Aguarde...

"Não deixe o samba morrer..."




Apagamos as luzes. A Hora do Planeta passou. O sucesso da iniciativa neste 1º ano da participação brasileira superou as expectativas. Agora a vida continua. Continua? Não como antes! Que tal, daqui por diante, colocarmos em prática tudo aquilo que discutimos e refletimos durante a preparação e a Hora do Planeta?

Em primeiro lugar, precisamos não perder de vista o principal objetivo do movimento: um acordo global de clima justo e eficiente, que queremos ver assinado em Copenhagen, em dezembro, e que estabeleça regras globais para o efetivo combate ao aquecimento global.

Fique ligado, participe e divulgue as ações que ainda virão até dezembro, por um acordo global de clima. A luta ainda não acabou! E mais: você se lembra de que o Brasil é o 4º maior emissor de gases de efeito estufa do planeta e que 75% das nossas emissões são provocadas pelo desmatamento, principalmente da Amazônia e do Cerrado?

Pois bem. Vamos nos manter ativos em defesa das florestas brasileiras, companhar e participar de campanhas, abaixoassinados, enfim: tudo o que puder contribuir para que o Brasil enfrente efetivamente o desafio que é parar o desmatamento.

Afinal, com o fim do desmatamento, reduzimos nossas emissões de gases de efeito estufa, garantimos que a Amazônia, por exemplo, siga influindo positivamente no clima global e, de quebra, garantimos a manutenção da nossa riquíssima megabiodiversidade e recursos naturais para as gerações de hoje e do futuro.
Em casa
Procure sempre comprar aparelhos eficientes em consumo de eletricidade. Retire das tomadas os aparelhos em stand-by (os que ficam com as luzinhas vermelhas acesas)

No trabalho
Seja ativo: forme uma comissão para verificar como a empresa pode gastar menos energia. Mantenha os aparelhos de ar condicionado a 25oC. Verifique se os aparelhos de ar condicionado estão na sombra. Eles consomem 5% menos se não estiverem no sol.

No transporte
Use bicicleta ou caminhe sempre que possível. É saudável e você estará contribuindo para um planeta mais limpo. Faça sempre uma revisão do seu carro. Além de evitar possíveis dores de cabeça, um carro que funciona corretamente consome menos combustível e produz menos gases causadores do efeito estufa.

Ao comprar carne
Pergunte ao seu açougueiro ou ao supermercado que frequenta de onde vem a carne que você compra. Cerca de 70% das áreas desmatadas são para abertura de novas pastagens. O desmatamento é o principal responsável por nossas emissões de gases causadores do efeito estufa


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



‘Case’ da Rede WWF é selecionado para Guia de Marketing Relacionado a Causas
‘Case’ da Rede WWF é selecionado para Guia de Marketing Relacionado a Causas
Holanda estimula a produção sustentável da soja
Holanda  estimula a produção sustentável da soja
Unidades de conservação apoiadas pelo Arpa reduzem em 1,1 bilhão de toneladas as emissões de carbono
Unidades de conservação apoiadas pelo Arpa reduzem em 1,1 bilhão de toneladas as emissões de carbono
Presidente do Conselho Diretor do WWF-Brasil encontra Al Gore
Presidente do Conselho Diretor do WWF-Brasil encontra Al Gore
Repams e WWF-Brasil estimulam criação de reservas particulares no MS
Repams e WWF-Brasil estimulam criação de reservas particulares no MS
WWF-Brasil comemora apoio à segunda fase do Arpa
WWF-Brasil comemora apoio à segunda fase do Arpa
Ações imediatas são necessárias para preservar as florestas do planeta
Ações imediatas são necessárias para preservar as florestas do planeta
WWF-Brasil participa de sessão especial em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente no Senado Federal
WWF-Brasil participa de sessão especial em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente no Senado Federal
Hora do Planeta 2013 registra apoio de 113 cidades
Hora do Planeta 2013 registra apoio de 113 cidades
COP de clima termina com um pequeno passo à frente para o Protocolo de Quioto
COP de clima termina com um pequeno passo à frente para o Protocolo de Quioto
Transposições de bacias hidrográficas colocam em risco o mais vital recurso da natureza: a água
Transposições de bacias hidrográficas colocam em risco o mais vital recurso da natureza: a água
Pelúcias com a marca WWF agora na rede Brasif
Pelúcias com a marca WWF agora na rede Brasif
Correios do Brasil e da França lançam selos com temas ambientais
Correios do Brasil e da França lançam selos com temas ambientais
WWF-Brasil e Governo do Acre lançam estudo sobre incentivos por serviços ambientais
WWF-Brasil e Governo do Acre lançam estudo sobre incentivos por serviços ambientais
Chegada à cachoeira Macaé, ponto final da subida pelo Jari
Chegada à cachoeira Macaé, ponto final da subida pelo Jari
Certificação FSC ganha força na indústria da construção
Certificação FSC ganha força na indústria da construção
São Paulo e Curitiba confirmam adesão à Hora do Planeta 2010
São Paulo e Curitiba confirmam adesão à Hora do Planeta 2010
Balanço da primeira semana da COP em Nagoia: alguns avanços, muitos impasses e poucas definições
Balanço da primeira semana da COP em Nagoia: alguns avanços, muitos impasses e poucas definições
Grupo de Trabalho contrata estudo para subsidiar implantação do IR Ecológico
Grupo de Trabalho contrata estudo para subsidiar implantação do IR Ecológico
Pegada Ecológica de Campo Grande é tema das Quartas Sustentáveis
Pegada Ecológica de Campo Grande é tema das Quartas Sustentáveis