para a reciclagem de resíduos orgânicos.

Para completar, o complexo ainda contará com telhados verdes. Este projeto não é apenas um centro de reabilitação animal, mas deve ser uma nova referência para a arquitetura sustentável na República Dominicana. Com informações do Inhabitat.

Fonte: CicloVivo


Álbum (3)

Álbum de fotos (3)

Marcadores

Comentários



Organização denuncia violação aos direitos humanos e impactos ambientais em obra da Petrobras
Organização denuncia violação aos direitos humanos e impactos ambientais em obra da Petrobras
Campus Party vai neutralizar emissões de carbono
Campus Party vai neutralizar emissões de carbono
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Fluidos de árvores se transformam em plástico biodegradável e podem substituir petróleo
Fluidos de árvores se transformam em plástico biodegradável e podem substituir petróleo
Pontos de ônibus de SP ganham sistema gratuito de compartilhamento de livros
Pontos de ônibus de SP ganham sistema gratuito de compartilhamento de livros
Hospital Oswaldo Cruz reduz em 50% desperdício de alimentos
Hospital Oswaldo Cruz reduz em 50% desperdício de alimentos
Ministro brasileiro diz que energia nuclear deve ser prioridade de governo
Ministro brasileiro diz que energia nuclear deve ser prioridade de governo
Saiba quais são os cuidados necessários com cachorros e gatos no verão
Saiba quais são os cuidados necessários com cachorros e gatos no verão
Dia Mundial de Combate ao Câncer ganha destaque nas redes sociais
Dia Mundial de Combate ao Câncer ganha destaque nas redes sociais
Eletropaulo troca materiais recicláveis por descontos na conta de luz
Eletropaulo troca materiais recicláveis por descontos na conta de luz
Israelenses criam purificador de água movido a energia solar
Israelenses criam purificador de água movido a energia solar
Espécie rara de sapo impede construção de hidrelétrica no RS
Espécie rara de sapo impede construção de hidrelétrica no RS
Leonardo DiCaprio arrecada US$ 38 milhões em favor de espécies ameaçadas
Leonardo DiCaprio arrecada US$ 38 milhões em favor de espécies ameaçadas
Campanha social coloca "crianças de papel" nas ruas da Ucrânia
Campanha social coloca "crianças de papel" nas ruas da Ucrânia
10 maneiras de economizar água
10 maneiras de economizar água
TOP 5 – Cidades do Futuro
TOP 5 – Cidades do Futuro
Brasileiro cria turbina eólica de eixo vertical altamente eficiente
Brasileiro cria turbina eólica de eixo vertical altamente eficiente
Arquitetos do Reino Unido criam casa-contêiner que aproveita a água da chuva
Arquitetos do Reino Unido criam casa-contêiner que aproveita a água da chuva
Jovens organizam trotes sustentáveis nas universidades brasileiras
Jovens organizam trotes sustentáveis nas universidades brasileiras
Pessoas jurídicas que trabalham com resíduos perigosos terão que prestar contas ao Ibama
Pessoas jurídicas que trabalham com resíduos perigosos terão que prestar contas ao Ibama