Aguarde...

Pantaneira ganha prêmio




A artesã Wânia Alecrim de Lima, que lidera mulheres de pescadores da Associação Amor-Peixe, em Corumbá (MS), foi uma das cinco premiadas na categoria Membro de Grupos de Produção Formais (cooperativas e associações) do Prêmio Sebrae Mulher Empreendedora, entregue nesta manhã (7/3), em Brasília. O prêmio – a participação na Feira de Marketing e Negócios de São Paulo, em novembro próximo, – tornará o artesanato com pele de peixe produzido pelas artesãs da Associação Amor-Peixe mais conhecido nacionalmente e propiciará oportunidades de alavancar novos negócios para a associação. 

Emocionada com o reconhecimento de seu trabalho e das artesãs de Corumbá que confeccionam bolsas, carteiras, cintos e também roupas com pele de peixe, Wânia Alecrim de Lima comentou que a perspectiva é de muito trabalho. “ Agora, temos de costurar rápido para levarmos muitas peças para a Feira em São Paulo e vendermos tudo”, declarou.

Em Brasília, Wânia já fez uma boa propaganda dos produtos da Associação Amor-Peixe. Ela compareceu à solenidade vestida com um conjunto de saia e blusa costurado junto com as colegas dois dias antes do embarque. A criatividade aplicada nas peças arrancou aplausos da platéia no desfile informal de Wânia Alecrim e também elogios da apresentadora, que sentenciou: “Gisele Bünchen que se cuide”. Brincadeiras à parte, a premiação representa para as artesãs corumbaenses reconhecimento nacional e novas oportunidades de negócios.

A Associação Amor-Peixe foi criada em 2003 por estímulo do WWF-Brasil para que as mulheres de pescadores de Corumbá (MS) pudessem desenvolver atividades produtivas e aumentar a renda das famílias. Os produtos são vendidos a turistas que visitam o município e também em feiras e exposições organizadas em vários estados. A história de sucesso de Wânia Alecrim e da Associação Amor-Peixe inclui, além do artesanato com pele de peixe, a iniciativa de alfabetizar e promover a educação ambiental a pescadores do município de Corumbá.

Wânia de Lima, casada há 22 anos e com quatro filhos, comemora o recebimento do prêmio nacional como uma conquista de todas as 10 mulheres da associação. “Minhas colegas ficaram felizes. Foi através do trabalho na associação que veio o prêmio. É um reconhecimento e uma conquista de todas. A associação vai ficar mais conhecida.”, afirmou.

A segunda edição do Prêmio Sebrae Mulher Empreendedora recebeu 1.294 inscrições para as duas categorias: empresárias donas de micro e pequenas empresas e grupos de mulheres reunidas em cooperativas ou associações. O objetivo é incentivar e divulgar ações empreendedoras administradas por mulheres, em todo o país.

Atualmente as iniciativas da Associação Amor-Peixe são apoiadas pelo programa Pantanal para Sempre, do WWF-Brasil, Sebrae, Fundação de Cultura do Pantanal, Embrapa Pantanal, Casa do Artesão de Corumbá, Universidade Católica Dom Bosco, Fundação de Cultura do Estado do Mato Grosso do Sul.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (0)

Álbum de fotos (0)

Marcadores

Comentários



Panda da Rede WWF é tema de revista infantil em São Paulo
Panda da Rede WWF é tema de revista infantil em São Paulo
Organizações pedem mudança de relator
Organizações pedem mudança de relator
Estado do Acre tem nova unidade de conservação ambiental
Estado do Acre tem nova unidade de conservação ambiental
Todos somos responsáveis pelo lixo
Todos somos responsáveis pelo lixo
Juventude discute o Tratado de Educação Ambiental
Juventude discute o Tratado de Educação Ambiental
COP de clima termina com um pequeno passo à frente para o Protocolo de Quioto
COP de clima termina com um pequeno passo à frente para o Protocolo de Quioto
Desmatamento zero em todo o Brasil
Desmatamento zero em todo o Brasil
Brasil e Alemanha debatem conservação da Amazônia e do clima do planeta
Brasil e Alemanha debatem conservação da Amazônia e do clima do planeta
Cartão postal de São Paulo, torre da Band vai apagar as luzes pela primeira vez
Cartão postal de São Paulo, torre da Band vai apagar as luzes pela primeira vez
WWF-Brasil lança publicação sobre aves migratórias no Pantanal
WWF-Brasil lança publicação sobre aves migratórias no Pantanal
Código Florestal: nem toda a terra está disponível para o ser humano
Código Florestal: nem toda a terra está disponível para o ser humano
Ministério do Meio Ambiente comenta desmatamento na Amazônia
Ministério do Meio Ambiente comenta desmatamento na Amazônia
WWF-Brasil lança blog sobre Unidades de Conservação
WWF-Brasil lança blog sobre Unidades de Conservação
Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável devem refletir os anseios da sociedade mundial global
Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável  devem refletir os anseios da sociedade mundial global
WWF-Brasil: interesses nacionais não podem sobrepujar necessidades do planeta
WWF-Brasil: interesses nacionais não podem sobrepujar necessidades do planeta
Cúpula de Clima aquece negociações
Cúpula de Clima aquece negociações
Sistema Deter aponta novamente aumento no desmatamento em Mato Grosso
Sistema Deter aponta novamente aumento no desmatamento em Mato Grosso
Encontro discute uso sustentável da madeira
Encontro discute uso sustentável da madeira
Meio ambiente: voluntários visitam experiência do Córrego Urubu, no DF
Meio ambiente: voluntários visitam experiência do Córrego Urubu, no DF
Mais de 30 entidades catarinenses pedem veto total ao novo Código Florestal
Mais de 30 entidades catarinenses pedem veto total ao novo Código Florestal