Aguarde...

Falta coerência à política climática no Brasil, dizem ONGs




Por Observatório do Clima

O governo vive uma profunda contradição em relação à política de clima no Brasil. Ao mesmo tempo em que anuncia metas de redução de emissões de gases de efeito estufa e de desmatamento, age para alterar o Código Florestal, projeta obras civis de grande impacto socioambiental na Amazônia e ainda deixa de fora a sociedade na hora de tomar as decisões principalmente sobre a matriz energética nacional. Essas foram algumas das principais críticas feitas pelas 36 ONGs que atuam na questão climática durante o seminário realizado nesta quarta (5) em Brasília pelo Observatório do Clima. (www.oc.org.br)

O evento reuniu 200 participantes entre especialistas e membros do governo na tentativa de abrir espaço para que a sociedade civil possa participar do processo de regulamentação da lei que estabelece a Política Nacional sobre Mudança do Clima (12.187/09), sancionada no final do ano passado. A promessa do governo era a de que a regulamentação se daria por meio de grupos de trabalho até o final de março deste ano, o que não ocorreu até agora. Para contribuir, o Observatório do Clima prepara um documento com sugestões ao governo a ser colocado em consulta pública nas próximas semanas.

De acordo com o coordenador do Observatório do Clima, André Ferretti, as discussões públicas sobre a implementação da lei estão atropeladas pela corrida eleitoral. ‘’Não se pode comprometer a qualidade do plano de ação climática do país – que orientará o futuro desenvolvimento econômico nacional – pelos interesses eleitorais imediatos’’, afirmou.

Energia

Karen Suassuna, do WWF Brasil, criticou as incoerências entre as projeções de metas assumidas pelo Brasil na Política Nacional sobre Mudança no Clima as o Plano Nacional de Energia de 2030 e o Plano Nacional de Energia de 2030. ‘’O setor energético ainda é muito refratário à participação construtiva da sociedade civil nas discussões de energia. O governo injetou muita gordura nas projeções de energia, mais do que o crescimento real das emissões’’, disse ela. A falta de acesso da sociedade civil no planejamento energético não permite que falhas como essa sejam discutidas de modo transparente. ‘’O governo tem de ouvir a sociedade’’, finalizou.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Nota pública
Nota pública
Código Florestal: mobilização deve ser “mantida e ampliada”, diz especialista
Código Florestal: mobilização deve ser “mantida e ampliada”, diz especialista
Início do retorno e nova parada no Molocopote
Início do retorno e nova parada no Molocopote
Copa do mundo, cachoeira, jaguatirica e peixe gigante num só dia
Copa do mundo, cachoeira, jaguatirica e peixe gigante num só dia
Jantar oficializa lançamento da segunda fase do Arpa
Jantar oficializa lançamento da segunda fase do Arpa
Especialistas definem plano de ação para salvar araras-azuis
Especialistas definem plano de ação para salvar araras-azuis
Kassab assina termo de adesão de São Paulo à Hora do Planeta
Kassab assina termo de adesão de São Paulo à Hora do Planeta
“Mata Atlântica, a floresta que nos une”
“Mata Atlântica, a floresta que nos une”
WWF-Brasil discute soja responsável
WWF-Brasil discute soja responsável
Gisele Bündchen está, novamente, na Hora do Planeta
Gisele Bündchen está, novamente, na Hora do Planeta
Mais pressão contra reforma precária do Código Florestal
Mais pressão contra reforma precária do Código Florestal
WWF-Brasil apoia consolidação de Resex no Mato Grosso
WWF-Brasil apoia consolidação de Resex no Mato Grosso
Hora do Planeta pelo mundo: Greenpeace, Microsoft sueca e Manchester United
Hora do Planeta pelo mundo: Greenpeace, Microsoft sueca e Manchester United
Último dia do CBUC discute consolidação dos sistemas de áreas protegidas
Último dia do CBUC discute consolidação dos sistemas de áreas protegidas
WWF-Brasil participa do festival Planeta Atlântida
WWF-Brasil participa do festival Planeta Atlântida
Encontro discute sistema de áreas úmidas Paraguai-Paraná
Encontro discute sistema de áreas úmidas Paraguai-Paraná
Duas mil pessoas pedem veto às mudanças do Código Florestal
Duas mil pessoas pedem veto às mudanças do Código Florestal
Povos indígenas e conservação da Amazônia em debate
Povos indígenas e conservação da Amazônia em debate
Comitê da Bacia do Rio Miranda realiza planejamento estratégico
Comitê da Bacia do Rio Miranda realiza planejamento estratégico
Relatório sobre soja destaca ameaças e soluções para o meio ambiente
Relatório sobre soja destaca ameaças e soluções para o meio ambiente