Aguarde...

Hora do Planeta 2010 é lançada mundialmente na China e tem panda Mei Lan como embaixadora




1 bilhão de pessoas no mundo todo devem apagar as suas luzes, por sessenta minutos, em 27 de março, na maior mobilização da Terra contra o aquecimento global. Pelo segundo ano consecutivo, WWF-Brasil promove a Hora do Planeta no país.

Chengdu, China, 11 de fevereiro de 2010 - No lançamento da contagem regressiva para a Hora do Planeta 2010, Mei Lan, a ursa panda que voltou recentemente para a China após uma missão diplomática em Atlanta (EUA), foi designada como Embaixadora Mundial da Hora do Planeta. Neste Ano Internacional da Biodiversidade, a ursa panda também simboliza a importância de protegermos ecossistemas e espécies em todo o planeta.

Às 20h30min de sábado, 27 de março, milhões de pessoas em todos os continentes irão desligar as luzes durante sessenta minutos - a Hora do Planeta – na maior mobilização mundial contra o aquecimento global.

O lançamento da Hora do Planeta 2010 ocorreu em Chengdu - a primeira cidade da China a assumir o compromisso de apagar as suas luzes no dia 27 de março – e cidade natal da ursa panda Mei Lan. Símbolo da Rede WWF, os pandas gigantes habitam Chengdu há mais de 8 milhões de anos.

A população de Chengdu se une aos cidadãos de mais de 70 países de todo o mundo, incluindo o Brasil, que já aderiram ao "apagar as luzes". Entre eles estão também quatro países de quatro continentes diferentes, que participam pela primeira vez da Hora do Planeta - Paraguai, Mongólia, Madagascar e a República Tcheca.

A Hora do Planeta continua a ganhar ímpeto à medida que as pessoas, em todo o mundo, decidem tomar para si a responsabilidade de mostrar que é possível enfrentar a ameaça do aquecimento global por meio de uma ação coletiva. Diariamente, novos países, cidades e localidades se inscrevem para participar dessa ação e desligar as luzes no dia 27 de março de 2010.

"A Hora do Planeta 2010 constitui a evidência de que a comunidade mundial quer adotar hábitos e um estilo de vida de baixo carbono, demonstrando sua liderança para que, por sua vez, os nossos líderes mundiais tratem a questão do aquecimento global com a responsabilidade necessária", declarou o diretor-executivo e co-fundador da Hora do Planeta, Andy Ridley.

O diretor geral da Rede WWF, Jim Leape, disse que o fato de a cidade de Chengdu - que integra a economia que mais cresce no mundo - liderar pelo exemplo, ao se comprometer com essa iniciativa e oferecer os serviços de Mei Lan para esse cargo de tanto prestígio, constitui uma homenagem à Hora do Planeta.

"Chengdu é o ponto central desse chamamento mundial à ação para a adoção de uma resolução do clima, durante o lançamento da Hora do Planeta 2010," disse Leape.

Brasil também irá apagar suas luzes

Pelo segundo ano consecutivo, o WWF-Brasil promove a Hora do Planeta no País. Em 2009, milhões de brasileiros apagaram as suas luzes e mostraram que sua preocupação com o aquecimento global. No total 113 cidades brasileiras, incluindo 13 capitais, participaram da Hora do Planeta no ano passado. Ícones como o Cristo Redentor, a Ponte Estaiada, o Congresso Nacional e o Teatro Amazonas ficaram no escuro por sessenta minutos.

A mobilização para a Hora do Planeta 2010 já começou. O site www.horadoplaneta.org.br será a plataforma onde cidadãos, empresas e organizações brasileiras poderão deixar seu comentário e obter mais informações sobre o movimento. O WWF-Brasil também já está em contato com as principais capitais e cidades brasileiras para a realização da Hora do Planeta 2010.

“A Hora do Planeta é um movimento de todos nós. Ela une cidades, empresas e indivíduos para demonstrar às lideranças mundiais - e, principalmente, para mostrar uns aos outros - que queremos uma solução contra o aquecimento global. É uma oportunidade única para nós, brasileiros, de nos unirmos com a comunidade global em uma única voz para deter as mudanças climáticas”, explicou a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú.

A História
Desde sua primeira edição em março de 2007, a Hora do Planeta não parou de crescer. O que era um evento em uma única cidade, Sidney, na Austrália, tornou-se uma ação que varreu o mundo, envolvendo centenas de milhões de pessoas em mais de 4.100 cidades em 88 países. A Hora do Planeta 2009 foi o maior ato voluntário que o mundo já conheceu. Alguns dos mais conhecidos monumentos mundiais, como as pirâmides do Egito, a Torre Eiffel em Paris, a Acrópole de Atenas e até mesmo as luzes de Las Vegas ficaram no escuro durante sessenta minutos.

Mei Lan agora integra o prestigiado grupo de personalidades que já desempenharam a função de Embaixador da Hora do Planeta - entre elas o Reverendo Desmond Tutu, os membros da banda Cold Play e a atriz Cate Blanchett. Seus fãs podem acompanhar seu papel de embaixadora nos sites www.twitter.com/earthour e www.earthhour.org.

Está montado, assim, o palco para a Hora do Planeta 2010: o maior espetáculo da Terra para agir e enfrentar as mudanças climáticas.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Projeto ensina a colher sementes do Cerrado
Projeto ensina a colher sementes do Cerrado
COP 18: “Resultado foi fraquíssimo”, diz representante do WWF-Brasil
COP 18: “Resultado foi fraquíssimo”, diz representante do WWF-Brasil
Hora de Acordar: o mundo deu o seu recado
Hora de Acordar: o mundo deu o seu recado
Seminário discute alternativas de energia elétrica para o País
Seminário discute alternativas de energia elétrica para o País
Projetos sustentáveis serão premiados
Projetos sustentáveis serão premiados
Comissão Nacional Preparatória da COP 8
Comissão Nacional Preparatória da COP 8
Publicação sobre a Pegada Ecológica de Campo Grande será lançada na Mostra de Soluções Sustentáveis
Publicação sobre a Pegada Ecológica de Campo Grande será lançada na Mostra de Soluções Sustentáveis
Alerta: ruralistas tentam votar mudanças no Código Florestal em regime de urgência
Alerta: ruralistas tentam votar mudanças no Código Florestal em regime de urgência
Resultados do Programa de Áreas Protegidas da Amazônia são apresentados em evento na COP 10/CDB
Resultados do Programa de Áreas Protegidas da Amazônia são apresentados em evento na COP 10/CDB
Queimadas cobrem a capital brasileira com fumaça
Queimadas cobrem a capital brasileira com fumaça
Festa das ONGs na COP de clima
Festa das ONGs na COP de clima
Manejo de pesca alcança resultados e é ampliado no Acre
Manejo de pesca alcança resultados e é ampliado no Acre
Investimento em plantações de palma requer cuidados
Investimento em plantações de palma requer cuidados
WWF-Brasil e IPÊ lançam livro sobre capacitação em gestão de Unidades de Conservação
WWF-Brasil e IPÊ lançam livro sobre capacitação em gestão de Unidades de Conservação
2007: ano recorde para o clima
2007: ano recorde para o clima
Os desafios da conservação da biodiversidade e as metas brasileiras para 2020
Os desafios da conservação da biodiversidade e as metas brasileiras para 2020
Sistema Deter aponta novamente aumento no desmatamento em Mato Grosso
Sistema Deter aponta novamente aumento no desmatamento em Mato Grosso
Grupo anuncia US$ 3,5 bilhões para conter o desmatamento
Grupo anuncia US$ 3,5 bilhões para conter o desmatamento
Projetos de Lei podem afetar Juréia e Jacupiranga
Projetos de Lei podem afetar Juréia e Jacupiranga
Clima precisa de mais peso na agenda política
Clima precisa de mais peso na agenda política