Aguarde...

Programa apoia práticas sustentáveis em agricultura no Mato Grosso




Por Warner Bento Filho, de Cuiabá

A bacia do Teles Pires, no estado do Mato Grosso, onde se concentra a maior área produtora de soja do Brasil, receberá conjunto de ações visando à disseminação de boas práticas agrícolas e o uso eficiente da água. As iniciativas fazem parte do programa Água Brasil, concebido pelo Banco do Brasil e desenvolvido em parceria com Fundação Banco do Brasil, Agência Nacional de Águas e a organização não governamental de conservação da Natureza WWF-Brasil.

O Teles Pires é um dos principais rios do Mato Grosso. Junto com o Juruena, forma o rio Tapajós. Estão na Bacia do Teles Pires alguns dos municípios com as maiores lavouras de soja do País, como Sorriso e Sinop, justamente onde o programa Água Brasil vai atuar.

“Nós do WWF-Brasil vamos somar esforços nas iniciativas que já existem na região no sentido da sustentabilidade. Queremos valorizar os produtores que já trabalham com práticas responsáveis na agricultura”, informa o coordenador do programa de agricultura do WWF-Brasil, Cassio Franco Moreira.

A bacia do Teles Pires está na área de transição entre os biomas Cerrado e Amazônia e faz parte de uma das regiões com maior desenvolvimento econômico do Mato Grosso, com diversificada e intensa ocupação e exploração dos recursos naturais. Além das lavouras de soja, também impactam a bacia o lançamento esgotos domésticos e de mercúrio e rejeitos de garimpos de ouro.

“Trata-se de uma região de grandes desafios”, diz Cassio. “Mas também uma região onde podemos contar com ótimos parceiros”, completa. Para o Banco do Brasil, a atuação na bacia do Teles Pires representa o compromisso da instituição com a sustentabilidade. “A busca pela sustentabilidade está em nossa visão de futuro e nas nossas práticas diárias”, diz o superintendente do banco no Mato Grosso, Elói Medeiros Júnior.

Cidades

Além do Alto Teles Pires, o programa Água Brasil abrangerá outras 13 microbacias nos diferentes biomas brasileiros. E atuará também em cinco cidades brasileiras: Belo Horizonte (MG), Caxias do Sul (RS), Natal (RN), Pirenópolis (GO) e Rio Branco (AC), visando disseminar o conceito e a prática do consumo consciente e estimular a mudança de comportamento e de valores em relação à produção e ao destino de resíduos sólidos.

A parceria visa, ainda, buscar o aperfeiçoamento dos critérios socioambientais na análise de crédito e investimentos e a implementação de modelos de negócios sustentáveis. O setor bancário é estratégico para a conservação da natureza, em função do importante papel que exerce no financiamento da produção agrícola e de outras atividades associadas ao desmatamento, como grandes projetos de infraestrutura.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Código Florestal: texto é bom, para quem desmatou
Código Florestal: texto é bom, para quem desmatou
Inscrições para a Oficina do WWF-Brasil na Encob já chegam de todo o país
Inscrições para a Oficina do WWF-Brasil na Encob já chegam de todo o país
WWF-Brasil elogia estudo de clima lançado pelo Ministério do Meio Ambiente
WWF-Brasil elogia estudo de clima lançado pelo Ministério do Meio Ambiente
Mudanças nas discussões do clima
Mudanças nas discussões do clima
Hora do Planeta é celebrada ao redor do mundo
Hora do Planeta é celebrada ao redor do mundo
UE fraca e países retardatários impedem negociações da ONU sobre clima
UE fraca e países retardatários impedem negociações da ONU sobre clima
Limpa Brasil: Brasília recebe mutirão neste domingo
Limpa Brasil: Brasília recebe mutirão neste domingo
Com festa em escola municipal, WWF-Brasil lança livro sobre sustentabilidade no noroeste do Mato Grosso
Com festa em escola municipal, WWF-Brasil lança livro sobre sustentabilidade no noroeste do Mato Grosso
Membros do WWF-Alemanha visitam o Parque Nacional do Juruena
Membros do WWF-Alemanha visitam o Parque Nacional do Juruena
Oficina discute boas práticas para a pecuária no Pantanal
Oficina discute boas práticas para  a pecuária no Pantanal
Entramos no Parque Nacional do Juruena
Entramos no Parque Nacional do Juruena
Licenciamento prévio das usinas do rio Madeira
Licenciamento prévio das usinas do rio Madeira
Acordo climático em risco: Lula, é hora de agir!
Acordo climático em risco: Lula, é hora de agir!
WWF-Brasil encerra campanha do Ano Internacional da Biodiversidade
WWF-Brasil encerra campanha do Ano Internacional da Biodiversidade
É possível expandir a produção agrícola sem desmatar a Amazônia e o Cerrado
É possível expandir a produção agrícola sem desmatar a Amazônia e o Cerrado
Chegada ao Iratapuru, ponto final da expedição
Chegada ao Iratapuru, ponto final da expedição
Hora do Planeta avança com a adesão de 31 cidades e novos patrocinadores da edição de 2012
Hora do Planeta avança com a adesão de 31 cidades e novos patrocinadores da edição de 2012
Cientistas enviam alerta sobre clima
Cientistas enviam alerta sobre clima
Inscrições para prêmio de tecnologia social vão até 22 de julho
Inscrições para prêmio de tecnologia social vão até 22 de julho
Declaração da Rede WWF sobre a reunião da OMC
Declaração da Rede WWF sobre a reunião da OMC