Aguarde...

Parceiros da Alemanha e Estados Unidos visitam o Amazonas




Durante todo o mês de abril, cinco grupos de importantes parceiros, compostos por membros do conselho nacional e filiados do WWF - Alemanha e WWF - Estados Unidos, estiveram no Amazonas para conhecer o trabalho do WWF-Brasil na região. Durante a experiência inédita para a maioria, além da capital do estado, Manaus, os visitantes estiveram em Anavilhanas e no Parque Estadual Rio Negro Setor Sul. O roteiro de viagem para os grupos alemães foi um pouco mais extenso e lhes permitiu também visitar o Cristalino Jungle Lodge, hotel de selva adjacente ao Parque Estadual Cristalino, no Mato Grosso.

Com o objetivo de apresentar as iniciativas desempenhadas em algumas das áreas em que o WWF-Brasil atua, a viagem proporcionou aos visitantes verem de perto as ações pela conservação da natureza e desenvolvimento sustentável as quais cada um também ajuda a realizar, por meio de seu apoio financeiro à rede WWF.

Semanalmente, seguindo roteiros semelhantes, antes de partir para as atividades em campo, cada um dos cinco grupos, sendo quatro de doadores alemães e um de norte-americanos, iniciava o itinerário com um breve passeio pela capital amazonense para visitar alguns dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade, como o famoso teatro Amazonas.

A bordo do barco que os levou em sua jornada pelo rio Negro e adjacências, puderam apreciar um dos mais surpreendentes fenômenos da natureza: o chamado Encontro das Águas. Trata-se do trecho em que as águas dos rios Amazonas (de cor barrenta) e Negro (de cor escura) se encontram e correm lado a lado, sem se misturar.

Em seguida, cada grupo partiu para Novo Airão, município localizado a 115 km de Manaus, na margem direita do Rio Negro. A pequena cidade abrange em seu território importantes unidades de conservação como a Estação Ecológica do Arquipélago de Anavilhanas, parte do Parque Nacional do Jaú e do Parque Estadual do Rio Negro, sendo as duas primeiras unidades contempladas pelo Programa de Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa).

Depois de nove horas de viagem, a viagem até Novo Airão foi seguida com uma visita até Anavilhanas onde puderam navegar em voadeiras entre algumas das várias ilhas que compõe a estação ecológica, caminhar nas trilhas dentro da floreta e mergulhar no rio. O barco partiu então para a região do rio Cuieiras no Parque Estadual Rio Negro Setor Sul. Lá, alguns dos grupos puderam visitar comunidades ribeirinhas e conversar com moradores antes de retornarem à Manaus, seis dias depois.

Para motivar um debate a cerca das ações do WWF-Brasil na Amazônia entre os visitantes, Samuel Tararan, Analista de Programa de Conservação do WWF-Brasil responsável pela região do Rio Negro, fez uma apresentação a cada um dos grupos sobre o trabalho que ajuda a realizar no escritório regional da organização em Manaus. Na ocasião, teve a oportunidade de conversar e tirar as dúvidas dos participantes. Também acompanhou toda a viagem do grupo de doadores ligados ao WWF- Estados Unidos, realizada entre os dias 6 e 13 de abril.

Segundo Meg Symington, diretora executiva do WWF- Estados Unidos para iniciativas na Amazônia e uma das responsáveis pela viagem, todos ficaram encantados com as belezas cênicas e diversidade biológica da região e estão ainda mais convencidos que é preciso trabalhar pela conservação do lugar.

Grupos de alemães também vão ao Mato Grosso

Além da viagem para a região do rio Negro, a programação planejada para os quatro grupos alemães também contemplou a visita ao Cristalino Jungle Lodge, hotel de selva adjacente ao Parque Estadual Cristalino, no Mato Grosso.

Os visitantes caminharam nas trilhas ao redor do hotel e subiram em uma torre com 50 metros de altura. De cima da copa das árvores da floresta, eles observaram animais e plantas nativas.

“A oportunidade de conhecer esse lindo patrimônio, que tem sido alvo das minhas preocupações, me torna muito mais envolvido com a idéia de conservá-lo”, afirmou Prof. Dr. Detlev Drenckhan, presidente do conselho do WWF-Alemanha que também participou da visita e ressaltou a importância do trabalho realizado na região. “Viver essa experiência, sentindo e vendo tão de perto o que queremos proteger, aumentou nossa vontade de fazer nossa parte”, afirmou.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (2)

Álbum de fotos (2)

Marcadores

Comentários



Brasileiros em defesa das florestas no Dia da Terra
Brasileiros em defesa das florestas no Dia da Terra
Holanda quer importar 100% de soja responsável em quatro anos
Holanda quer importar 100% de soja responsável em quatro anos
O mundo desliga suas luzes na Hora do Planeta
O mundo desliga suas luzes na Hora do Planeta
Rede WWF espera que reunião da ONU sobre clima tenha resultados concretos
Rede WWF espera que reunião da ONU sobre clima tenha resultados concretos
Autoridades precisam salvar a Rio+20 da falta de ambição
Autoridades precisam salvar a Rio+20 da falta de ambição
Dia de Ação dos Blogs 15 de outubro de 2009
Dia de Ação dos Blogs 15 de outubro de 2009
WWF-Brasil, Greenpeace e SOS Mata Atlântica convidam jornalistas para o workshop sobre Código Florestal
WWF-Brasil, Greenpeace e SOS Mata Atlântica convidam jornalistas para o workshop sobre Código Florestal
Dia Internacional da Limpeza da Água
Dia Internacional da Limpeza da Água
Tendência mundial das áreas protegidas é unir biológico e social
Tendência mundial das áreas protegidas é unir biológico e social
WWF-Brasil recebe estudantes em ação de educação ambiental
WWF-Brasil recebe estudantes em ação de educação ambiental
Belo Horizonte recebe ações de consumo responsável e reciclagem
Belo Horizonte recebe ações de consumo responsável e reciclagem
De olho nas áreas protegidas brasileiras
De olho nas áreas protegidas brasileiras
Evento na Cúpula dos Povos lança rede da Carta da Terra
Evento na Cúpula dos Povos lança rede da Carta da Terra
Arpa, Amazônia Meridional e Rappam são os temas do WWF-Brasil no 2º dia do CBUC
Arpa, Amazônia Meridional e Rappam são os temas do WWF-Brasil no 2º  dia do CBUC
ONGs ambientalistas pedem mudança em legislação para eliminar compra de madeira ilegal pelo Poder Público no Brasil
ONGs ambientalistas pedem mudança em legislação para eliminar compra de madeira ilegal pelo Poder Público no Brasil
Gran Meliá Mofarrej anuncia apoio ao WWF-Brasil
Gran Meliá Mofarrej anuncia apoio ao WWF-Brasil
Estudo da Pegada Ecológica de Campo Grande (MS) é apresentado na USP
Estudo da Pegada Ecológica de Campo Grande (MS) é apresentado na USP
Governo de Goiás propõe a criação de três parques no Cerrado
Governo de Goiás propõe a criação de três parques no Cerrado
Estradas sustentáveis na Pan-Amazônia
Estradas sustentáveis na Pan-Amazônia
Seminário contribui para o fortalecimento da gestão de mosaicos das UCs no Amazonas
Seminário contribui para o fortalecimento da gestão de mosaicos das UCs no Amazonas