Aguarde...

Países desenvolvidos desperdiçam mais da metade dos alimentos produzidos


Um estudo produzido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e pelo World Resources Institute mostra que os países mais desenvolvidos são responsáveis por 56% do desperdício de alimentos no mundo. O principal objetivo do relatório é reduzir pela metade as perdas de comida, mas o estudo também sugere a criação de um padrão global para medir a perda de alimentos.

Dados apontam que, nos países ricos, os alimentos são descartados com maior frequência na fase do consumo. Já nos países em desenvolvimento, como o Brasil, o desperdício costuma ocorrer por parte do produtor, após a colheita e armazenamento.

O estudo revela que, em todo o mundo, 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são perdidos ou descartados por ano. A água utilizada para produzir a comida desperdiçada poderia encher 70 milhões de piscinas olímpicas, e o total de terra arável usada para produzir alimentos desperdiçados é do tamanho do México.

Só nos Estados Unidos, o desperdício de comida custa US$1,6 mil por ano para uma família de quatro pessoas. O estudo destaca ainda que o tamanho das porções nos restaurantes norte-americanos vem aumentando desde 1970 – assim, os estabelecimentos estimulam os consumidores a comprar porções maiores por preços acessíveis, o que aumenta o número de obesos e culmina em mais desperdício de comida, pois muitos não conseguem terminar suas refeições.

Para refrear o problema, algumas universidades nos EUA decidiram implantar o sistema de comida por quilo nas praças de alimentação. Com a medida, uma universidade jogou fora 13 toneladas a menos de comida e conservou mais de cem litros de água ao ano.

Em outras partes do mundo, o desperdício também é preocupante: na China, 32 bilhões de dólares válidos em comida são jogados fora. Nos países da África Subsaariana, onde os agricultores ganham menos de dois dólares por dia, as perdas na produção alimentar chegam a quatro bilhões de dólares por ano. Na Nigéria, um professor desenvolveu um sistema de resfriamento por evaporação, que pode preservar frutas e legumes sem refrigeração e conservar os alimentos por mais tempo. Com informações da Rádio ONU.

Fonte: CicloVivo


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



LG projeta máquina de lavar roupa que não usa água
LG projeta máquina de lavar roupa que não usa água
5 dicas para dar a volta por cima nos exageros do final de ano
5 dicas para dar a volta por cima nos exageros do final de ano
África do Sul condena pescador de grande tubarão-branco
África do Sul condena pescador de grande tubarão-branco
Prefeitos e vereadores vão de bike às cerimônias de posse
Prefeitos e vereadores vão de bike às cerimônias de posse
Praça de BH vira "praia" aos finais de semana
Praça de BH vira "praia" aos finais de semana
Casal polonês que viaja o mundo de bicicleta está no Brasil
Casal polonês que viaja o mundo de bicicleta está no Brasil
Lixão põe em risco o maior reservatório de água de Pequim
Lixão põe em risco o maior reservatório de água de Pequim
Torre pode transformar poluição sonora em energia limpa
Torre pode transformar poluição sonora em energia limpa
Dicas para organizar uma campanha de doação de ovos de páscoa sustentável
Dicas para organizar uma campanha de doação de ovos de páscoa sustentável
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Conheça as frutas mais nutritivas da época de natal
Restaurante da Embraer implanta placas solares para aquecer água
Restaurante da Embraer implanta placas solares para aquecer água
Os 3 melhores destinos de trekking da América Latina
Os 3 melhores destinos de trekking da América Latina
Hidrelétricas podem afetar sistema hidrológico do Pantanal
Hidrelétricas podem afetar sistema hidrológico do Pantanal
Cidade nos EUA proíbe a venda de garrafas de água
Cidade nos EUA proíbe a venda de garrafas de água
Ventilador ecológico que economiza até 70% de energia é lançado no Brasil
Ventilador ecológico que economiza até 70% de energia é lançado no Brasil
AmBev reduz em 30% gastos com água na fabricação de bebidas
AmBev reduz em 30% gastos com água na fabricação de bebidas
Biodiversidade brasileira pode solucionar problemas de saúde
Biodiversidade brasileira pode solucionar problemas de saúde
Procuradoria questiona trechos do Código Florestal sancionado por Dilma
Procuradoria questiona trechos do Código Florestal sancionado por Dilma
Britânicos apostam em casas-contêiner para ajudar desabrigados
Britânicos apostam em casas-contêiner para ajudar desabrigados
Ciclista lança livro sobre expedição de 1.800 km por Santa Catarina
Ciclista lança livro sobre expedição de 1.800 km por Santa Catarina