Aguarde...

Países do G-8 devem ajudar os mais pobres a combater as mudanças climáticas, diz Rede WWF




“O G-8 deve manter seus compromissos financeiros anteriores e ajudar os Países Menos Desenvolvidos do mundo (LDCs, na sigla em inglês) a enfrentarem os impactos desastrosos das mudanças climáticas”, afirma Kim Carstensen, líder da Iniciativa Global do Clima da Rede WWF. O grupo dos oito países mais ricos do mundo mais Rússia, Brasil, China, Índia, México e África do Sul (G 8 + 5) se reúne de 8 a 10 de julho na Itália, mas algumas reuniões ministeriais preparatórias ainda devem ocorrer.

Nos últimos anos, mais de 40 países do grupo de Países Menos Desenvolvidos elaboraram planos nacionais de adaptação às mudanças climáticas.  No entanto, apesar das promessas feitas pelos países desenvolvidos, nenhum desses planos está sendo implementado.
O financiamento necessário para isso é da ordem de US$ 2 bilhões. Até agora, porém, menos de US$ 200 milhões foram repassados e nada foi gasto ainda.

“Mudanças climáticas irreversíveis já afetam a vida das pessoas. As promessas que foram feitas para os mais vulneráveis e mais pobres devem ser honradas”, diz Carstensen. “O mundo dos ricos precisa demonstrar que suas promessas de ajudar não são apenas palavras vazias.” 
É importante começar imediatamente a financiar estratégias de adaptação para os Países Menos Desenvolvidos. Porém, ao mesmo tempo, é urgente os países do G8 reconheçam que suas obrigações a longo prazo são ainda maiores.

“É preciso começar a ver as coisas numa perspectiva de longo prazo, dentro da qual agir seriamente contra as mudanças climáticas é, na verdade, a maneira mais barata de resolver as coisas. A falta de ação custará muito mais caro. Os países do G-8 precisam reconhecer sua responsabilidade e encontrar formas de mobilizar os recursos necessários para acabar com os piores impactos das mudanças climáticos no futuro.”

A Rede WWF está convencida de que os países desenvolvidos precisam injetar novos recursos financeiros - suplementares - para a adaptação e a mitigação, de no mínimo US$ 150 bilhões por ano, além dos compromissos de assistência ao desenvolvimento já assumidos internacionalmente.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (0)

Álbum de fotos (0)

Marcadores

Comentários



Cientistas enviam alerta sobre clima
Cientistas enviam alerta sobre clima
Embalagens impulsionam Certificação FSC no Brasil
Embalagens impulsionam Certificação FSC no Brasil
Apuí não é contra o parque nacional
Apuí não é contra o parque nacional
Congresso Nacional realiza seminário sobre energia e mudanças climáticas com apoio do WWF-Brasil
Congresso Nacional realiza seminário sobre energia e mudanças climáticas com apoio do WWF-Brasil
Descobertas na Amazônia são extraordinárias: na última década, novas espécies foram encontradas a cada três dias
Descobertas na Amazônia são extraordinárias: na última década, novas espécies foram encontradas a cada três dias
2012, um ano de resultados para o Água Brasil
2012, um ano de resultados para o Água Brasil
Veja quem votou contra ou a favor das alterações no Código Florestal
Veja quem votou contra ou a favor das alterações no Código Florestal
Mortes de extrativistas não podem ficar impunes
Mortes de extrativistas não podem ficar impunes
Não faltam motivos para salvar o Cerrado, faltam ações
Não faltam motivos para salvar o Cerrado, faltam ações
Senado: casa do povo ou caixa-preta?
Senado: casa do povo ou caixa-preta?
Negociações do protocolo de ABS prometem gerar polêmica na COP 10
Negociações do protocolo de ABS prometem gerar polêmica na COP 10
Ministro do Meio Ambiente sinaliza compromisso com áreas protegidas da Amazônia
Ministro do Meio Ambiente sinaliza compromisso com áreas protegidas da Amazônia
Presidente da Associação Amor-Peixe participa de encontro com Lula
Presidente da Associação Amor-Peixe participa de encontro com Lula
Coleta Seletiva: Natal se mobiliza para melhorar manejo de resíduos
Coleta Seletiva: Natal se mobiliza para melhorar manejo de resíduos
Expectativa de mudança no Código gera desmatamento recorde no Mato Grosso
Expectativa de mudança no Código gera desmatamento recorde no Mato Grosso
Reputações climáticas de Merkel e Tusk viram fumaça
Reputações climáticas de Merkel e Tusk viram fumaça
WWF-Brasil participa do festival Planeta Atlântida
WWF-Brasil participa do festival Planeta Atlântida
WWF está em quarto lugar no Shorty Awards do Twitter, em sua categoria
WWF está em quarto lugar no Shorty Awards do Twitter, em sua categoria
ViaSete apóia o WWF-Brasil e reúne celebridades no lançamento da ação no Rio
ViaSete apóia o WWF-Brasil e reúne celebridades no lançamento da ação no Rio
Países afirmam interesse em cooperação para conservação das florestas tropicais
Países afirmam interesse em cooperação para conservação das florestas tropicais