Aguarde...

Mais de 45 mil carros serão destruídos e vendidos como sucata


Mais de 45 mil veículos depositados em pátios do governo paulista serão destruídos e vendidos como sucata para reciclagem. Cerca de 20 mil desses carros foram apreendidos em processos judiciais.

A medida foi possível por meio de uma parceria com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) que autorizou essa destinação aos carros. Um edital a ser publicado pelo Poder Judiciário, nos próximos dias, vai dar um prazo de dez dias para que os interessados na restituição do veículo se manifestem.

“Esses veículos superlotam os pátios, o que dificulta a ação da polícia em novas apreensões. À medida que esvaziarmos essas áreas, isso vai ter um grande significado para fortalecer a segurança”,  disse o governador Geraldo Alckmin. Ele destacou ainda a importância da medida para o meio ambiente e saúde pública. “São carros que têm às vezes 20 anos ou mais [de fabricação]. Além disso, um carro abandonado acumula água, mosquito, podendo provocar doenças”, justificou.

Os carros serão necessariamente compactados, não sendo permitida a venda de peças em separado. O valor arrecado com o leilão da sucata será depositado em uma conta judicial para eventual ressarcimento dos proprietários. “Para obter a restituição, ele terá que pagar multa, despesas, e a maioria dos carros já não tem mais valor econômico como veículo, somente como reciclagem”, explicou o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira.

O presidente do TJ-SP, Ivan Sartori, acredita que o anúncio da transformação dos carros em sucata não irá provocar uma corrida ao Judiciário para reaver os veículos. “São muito antigos. Abandonados há muito tempo. Teremos, provavelmente, algum movimento, mas não uma corrida”.

Após destruição dos veículos, os documentos serão obrigatoriamente recolhidos e receberão baixa para evitar fraudes e clonagens.

Por Camila Maciel - Agência Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Engenheiro cria nova metodologia de educação para crianças carentes
Engenheiro cria nova metodologia de educação para crianças carentes
Escritório chinês cria "casa-bike"
Escritório chinês cria "casa-bike"
Designers transformam destroços de furacão Sandy em peças de decoração
Designers transformam destroços de furacão Sandy em peças de decoração
Grupo em SP realiza intervenção artística em carro abandonado
Grupo em SP realiza intervenção artística em carro abandonado
Menina de 9 anos desiste de presentes de aniversário para ajudar animais
Menina de 9 anos desiste de presentes de aniversário para ajudar animais
O que sobrou da Mata Atlântica?
O que sobrou da Mata Atlântica?
Índios decidem combater extração ilegal de madeira no Maranhão
Índios decidem combater extração ilegal de madeira no Maranhão
Wewi é o primeiro refrigerante orgânico do Brasil
Wewi é o primeiro refrigerante orgânico do Brasil
Designer canadense transforma taças quebradas em luminárias
Designer canadense transforma taças quebradas em luminárias
Portadores de doenças neurológicas criam peças manuais com material reciclado no RJ
Portadores de doenças neurológicas criam peças manuais com material reciclado no RJ
Autoridade olímpica visita Baía de Guanabara e critica qualidade da água
Autoridade olímpica visita Baía de Guanabara e critica qualidade da água
Como não abandonar as corridas durante o inverno
Como não abandonar as corridas durante o inverno
Amazônia pode resistir às mudanças climáticas usando CO2 como fertilizante
Amazônia pode resistir às mudanças climáticas usando CO2 como fertilizante
Google Street View chega ao Grand Canyon
Google Street View chega ao Grand Canyon
Substância de peixe pode dar origem a roupas esportivas e à prova de balas
Substância de peixe pode dar origem a roupas esportivas e à prova de balas
Tecnologia que mescla dirigível e avião pode auxiliar missões de salvamento
Tecnologia que mescla dirigível e avião pode auxiliar missões de salvamento
Noruega importa lixo para manter produção de energia
Noruega importa lixo para manter produção de energia
Outdoor produz água potável a partir da umidade do ar
Outdoor produz água potável a partir da umidade do ar
Shell recebe indesejado prêmio de pior empresa do mundo
Shell recebe indesejado prêmio de pior empresa do mundo
Unesp testa eficácia e segurança de 20 plantas medicinais
Unesp testa eficácia e segurança de 20 plantas medicinais