Aguarde...

Encontro discute uso sustentável da madeira




Debates acontecem em São Paulo no dia 25 de setembro, com participação de representantes de governos, indústria, comércio, academia e organizações não-governamentais

Promover uma ampla discussão sobre a aplicação dos princípios da sustentabilidade no setor madeireiro – esse será o objetivo principal do Primeiro Encontro para o Desenvolvimento Sustentável do Setor Madeireiro. O evento acontece nesta sexta-feira, 25 de setembro, em São Paulo e terá a participação do governo de São Paulo, ONGs ambientalistas e setor produtivo.

O encontro é organizado pelo Sindicato do Comércio Atacadista de Madeiras do Estado de São Paulo (Sindimasp). O evento faz parte do programa Madeira é Legal, iniciativa que reúne poder público, terceiro setor e indústria, e tem como objetivo incentivar e promover o uso da madeira de origem legal e certificada na construção civil no estado de São Paulo por meio da cooperação técnica e institucional. O Madeira é Legal foi lançado em março deste ano, na capital paulista.

Segundo o engenheiro florestal Estevão Braga, representante do WWF-Brasil no encontro, é necessário promover mais fóruns como esse, que discutam formas de produzir em conformidade com critérios socioambientais. “Estamos conseguindo um arranjo multissetorial sem precedentes no estado de São Paulo, com desdobramentos até mesmo em outras regiões do país. O evento será um importante canal para discutirmos as boas práticas da indústria madeireira e disseminarmos os bons resultados que já conseguimos alcançar”, afirma.

Estevão Braga será um dos palestrantes do encontro, falando sobre perspectivas e desafios na produção e comercialização de madeira da Amazônia. O evento será aberto pelo secretário de Meio Ambiente de Estado de São Paulo, Francisco Graziano Neto, e pelo presidente do Sindimasp, Rafik Hussein Saab.

Participam do encontro representantes da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal, Polícia Militar do Estado de São Paulo, Sindicato da Indústria da Construção Civil de Grandes Estruturas do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Fundação Getúlio Vargas (FGV), Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo e WWF-Brasil.

O programa completo do Primeiro Encontro para o Desenvolvimento Sustentável do Setor Madeireiro pode ser acessado na página www.sindimasp.org.br


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (2)

Álbum de fotos (2)

Marcadores

Comentários



WWF-Brasil lança pesquisa de público em seu site
WWF-Brasil lança pesquisa de público em seu site
Pirenópolis se prepara para a coleta seletiva
Pirenópolis se prepara para a coleta seletiva
Água e adaptação às mudanças climáticas na pauta de Cancún
Água e adaptação às mudanças climáticas na pauta de Cancún
Raro cachorro-vinagre é registrado vivo em MG
Raro cachorro-vinagre é registrado vivo em MG
WWF-Brasil ajuda organizações comunitárias de Apuí (AM) a captar recursos
WWF-Brasil ajuda organizações comunitárias de Apuí (AM) a captar recursos
Apreensão histórica de madeira ilegal na Resex Renascer
Apreensão histórica de madeira ilegal na Resex Renascer
WWF-Brasil e MMA firmam parceria para divulgar alimentos orgânicos
WWF-Brasil e MMA firmam parceria para divulgar alimentos orgânicos
Campanha #florestafazadiferenca lança cartilha virtual para esclarecer à população
Campanha #florestafazadiferenca lança cartilha virtual para esclarecer à população
Programa Defensores do Clima do WWF-Brasil é lançado oficialmente em São Paulo
Programa Defensores do Clima do WWF-Brasil é lançado oficialmente em São Paulo
Mata Atlântica pode ter 15 milhões de hectares restaurados
Mata Atlântica pode ter 15 milhões de hectares restaurados
Vale do Itajaí: crônica da omissão continuada
Vale do Itajaí: crônica da omissão continuada
Para WWF-Brasil, área de reserva legal é inegociável
Para WWF-Brasil, área de reserva legal é inegociável
Diálogos pela biodiversidade em Brasília
Diálogos pela biodiversidade em Brasília
WWF-Brasil e Sanremo anunciam parceria para incentivar uso de produtos com maior durabilidade
WWF-Brasil e Sanremo anunciam parceria para incentivar uso de produtos com maior durabilidade
Ruralistas aprovam relatório e prometem mais retrocessos
Ruralistas aprovam relatório e prometem mais retrocessos
Frente a frente com a cachoeira do Desespero
Frente a frente com a cachoeira do Desespero
Dr. Carlos Nobre recebe Prêmio WWF-Brasil Personalidade Ambiental
Dr. Carlos Nobre recebe Prêmio WWF-Brasil Personalidade Ambiental
Dessa vez, tudo será diferente...
Dessa vez, tudo será diferente...
NOTA: Presidenta Dilma avaliza acordo com mais retrocessos?
NOTA: Presidenta Dilma avaliza acordo com mais retrocessos?
Curso sobre gestão de unidades de conservação começa hoje em Manaus
Curso sobre gestão de unidades de conservação começa hoje em Manaus