Aguarde...

Recife libera ciclofaixa para skatistas e patinadores


No último domingo (7), alguns trechos da ciclofaixa de Recife passaram a ser usados não só por quem anda de bike, mas também por skatistas e patinadores. O compartilhamento da via, que garante espaço para modais de propulsão, ainda divide opiniões e gera polêmicas entre ciclistas.

Quem anda de skate e de patins na capital pernambucana não podia se locomover na ciclofaixa móvel desde sua recente inauguração, no fim do mês passado. No entanto, a faixa para ciclistas passou a ser compartilhada com skates e patins a partir deste domingo, ainda que apenas alguns trechos tenham sido liberados.

Os skatistas e patinadores têm sinal verde na ciclofaixa móvel, na Avenida Marquês de Olinda, no bairro do Recife, e na rua Dona Ana Xavier, em Casa Amarela, zona norte da cidade. Além dos trechos liberados, as autoridades responsáveis da capital pernambucana realizam visitas técnicas em pistas para a prática de manobras de skate e patins, como maneira de incentivar o uso dos modais de propulsão nestes locais.

Nem todos os ciclistas parecem aderir ao compartilhamento das vias com os usuários de skate e patins. “Se colocar skates na Ciclofaixa, será mais seguro pedalar na rua, fora dela. Acho que isso não dará certo. Skate não é, e nunca foi solução para mobilidade, ao contrário da bicicleta”, argumenta Burno Bellantuono, em comentário na fanpage da CicloFaixaSP.

O secretário de Turismo e Lazer, Felipe Carreras, que considera a bike e os demais modais como “práticas esportivas”, anunciou que serão tomadas medidas para garantir a segurança dos usuários da ciclofaixa móvel. “Os agentes da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) estarão preparados para garantir a prática esportiva de todos, sejam usuários de bike, skate ou patins. Eles também vão acompanhar as vias que serão fechadas. Vamos trabalhar também em ações educativas e na criação de outros espaços para essas modalidades específicas”, declarou Carreras ao Jornal do Commercio.

Se, de um lado, a decisão desagrada a alguns ciclistas, de outro, a via torna-se acessível para mais modalidades de transporte e lazer. Marcelo Lira, que usa modais de propulsão na ciclofaixa da capital pernambucana, mostrou-se otimista com a liberação da via. “Temos consciência de que não podemos fazer manobras na ciclofaixa móvel e que devemos fluir com o trânsito das bicicletas, para não atrapalhar a prática dos ciclistas. No entanto, a Constituição Federal de 1988 garante a utilização das vias públicas para qualquer veículo com duas ou mais rodas, por isso é preciso investir mais em ações educativas sobre os direitos e deveres dos praticantes de skate e patins”, alerta Lira ao jornal recifense. Com informações do Jornal do Commercio.

Fonte: CicloVivo


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Mexicanos desenvolvem sistema de geração solar a baixo custo
Mexicanos desenvolvem sistema de geração solar a baixo custo
Escola de samba infantil dá aula de reciclagem para alunos de curso de moda ecológica
Escola de samba infantil dá aula de reciclagem para alunos de curso de moda ecológica
Pequenos negócios adotam desenvolvimento sustentável
Pequenos negócios adotam desenvolvimento sustentável
Lamborghini lança linha exclusiva de bicicletas de luxo
Lamborghini lança linha exclusiva de bicicletas de luxo
Espanha tem a maior construção com materiais reciclados do mundo
Espanha tem a maior construção com materiais reciclados do mundo
Estocolmo pode ter prédio de 34 andares construído em madeira
Estocolmo pode ter prédio de 34 andares construído em madeira
Prédio projetado por norte-americanos imita formas da natureza
Prédio projetado por norte-americanos imita formas da natureza
Site brasileiro oferece doação, troca e venda de uniformes escolares usados
Site brasileiro oferece doação, troca e venda de uniformes escolares usados
Florestas Inteligentes planta o equivalente a 634 maracanãs
Florestas Inteligentes planta o equivalente a 634 maracanãs
Heineken leva ações sustentáveis ao Festival Lollapalooza
Heineken leva ações sustentáveis ao Festival Lollapalooza
Ônibus-biblioteca supre falta de espaços de leitura em bairros periféricos de SP
Ônibus-biblioteca supre falta de espaços de leitura em bairros periféricos de SP
Analista ambiental do ICMBio sofre atentado em Paraty
Analista ambiental do ICMBio sofre atentado em Paraty
Ibama apreende o equivalente a 320 caminhões de madeira ilegal no Pará
Ibama apreende o equivalente a 320 caminhões de madeira ilegal no Pará
Em Washington, ciclistas pagam imposto por CO2 liberado na respiração
Em Washington, ciclistas pagam imposto por CO2 liberado na respiração
Aplicativo urbano brasileiro é eleito o melhor do mundo
Aplicativo urbano brasileiro é eleito o melhor do mundo
Camisa pode ser usada durante 100 dias sem precisar de lavagem
Camisa pode ser usada durante 100 dias sem precisar de lavagem
Projeto de reforma no Maracanã vence concurso europeu de arquitetura
Projeto de reforma no Maracanã vence concurso europeu de arquitetura
Brasil se prepara para implantar Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica
Brasil se prepara para implantar Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica
Tribo da Indonésia constrói casas em árvores a 35 metros do chão
Tribo da Indonésia constrói casas em árvores a 35 metros do chão
4 exercícios que ajudam a reduzir indisposição
4 exercícios que ajudam a reduzir indisposição