Aguarde...

Pesquisadores paulistas usam bagaço da laranja para fazer cachaça sustentável


A cachaça é uma bebida típica brasileira que tem como principal matéria-prima a cana-de-açúcar. No entanto, pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) descobriram outra fonte muito eficiente para a fabricação da bebida: o bagaço da laranja.

A utilização da matéria-prima alternativa já passou por testes e os resultados comprovam a sua eficiência e qualidade. Esta opção também barateia a fabricação da bebida e a deixa mais sustentável, já que reutiliza os resíduos da indústria dos sucos.

Os experimentos foram feitos no campus da universidade em Araraquara, a partir do líquido extraído do bagaço da laranja, chamado de líquor, que é fermentado e destilado até que se torne uma bebida alcoólica. Para que a cachaça alcançasse a qualidade ideal, os cientistas precisaram envelhecê-la em tonéis de madeira, em um processo semelhante ao da fabricação do uísque.

Já foram iniciados os procedimentos para a obtenção de patente e junto com isso foram feitas análises de viabilidade econômica e de mercado. De acordo com os pesquisadores, conforme noticiado pelo G1, o Brasil é capaz de fabricar um bilhão de litros da cachaça do bagaço da laranja por ano. Os custos são muito menores que os da pinga tradicional e comercialmente ela tem potencial para ser vendida em território nacional e internacional.

O produto final ainda não foi totalmente desenvolvido, pois os estudantes estudam novas alternativas para elevar ainda mais a viabilidade e eficiência no processo de fabricação da aguardente. Com informações do G1.

Fonte: CicloVivo


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Norte-americano usa piano-bike para levar música às ruas
Norte-americano usa piano-bike para levar música às ruas
Emissões globais de CO2 podem bater recorde e secretária da ONU pede ação urgente
Emissões globais de CO2 podem bater recorde e secretária da ONU pede ação urgente
Pontos de ônibus de SP ganham sistema gratuito de compartilhamento de livros
Pontos de ônibus de SP ganham sistema gratuito de compartilhamento de livros
Motorista atropela ciclista, foge e descarta braço amputado em córrego
Motorista atropela ciclista, foge e descarta braço amputado em córrego
Reserva biológica chilena oferece aulas de esqui gratuitas
Reserva biológica chilena oferece aulas de esqui gratuitas
Luminária movida a energia solar tem design divertido
Luminária movida a energia solar tem design divertido
Marca norte-americana lança roupa para ciclismo com estampa que imita terno
Marca norte-americana lança roupa para ciclismo com estampa que imita terno
China e EUA firmam acordo por redução nas emissões de GEE
China e EUA firmam acordo por redução nas emissões de GEE
Primavera americana começa mais cedo devido ao aquecimento global
Primavera americana começa mais cedo devido ao aquecimento global
Wewi é o primeiro refrigerante orgânico do Brasil
Wewi é o primeiro refrigerante orgânico do Brasil
Britânicos apostam em casas-contêiner para ajudar desabrigados
Britânicos apostam em casas-contêiner para ajudar desabrigados
Ford apresenta Fiesta elétrico
Ford apresenta Fiesta elétrico
Grupo constrói jardins verticais em prédios de São Paulo
Grupo constrói jardins verticais em prédios de São Paulo
Trisoft planta árvores em escolas públicas de SP
Trisoft planta árvores em escolas públicas de SP
Marina Silva lança embrião de um novo partido político pró-sustentabilidade
Marina Silva lança embrião de um novo partido político pró-sustentabilidade
Ocorrência de água-viva australiana preocupa pesquisadores em Ubatuba
Ocorrência de água-viva australiana preocupa pesquisadores em Ubatuba
Saiba como customizar óculos de sol
Saiba como customizar óculos de sol
Após naufrágio, 60 mil litros de óleo vazam no Rio Negro
Após naufrágio, 60 mil litros de óleo vazam no Rio Negro
Intervenção artística nos Rios Tietê e Pinheiros busca financiamento colaborativo
Intervenção artística nos Rios Tietê e Pinheiros busca financiamento colaborativo
ONG "Que Se Dane" provoca internautas com indiferença às causas ambientais
ONG "Que Se Dane" provoca internautas com indiferença às causas ambientais