Aguarde...

Minc sinaliza criação de novas áreas protegidas em reunião com doadores do Arpa




Bonn (Alemanha) - O primeiro compromisso do Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, ao chegar hoje, quinta-feira, 29 de maio, na 9ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica, em Bonn (Alemanha), foi uma reunião com os doadores do Arpa (Programa de Áreas Protegidas da Amazônia).

No encontro Minc confirmou a continuidade do programa na sua agenda de governo e sinalizou a criação de novas unidades de conservação na Amazônia no próximo Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho.

“Fiz questão de vir a Bonn para dar boas notícias e reafirmar nosso compromisso com o Arpa e a ampliação da meta de criação de unidades de conservação de 50 para 60 milhões de hectares”, afirmou Minc, no encontro realizado com representantes da Rede WWF, do Banco Mundial e do KfW (Banco de Cooperação Alemã) – principais doadores do Arpa.

O novo ministro também sinalizou a possível criação de quatro novas unidades de conservação no próximo dia 5 de junho. Segundo ele, na Amazônia serão criadas a Reserva Extrativista do Xingu, a Reserva Extrativista do Ituxi e o Parque Nacional do Mapingari, além de uma reserva extrativista no litoral da Bahia (Mata Atlântica).

Momentos antes da conversa, o Ministério do Meio Ambiente realizou evento paralelo para lançar oficialmente a segunda fase do Arpa. Com início previsto para janeiro de 2009, a próxima fase do programa deve criar 20 milhões de hectares em quatro anos, sendo 10 milhões em unidades de conservação de uso sustentável.

Durante o evento o KfW já assinou contrato com o Funbio (Fundo Brasileiro de Biodiversidade) para a doação de 10 milhões de euros para fundo fiduciário de capitalização permanente do Arpa - o FAP (Fundo de Áreas Protegidas).

“O WWF-Brasil, e outros membros da Rede WWF, assumem seu compromisso com o Arpa, atendendo o desejo da sociedade brasileira em atingir o desenvolvimento sustentável da Amazônia. Ao mesmo tempo, oferecemos ao novo ministro brasileiro de Meio Ambiente, Carlos Minc, a oportunidade de reforçar o Arpa e conseguir novas doações para a implementação da segunda fase do programa”, afirmou o presidente do Conselho Diretor do WWF-Brasil, Álvaro de Souza, presente na reunião que também contou com o diretor-geral do WWF Internacional, James Leape, e a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú.

A Rede WWF anunciou o seu comprometimento com o programa e sinalizou doação de US$ 30 milhões de dólares para a segunda fase do Arpa. A quantia, na sua maioria ainda por ser captada, será disposta da seguinte forma US$ 10 milhões de dólares para investimento direto nas atividades do programa, US$ 15 milhões de dólares para aplicação no FAP e US$ 5 milhões de dólares serão oferecidos em produtos e serviços desenvolvidos pelo WWF-Brasil, como estudos propondo áreas prioritárias a serem criadas para a conservação da Amazônia brasileira, realização de planos de manejo para a consolidação de unidades de conservação já criadas, atividades de capacitação e formação para o fortalecimento de equipes como os gestores de unidades de conservação, entre outras atividades.

Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, o Arpa é implementado em conjunto pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e sete governos estaduais da Amazônia brasileira - Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Tocantins.

O apoio financeiro é dado pelo Fundo para o Meio Ambiente Global (GEF), por meio do Banco Mundial, pelo KfW (Banco de Cooperação do Governo da Alemanha) e pela Rede WWF, por meio do WWF-Brasil. Seus recursos são gerenciados pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). Além disso, existe uma cooperação técnica ao programa fornecida pelo WWF-Brasil e pela GTZ (Agência de Cooperação Técnica Alemã).



Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Semana da Mata Atlântica
Semana da Mata Atlântica
Festa das ONGs na COP de clima
Festa das ONGs na COP de clima
WWF e Coica pedem o fim do garimpo de ouro em áreas protegidas e terras indígenas na Amazônia
WWF e Coica pedem o fim do garimpo de ouro em áreas protegidas e terras indígenas na Amazônia
Para WWF-Brasil Fundo Amazônia é bom, mas não é a única opção
Para WWF-Brasil Fundo Amazônia é bom, mas não é a única opção
Frente Parlamentar Ambientalista anuncia adesão à Hora do Planeta
Frente Parlamentar Ambientalista anuncia adesão à Hora do Planeta
Submarino e Wal-Mart Brasil apoiam WWF-Brasil no Dia do Meio Ambiente
Submarino e Wal-Mart Brasil apoiam WWF-Brasil no Dia do Meio Ambiente
Segunda etapa de expedição tem mais desafios e pode mobilizar descobertas científicas no Amazonas e Mato Grosso
Segunda etapa de expedição tem mais desafios e pode mobilizar descobertas científicas no Amazonas e Mato Grosso
Campanha #florestafazadiferenca lança cartilha virtual para esclarecer à população
Campanha #florestafazadiferenca lança cartilha virtual para esclarecer à população
ICMBio homenageia WWF-Brasil durante cerimônia de aniversário
ICMBio homenageia WWF-Brasil durante cerimônia de aniversário
Grupo de trabalho Água e Floresta quer harmonia entre políticas de água, solo e florestas
Grupo de trabalho Água e Floresta quer harmonia entre políticas de água, solo e florestas
Campanha Veta, Dilma! pede à Presidente do Brasil para não permitir mais desmatamentos
Campanha Veta, Dilma!  pede à Presidente do Brasil para não permitir mais desmatamentos
Tendência mundial das áreas protegidas é unir biológico e social
Tendência mundial das áreas protegidas é unir biológico e social
WWF-Brasil apóia discussão sobre energia e mudanças climáticas no Congresso Nacional
WWF-Brasil apóia discussão sobre energia e mudanças climáticas no Congresso Nacional
Biodiversidade está na pauta da Câmara dos Deputados
Biodiversidade está na pauta da Câmara dos Deputados
Capacitação em favor da conservação ambiental
Capacitação em favor da conservação ambiental
Frente a frente com a cachoeira do Desespero
Frente a frente com a cachoeira do Desespero
Apuí não é contra o parque nacional
Apuí não é contra o parque nacional
Curso capacita gestores de UCs do Mato Grosso do Sul
Curso capacita gestores de UCs do Mato Grosso do Sul
Espécies usadas para alimentação ou medicamento correm mais risco de extinção
Espécies usadas para alimentação ou medicamento correm mais risco de extinção
2º Seminário Internacional de Marketing Relacionado a Causas
2º Seminário Internacional de Marketing Relacionado a Causas