Aguarde...

Natura, em defesa do clima




Em dezembro de 2009, os olhos do planeta estavam voltados para a Dinamarca. Na sua capital, Copenhague, acontecia aquela que, até então, era considerada a reunião climática mais importante da história. A principal expectativa na 15ª Conferência das Partes, organizada pelas Nações Unidas, girou em torno da assinatura de um acordo global legalmente vinculante para dar continuidade para a primeira fase do Protocolo de Quioto que acaba em 2012.

Os líderes políticos e negociadores, uma vez mais, não ouviram os cientistas e deixaram o país europeu pela porta dos fundos, sem a foto oficial ou rubricas em documentos capazes de conter o aquecimento. Uma semana antes de eles chegarem, no entanto, um importante passo foi dado pela Natura Cosméticos. Em uma fria quinta-feira, dia 10, a empresa anunciou a ao Programa Defensores do Clima, do WWF-Brasil. Para tanto, prometeu reduzir em 10% as emissões absolutas de seus processos operacionais até 2012, em relação a 2008.            

Com este gesto, ela se tornou a primeira empresa brasileira a ingressar no seleto grupo de parceiras do Climate Savers, iniciativa criada pela Rede WWF há dez anos e que, desde dezembro, conta com 21 companhias em seu plano de ação (entre as quais gigantes como Coca-Cola, Lafarge e Nokia). Juntas, até o fim deste ano, elas terão deixado de lançar 14 milhões anuais de toneladas de gases de efeito estufa para a atmosfera, o equivalente às emissões da Bolívia.

"O programa Defensores do Clima é, acima de tudo, um passo importante em busca da economia de baixo carbono. A adesão da Natura, empresa preocupada com as mudanças climáticas, mostra a necessidade de se colocar o tema nas estratégias do setor corporativo. É também um exemplo para outras empresas que queiram fazer a diferença para seus negócios e o meio ambiente", afirma Denise Hamú, secretária-geral do WWF-Brasil.

O lançamento oficial do Programa no Brasil ocorre nesta sexta-feira, dia 9 de abril, em evento em São Paulo.  Em resumo, o programa é um convite ao setor privado para incluir as análises de riscos e oportunidades climáticas em suas políticas de negócios. A partir deste movimento, a empresa ganha a chance real de assumir a vanguarda no combate ao aumento médio da temperatura em seu segmento e se prepara para a regulação nas emissões empresariais – que, não há dúvidas, começará em breve.  

A parceria entre o WWF-Brasil e a empresa participante tem a força de um compromisso formal, com metas ambiciosas e superiores ao que a empresa já havia anunciado anteriormente. Uma consultoria externa, contratada, faz o inventário das emissões e um raio-x completo de todo o processo produtivo. A partir daí, será possível identificar pontos-chave para os cortes. Eles podem estar na eficiência energética dos seus produtos, no uso de transportes, co-geração, energias renováveis e em processos industriais ou administrativos, entre outros.  

A Natura, por exemplo, substituirá o combustível de seus fornos de calor por biomassa e etanol - este último, por sua vez, também passa a abastecer a frota de veículos. O WWF-Brasil busca estabelecer diálogo com outras companhias que estejam dispostas a fazer o mesmo com auxílio técnico e de comunicação, algo imprescindível para a solução da crise climática e fundamental para os negócios na transição em vias de uma economia global de baixo carbono.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



WWF-Brasil na Expedição de Pesquisa e Gestão no Rio São João (RJ)
WWF-Brasil na Expedição de Pesquisa e Gestão no Rio São João (RJ)
Entre o asfalto e a terra no interior do Pará: 100 km na BR-163
Entre o asfalto e a terra no interior do Pará: 100 km na BR-163
60 países assinam compromisso de atingir desmatamento zero em 2020
60 países assinam compromisso de atingir desmatamento zero em 2020
Coleta Seletiva: Natal se mobiliza para melhorar manejo de resíduos
Coleta Seletiva: Natal se mobiliza para melhorar manejo de resíduos
Caxias do Sul recebe programa de consumo consciente e reciclagem
Caxias do Sul recebe programa de consumo consciente e reciclagem
Diretor do WWF-Peru fala sobre a conservação da Panamazônia no CBUC
Diretor do WWF-Peru fala sobre a conservação da Panamazônia no CBUC
Equipe começa a volta para casa
Equipe começa a volta para casa
WWF-Internacional aparece no ranking de ONGs com maior transparência
WWF-Internacional aparece no ranking de ONGs com maior transparência
Floresta faz a diferença convoca sociedade antes da votação da MP sobre o Código Florestal
Floresta faz a diferença convoca sociedade antes da votação da MP sobre o Código Florestal
Pecuária orgânica e os desafios da sustentabilidade
Pecuária orgânica e os desafios da sustentabilidade
Um ano de muitas realizações
Um ano de muitas realizações
Unidades de conservação: temporada de debate
Unidades de conservação: temporada de debate
Associação realiza curso de artesanato com couro de peixe
Associação  realiza curso de artesanato com couro de peixe
Pantanal Integrado
Pantanal Integrado
ONGs lançam iniciativa inédita pelo fim do desmatamento na Amazônia
ONGs lançam iniciativa inédita pelo fim do desmatamento na Amazônia
Natura, em defesa do clima
Natura, em defesa do clima
Pescando Letras e preservando o meio ambiente
Pescando Letras e preservando o meio ambiente
Investimento em plantações de palma requer cuidados
Investimento em plantações de palma requer cuidados
Com festa em escola municipal, WWF-Brasil lança livro sobre sustentabilidade no noroeste do Mato Grosso
Com festa em escola municipal, WWF-Brasil lança livro sobre sustentabilidade no noroeste do Mato Grosso
Submarino e Wal-Mart Brasil apoiam WWF-Brasil no Dia do Meio Ambiente
Submarino e Wal-Mart Brasil apoiam WWF-Brasil no Dia do Meio Ambiente