Aguarde...

Kofi Anann faz discurso duro na COP de clima




Por Mauro Armelin

Hoje, o secretário-geral da ONU, Kofi Anann, abriu as reuniões do dia no plenário principal. Entrando no plenário, completamente lotado, ovacionado pelos delegados dos países e também pelos observadores, o secretário fez um discurso duro e colocou claramente que não precisamos de mais informações para começar a agir, as que já temos indicam claramente a urgência do caso. Um recado que interpretamos como endereçado principalmente aos Estados Unidos da América, cujo governo continua se recusando a aceitar as evidências naturais e as necessidades de redução das emissões.

Continuou o discurso colocando que temos muito mais a fazer do que estamos fazendo hoje. Afinal, quando as mudanças mais severas chegarem, os maiores afetados serão as populações dos países mais pobres que, por não terem as condições necessárias, levarão mais tempo para se adaptarem às mudanças submetendo assim suas populações a situações mais extremas do que as que já hoje enfrentam.

Além de “puxar as orelhas” dos governos, Annan também lembrou a importância que nós, cidadãos comuns, enquanto formadores de opinião e principalmente consumidores, temos nesse processo. Nesse ponto, principalmente, ele foi muito feliz em sua colocação. Nós, consumidores, temos o maior poder do mundo em nossas mãos, nossas escolhas podem pressionar empresas, e até governos, a mudarem seus padrões de produção para aqueles mais social e ambientalmente responsáveis.

Cada vez mais precisamos nos acostumar e entender o poder que nossas escolhas têm, sejam numa eleição ou numa simples compra no supermercado. O consumidor é um “elefante amarrado com barbante”. Quando entendermos a força e poder de nossas escolhas, poderemos mesmo mudar o mundo.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Bali lança o Mapa do Caminho, porém fraco em conteúdo
Bali lança o Mapa do Caminho, porém fraco em conteúdo
Retrocessos mantidos no texto que vai a plenário
Retrocessos mantidos no texto que vai a plenário
Dia mundial das Áreas Úmidas reforça inter-relação entre sistemas
Dia mundial das Áreas Úmidas reforça inter-relação entre sistemas
Município de Apiacás terá Casa de Meio Ambiente e Cultura
Município de Apiacás terá Casa de Meio Ambiente e Cultura
Kassab assina termo de adesão de São Paulo à Hora do Planeta
Kassab assina termo de adesão de São Paulo à Hora do Planeta
Oportunidade de debater os impactos das mudanças no Código Florestal
Oportunidade de debater os impactos das mudanças no Código Florestal
Tido como extinto, golfinho do Rio Yangtze reaparece
Tido como extinto, golfinho do Rio Yangtze reaparece
Mudanças Climáticas: agir é mais que necessário, é urgente
Mudanças Climáticas: agir é mais que necessário, é urgente
Reunião do conselho do mosaico da amazônia meridional
Reunião do conselho do mosaico da amazônia meridional
Porto Alegre e mais seis cidades brasileiras aderem à Hora do Planeta
Porto Alegre e mais seis cidades brasileiras aderem à  Hora do Planeta
Clima: Relatório estabelece prazos para mudança
Clima: Relatório estabelece prazos para mudança
Conhecer para educar
Conhecer para educar
Semana da Mata Atlântica
Semana da Mata Atlântica
Parceria técnica com a Embrapa será ampliada
Parceria técnica com a Embrapa será ampliada
WWF-Brasil é homenageado nos 50 anos do Estado do Acre
WWF-Brasil é homenageado nos 50 anos do Estado do Acre
Brasil, o “Fóssil do Dia”
Brasil, o “Fóssil do Dia”
Novo visual nos 15 anos do WWF-Brasil
Novo visual nos 15 anos do WWF-Brasil
Longo percurso rumo às metas de conservação
Longo percurso rumo às metas de conservação
Defensores das florestas fazem passeata pelo veto ao novo texto do Código Florestal e lotam Câmara dos Deputados
Defensores das florestas fazem passeata pelo veto ao novo texto do Código Florestal e lotam Câmara dos Deputados
Comunidade da Juréia discute Reservas de Desenvolvimento Sustentável
Comunidade da Juréia discute Reservas de Desenvolvimento Sustentável