Aguarde...

Início tranqüilo em Bonn




As negociações de clima em Bonn efetivamente começaram, mas agora com um elemento novo. Os negociadores estão agora diante de um novo texto de negociação, o qual determinará o arcabouço internacional de mudanças climáticas para os anos após 2012, quando termina o primeiro período de compromisso do Protocolo de Quioto.

Mas, qual a importância de um texto de negociação?  Por meio do texto, as opções para o acordo são finalmente colocadas na mesa de negociação.
 
Anteriormente a este texto, os negociadores apresentavam opções diversas (que eram amplamente discutidas) e iniciavam um processo nos bastidores onde cada país ou blocos de países procuravam colocar na mesa somente aquelas propostas que consideravam interessantes.
 
Agora, estamos nas finais do processo de negociação, onde somente existem negociação sobre as propostas existentes.

O maior desafio do texto já foi vencido. Embora negociadores tanto do mundo desenvolvido quanto do mundo em desenvolvimento tenham criticado o texto apontando falhas em sua estrutura, elementos faltando ou com os quais não poderiam concordar, nenhum país o rejeitou por completo.

Todos concordaram em usá-lo como base para negociação. A importância disto reside no fato de que, nas Nações Unidas, todas as decisões precisam ser tomadas por consenso.

Caso um país tivesse rejeitado o texto, todo o processo seria atrasado vários meses adicionais até os negociadores proporem um novo texto.

As negociações podem, então, prosseguir com base em algo mais concreto e esperamos que os negociadores atuem pelo interesse do futuro da humanidade e do meio ambiente e adotem as melhores opções para elemento do novo acordo.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (0)

Álbum de fotos (0)

Marcadores

Comentários



WWF-Brasil: interesses nacionais não podem sobrepujar necessidades do planeta
WWF-Brasil: interesses nacionais não podem sobrepujar necessidades do planeta
Fotógrafos de natureza: profissionais que também compõem os doze anos de história do WWF-Brasil
Fotógrafos de natureza: profissionais que também compõem os doze anos de história do WWF-Brasil
Cinco empresas no Acre assinam adesão ao SIM para obter selo FSC
Cinco empresas no Acre assinam adesão ao SIM para obter selo FSC
Florestar PIC Natureza resulta em aumento da Mata Atlântica com produção agroecológica
Florestar PIC Natureza resulta em aumento da Mata Atlântica com produção agroecológica
Baleia Orca é o animal mais tóxico do Ártico
Baleia Orca é o animal mais tóxico do Ártico
Vivendo no norte do Mato Grosso há 19 anos, Seu Daniel quer produzir sem agredir o Meio Ambiente
Vivendo no norte do Mato Grosso há 19 anos, Seu Daniel quer produzir sem agredir o Meio Ambiente
Amazônia: peça o veto à grilagem
Amazônia: peça o veto à grilagem
A difícil missão de proteger a Amazônia
A difícil missão de proteger a Amazônia
Um mundo com energia limpa é possível, em 2050
Um mundo com energia limpa é possível, em 2050
Relatório do WWF: Crise da água já atinge países ricos
Relatório do WWF: Crise da água já atinge países ricos
Indígenas de nove países amazônicos aprovam a "Carta de Manaus"
Indígenas de nove países amazônicos aprovam a "Carta de Manaus"
Sabor do cerrado em doces e licor
Sabor do cerrado em doces e licor
Semana da Mata Atlântica
Semana da Mata Atlântica
Pecuária orgânica do Pantanal é apresentanda em workshop sobre pecuária sustentável
Pecuária orgânica do Pantanal é apresentanda em workshop sobre pecuária sustentável
Relatório de ruralista agrava situação do Código Florestal
Relatório de ruralista agrava situação do Código Florestal
Agricultores de Brasília serão pagos para preservar a natureza
Agricultores de Brasília serão pagos para preservar a natureza
O apagar das luzes do Rio de Janeiro
O apagar das luzes do Rio de Janeiro
Uberlândia se mobiliza e vai participar, pela terceira vez, da Hora do Planeta
Uberlândia se mobiliza e vai participar, pela terceira vez, da Hora do Planeta
Vozes pelo Planeta
Vozes pelo Planeta
IR Ecológico será debatido em Manaus
IR Ecológico será debatido em Manaus