Aguarde...

Pesquisa de público revela interesse e aceitação do site do WWF-Brasil




Mais de mil pessoas participaram espontaneamente da pesquisa de público do site do WWF-Brasil, realizada de 12 de julho a 1o de agosto. As respostas foram valiosas para conhecer melhor os internautas, identificar os conteúdos e produtos mais buscados e, assim, poder aprimorar como as informações são apresentadas.

A pesquisa contou com 1.012 respondentes, o equivalente a 1,6% dos visitantes do site no período. Desse total, 9,3% são afiliados ao WWF-Brasil, ou seja, doam regularmente à instituição. Mais da metade dos participantes são pessoas com idade entre 15 e 30 anos, e mais de três quartos dos participantes da pesquisa não possuem filhos. As mulheres tiveram uma participação mais expressiva: 58,6% dos respondentes eram do sexo feminino.

A maioria das pessoas que responderam ao questionário online mora nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais, e as três cidades com maior número de participantes foram São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. A pesquisa contou com participantes de todos os estados do país, além de respondentes que moram fora do Brasil e acompanham nosso site.

O site do WWF-Brasil conta com grande visitação de estudantes, que representam quase 40% dos respondentes da pesquisa. Com relação à escolaridade, 33,6% dizem cursar ou ter concluído o Ensino Médio, enquanto 46,1% estão cursando ou concluíram o Ensino Superior.

Os respondentes, em sua maioria, acessam a internet principalmente de casa (70,6%) e do trabalho (23,8%). Um percentual pequeno de pessoas (2,3%) acessam a internet principalmente do celular, uma modalidade de acesso que tende a crescer nos próximos anos.

Avaliação do site do WWF-Brasil

Quanto à regularidade de acesso, 21,5% acessam o site semanalmente, enquanto 20,7% acessam ao menos uma vez por mês. Dos participantes da pesquisa, quase 45% estavam visitando o site do WWF-Brasil pela primeira vez.

Foi apontado que as mídias sociais são o principal canal de acesso ao site do WWF-Brasil. Quase 40% deles chegaram ao site por meio de blogs, fóruns ou serviços como Twitter, Orkut e Facebook, enquanto quase um terço dos visitantes chegaram ao site por meio de pesquisas no Google, Yahoo, Bing ou outros serviços semelhantes.

Os internautas buscam no site do WWF-Brasil principalmente notícias (69%) e informações sobre a organização e seus projetos (42%). Quanto à aceitação, mais de metade dos respondentes afirmaram que as informações disponíveis no site atenderam completamente ao que procuravam.

A avaliação geral do site do WWF-Brasil foi excelente, com mais de 93% dos respondentes avaliando o site como "Muito Bom" ou "Bom". O site foi avaliado com uma média de 4,23 pontos, em uma escala de 1 a 5. Mesmo com uma avaliação positiva, os internautas contribuíram com inúmeras sugestões e pedidos de temas que poderiam ser abordados ou aprofundados.

Mudanças no site

Como parte das comemorações do aniversário de 15 anos do WWF-Brasil e dos 50 anos da Rede WWF, o WWF-Brasil apresentou no início desta semana o novo layout de seu site. Outra novidade é a versão do site para dispositivos móveis, acessível pelo endereço http://m.wwf.org.br.

O novo visual foi criado com base nas opiniões, críticas e sugestões dos internautas e em estudos realizados nos sites de toda a Rede WWF. Outras melhorias ainda estão por vir: o novo visual é apenas a primeira de uma série de mudanças que irão acontecer até o final deste ano, com o objetivo de melhorar a experiência do internauta e estreitar os laços da organização com seu público.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (3)

Álbum de fotos (3)

Marcadores

Comentários



Copenhague apagará suas luzes contra mudanças climáticas
Copenhague apagará suas luzes contra mudanças climáticas
Unidades de conservação: temporada de debate
Unidades de conservação: temporada de debate
Verão sem praia?
Verão sem praia?
Governo planeja construir sete hidrelétricas na bacia do rio Aripuanã
Governo planeja construir sete hidrelétricas na bacia do rio Aripuanã
França-Brasil: a corrida do ouro e a necessidade de cooperação
França-Brasil: a corrida do ouro e a necessidade de cooperação
WWF-Brasil entre as Melhores e Maiores da revista Exame
WWF-Brasil entre as Melhores e Maiores da revista Exame
Música clássica para defender a Amazônia
Música clássica para defender a Amazônia
Oficina discute boas práticas para a pecuária no Pantanal
Oficina discute boas práticas para  a pecuária no Pantanal
Unidades de conservação do Arpa reduzem 1,1 bilhão de toneladas de carbono, afirma relatório
Unidades de conservação do Arpa reduzem 1,1 bilhão de toneladas de carbono, afirma relatório
Entrevista: Denise Hamu, Secretária-Geral do WWF-Brasil, fala sobre 2006 e as perspectivas para o próximo ano
Entrevista: Denise Hamu, Secretária-Geral do WWF-Brasil, fala sobre 2006 e as perspectivas para o próximo ano
Entrevista: Manoel Cunha, presidente do CNS
Entrevista: Manoel Cunha, presidente do CNS
Equipe de comunicação passa um dia e uma noite no garimpo
Equipe de comunicação passa um dia e uma noite no garimpo
Ribeirinho amazônico ameaçado de morte pede proteção ao governo federal
Ribeirinho amazônico ameaçado de morte pede proteção ao governo federal
Porto Alegre e mais seis cidades brasileiras aderem à Hora do Planeta
Porto Alegre e mais seis cidades brasileiras aderem à  Hora do Planeta
19 capitais brasileiras engajadas e programação intensa na Hora do Planeta 2010
19 capitais brasileiras engajadas e programação intensa na Hora do Planeta 2010
WWF-Brasil discute Reforma Agrária e Meio Ambiente
WWF-Brasil discute Reforma Agrária e Meio Ambiente
Reunião em Bali termina em acordo que não empolga
Reunião em Bali termina em acordo que não empolga
Engajamento pela biodiversidade
Engajamento pela biodiversidade
Equipe da ação Faça a Diferença participa de feira Ambiental
Equipe da ação Faça a Diferença participa de feira Ambiental
Mapa revela situação do Mosaico Sertão Veredas-Peruaçu
Mapa revela situação do Mosaico Sertão Veredas-Peruaçu