Aguarde...

População de Corumbá vivencia pegada ecológica




Por Geralda Magela

Corumbá (MS) - O tema Pegada Ecológica não podia ser mais adequado para uma população que há mais de duas semanas vem sofrendo com as queimadas. O fogo que vem destruindo as matas e cordilheiras ao longo do rio Paraguai e em todo o município de Corumbá (MS) cobre a cidade com uma névoa cinza, mudando a paisagem do lugar e causando revolta na população.

Esse triste cenário acabou servindo de exemplo prático para o coordenador do Programa para Sociedades Sustentáveis do WWF-Brasil, Irineu Tamaio, na palestra sobre Pegada Ecológica, realizada nesta quinta-feira (21) na Casa do Artesão, em Corumbá.

A apresentação foi realizada durante o encontro organizado pela Associação de Mulheres Amor-Peixe e pelo WWF-Brasil com parceiros da associação, Prefeitura de Corumbá e a comunidade local, durante todo o dia. O evento teve a participação dos artesãos, de escolas e da comunidade em geral.

Na palestra, Irineu Tamaio apresentou a metodologia da Pegada Ecológica e deu dicas para ajudar na sua redução. Entre elas, eliminar o uso de sacolas plásticas, diminuir o consumo de água e de energia, reciclar o lixo e evitar as queimadas sem controle, que tanto contribuiem para a emissão de gases de efeito estufa, que gera o aquecimento global. ”Temos que rever e mudar o nosso hábito ou estilo de vida”, disse Tamaio.

De acordo com educador ambiental, além de nos apropriarmos dos recursos naturais, nós humanos geramos muito lixo, resultado principalmente do consumo sem limites. “A riqueza ecológica é um patrimônio para a manutenção da nossa própria vida. Quando destruímos esse patrimônio estamos prejudicando a nós mesmos”, destacou.

Esses efeitos já estão sendo sentidos pela população de Corumbá, que há mais de duas semanas vem sofrendo com os problemas causados pelas queimadas.
 
O fogo descontrolado se alastra pelas matas, encostas e cordilheiras ao longo do rio Paraguai e em vários outros pontos do município. Segundo informações noticiadas na imprensa local, foram registrados mais de 800 focos de incêndio no município só no mês de maio.

Muitos deles estão muito próximos à cidade. Além da enorme perda de biodiversidade nas áreas atingidas, as queimadas causam doenças respiratórias na população. As queimadas são responsáveis pela emissão de CO2 na atmosfera, um dos principais gases de efeito estufa que contribuem para o aquecimento global.

Ainda dá tempo
Irineu Tamaio destacou que embora a situação ambiental seja grave, ainda é possível reverter esse quadro e cabe a cada um fazer a sua parte. ”É importante repensar o nosso consumo, tornado-o mais consciente e responsável para evitar o colapso de todas as formas de vida na terra. Ainda dá tempo. Mas é preciso agir rápido”, finalizou, destacando que essa mudança depende da consciência e atitude de cada um.

A mensagem foi captada pela estudante Aline Matos, aluna do 8º ano da Escola Cássio Leite de Barros. Ela conta que aprendeu muito com a palestra. “Foi muito legal saber essas coisas e me conscientizar mais sobre a importância de conservar o meio ambiente. Aline se surpreendeu quando fez o teste da pegada e obteve o resultado.” Eu achava que fazia a minha parte, mas descobri que ainda é muito pouco. Preciso fazer mais”, afirmou a estudante que pretende ficar mais atenta daqui para frente.

O colega Lucas Jorge disse que aprendeu sobre a importância de economizar energia e água e de separar o lixo. Ele também está preocupado com as queimadas ao redor de Corumbá. “Vivemos em uma cidade rodeada de belezas naturais. Temos que conscientizar as pessoas a não fazerem queimadas, colocando em risco as matas e prejudicando a saúde de que quem vive aqui”, comentou.

Conservação na escola
De acordo com a professora Isabela Xavier, ainda falta uma maior conscientização das pessoas em relação à atitude individual e os reflexos dessa atitude para o meio ambiente como um todo. “Vivemos no Pantanal, um lugar que é Patrimônio Natural da Humanidade. Temos que preservar esse patrimônio que é de todos nós”, ressaltou a professora.

Isabela está buscando fazer a sua parte com pequenas atitudes transformadoras. Na escola onde dá aula, desenvolve um trabalho de compostagem com os alunos. O material obtido é usado no jardim da escola e outra parte é levada pelos alunos para suas casas. O trabalho acabou despertando nos estudantes o gosto pela experimentação e estimulando o intercâmbio de conhecimento.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (2)

Álbum de fotos (2)

Marcadores

Comentários



Hora do Planeta varre o Pacífico - milhões se unem para desligar as luzes
Hora do Planeta varre o Pacífico - milhões se unem para desligar as luzes
Notícias da Hora do Planeta da Noruega até a Inglaterra
Notícias da Hora do Planeta da Noruega até a Inglaterra
Estudos ressaltam importância ambiental do Código Florestal
Estudos ressaltam importância ambiental do Código Florestal
‘Case’ da Rede WWF é selecionado para Guia de Marketing Relacionado a Causas
‘Case’ da Rede WWF é selecionado para Guia de Marketing Relacionado a Causas
Relatório aponta que ações brasileiras contra desmatamento são boas para o clima e para a economia
Relatório aponta que ações brasileiras contra desmatamento são boas para o clima e para a economia
Araras-azuis-grandes são tema de documentário de TV Inglesa
Araras-azuis-grandes são tema de documentário de TV Inglesa
Pesquisa mostra opinião dos brasileiros sobre a proposta de "novo código" florestal
Pesquisa mostra opinião dos brasileiros sobre a proposta de "novo código" florestal
GT da pecuária sustentável assume compromisso de desmatamento zero
GT da pecuária sustentável assume compromisso de desmatamento zero
ONGs ambientalistas debatem Fundo Amazônia com representante do governo norueguês
ONGs ambientalistas debatem Fundo Amazônia com representante do governo norueguês
Representantes do WWF-Brasil vão a jantar com Marina Silva
Representantes do WWF-Brasil vão a jantar com Marina Silva
Nota de Repúdio à Tentativa de Redução do Parque Estadual Cristalino
Nota de Repúdio à Tentativa de Redução do Parque Estadual Cristalino
Plano de Manejo da Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema é oficializado
Plano de Manejo da Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema é oficializado
Uma reunião atrás da outra
Uma reunião atrás da outra
Primeiro passo para implementação das metas de conservação da biodiversidade no Brasil
Primeiro passo para implementação das metas de conservação da biodiversidade no Brasil
5 de junho: lute pelo meio ambiente
5 de junho: lute pelo meio ambiente
Parceria com AmBev e lançamento de livro marcam Dia Mundial da Água no WWF-Brasil
Parceria com AmBev e lançamento de livro marcam Dia Mundial da Água no WWF-Brasil
Empresas se unem pela biodiversidade
Empresas se unem pela biodiversidade
Sete capitais do País e, no total, 37 cidades confirmadas até agora na Hora do Planeta 2012
Sete capitais do País e, no total, 37 cidades confirmadas até agora na Hora do Planeta 2012
De olho nas áreas protegidas brasileiras
De olho nas áreas protegidas brasileiras
Sustentabilidade na pecuária é discutida em workshop em São Paulo
Sustentabilidade na pecuária é discutida em workshop em São Paulo