Aguarde...

Noruega importa lixo para manter produção de energia


O lixo é considerado normalmente um problema. Em Oslo, capital da Noruega, o problema tem sido a falta de lixo. A cidade transforma os resíduos em energia e com a baixa demanda interna, tem sido obrigada a importar os materiais descartados por países vizinhos.

Atualmente, a maior parte da importação vem da Inglaterra e da Irlanda, mas a Noruega já pensa em expandir para outros países também. A prática de queimar o lixo para transformá-lo em calor e energia não é exclusividade de Oslo e tem se tornado cada vez mais comum em toda a Europa.

Conforme informado pelo New York Times, os países do norte-europeu produzem apenas 150 milhões de toneladas de lixo por ano. Mas, as usinas europeias de incineração são capazes de trabalhar com até 700 milhões de toneladas e os países continuam a construir mais estruturas, mesmo tendo pouco resíduo.

A Noruega está entre os dez maiores exportadores mundiais de petróleo e gás, além de ter muitas reservas de carvão e mais de mil usinas hidrelétricas. Diante desses fatos, pode parecer estranho o país importar lixo para produzir energia, mas o ex-diretor da Agência de “Energia do Lixo”, Pal Mikkelsen, explicou que essa é uma opção para reduzir a dependência de combustíveis fósseis no país.

Para alcançar a eficiência neste processo, a cidade de Oslo desenvolveu um sistema altamente tecnológico para o descarte e coleta. Assim, as famílias separam os resíduos orgânicos em um saco verde, os secos em um saco azul e os vidros em outro recipiente. As embalagens para o descarte são distribuídas gratuitamente em mercados e tudo é levado às usinas.

As fábricas de energia possuem sensores computadorizados que separam os sacos por cores e os destinam adequadamente aos incineradores. Mesmo com o sistema eficiente, os ambientalistas lembram que o vício em lixo pode ser um problema. “De um ponto de vista ambiental, é um problema enorme. Existe uma pressão para produzir mais e mais resíduos, porque o país não chega ao limite de sua capacidade”, disse Lars Haltbrekken, presidente do Friends of the Earth (Amigos da Terra), o grupo ambientalista mais tradicional da Noruega. Para ele, a redução na produção de lixo deve ser sempre a prioridade.

Ainda ao jornal norte-americano, Rooth Olbergsveen, da Agência de Recuperação de Resíduos, em Oslo, lembra que a reciclagem e a produção de energia devem andar de mãos dadas, para diminuir os impactos ambientais gerados pelo pós-consumo. Com informações do NYT.

Fonte: CicloVivo


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Saiba quais são os cuidados necessários com cachorros e gatos no verão
Saiba quais são os cuidados necessários com cachorros e gatos no verão
12 motivos para pedalar
12 motivos para pedalar
Comunidade alemã tem 100% de sua energia proveniente de fontes renováveis
Comunidade alemã tem 100% de sua energia proveniente de fontes renováveis
Governo de SP lança aplicativo para smartphone com dados sobre Meio Ambiente
Governo de SP lança aplicativo para smartphone com dados sobre Meio Ambiente
Empresa de Eike Batista é acusada por desastre ambiental no RJ
 Empresa de Eike Batista é acusada por desastre ambiental no RJ
Projeto conta com mais de 11 mil sons emitidos por animais
Projeto conta com mais de 11 mil sons emitidos por animais
Ateliê paraibano investe em bolsas de algodão ecológico
Ateliê paraibano investe em bolsas de algodão ecológico
Países desenvolvidos desperdiçam mais da metade dos alimentos produzidos
Países desenvolvidos desperdiçam mais da metade dos alimentos produzidos
5 famosas que lutam por um mundo mais sustentável
5 famosas que lutam por um mundo mais sustentável
Santos instala programa de empréstimo de bikes
Santos instala programa de empréstimo de bikes
Construção de hidrelétricas gera debate sobre impacto ambiental
Construção de hidrelétricas gera debate sobre impacto ambiental
Desmatamento amazônico polui mais que automóveis
Desmatamento amazônico polui mais que automóveis
Renzo Piano projeta moradia individual e sustentável
Renzo Piano projeta moradia individual e sustentável
Mexicanos trocam armas de fogo por bicicletas
Mexicanos trocam armas de fogo por bicicletas
Designer canadense transforma taças quebradas em luminárias
Designer canadense transforma taças quebradas em luminárias
Saiba como ter um dia dos namorados sustentável
Saiba como ter um dia dos namorados sustentável
Lei obriga instalação de semáforos movidos a energia solar e eólica em Maceió
Lei obriga instalação de semáforos movidos a energia solar e eólica em Maceió
Estudo mostra como é definido o comportamento social das formigas-de-fogo
Estudo mostra como é definido o comportamento social das formigas-de-fogo
Animação brasileira aborda questão da perda de florestas
Animação brasileira aborda questão da perda de florestas
Chinês vende ar enlatado em tempos de poluição extrema
Chinês vende ar enlatado em tempos de poluição extrema