Aguarde...

Economias emergentes aumentam a participação na Hora do Planeta




A Hora do Planeta tomou conta da Europa agora e, ao passar pela Oceania e a Ásia, trouxe consigo uma leva de compromissos relevantes com ações em prol do meio ambiente.
 
O ato simbólico de apagar as luzes durante uma hora para expressar a preocupação pelo meio ambiente está obtendo a adesão oficial de milhares de comunidades de 134 países e territórios em todos os continentes. 

"Assistimos, este ano, a uma explosão da participação em várias economias emergentes do mundo. Isso é um sinal encorajador de que esses países começaram a ocupar um lugar cada vez mais proeminente no palco mundial, afirma o diretor-geral da Rede WWF, Jim Leape, que participou do ato oficial de apagar as luzes no Portal da Índia, em Nova Delhi.
 
"A incrível participação na Hora do Planeta este ano, principalmente aqui em Nova Delhi, atesta a grande preocupação sobre a saúde dos recursos vivos dos quais todos dependemos e constitui o reconhecimento de que cada um de nós pode desempenhar um papel na construção de um futuro sustentável, " disse.

O maior mecanismo de busca da Coréia apóia a Hora do Planeta
 
O maior mecanismo de busca da Coréia - Naver - lançou uma logo especial no dia e destacou o evento em sua rede social de 5 milhões de usuários, a Me2day. Cerca de 156 cidades participaram do evento e o escritório do presidente da empresa teve suas luzes reduzidas na ocasião.
 
O advogado de Direitos Humanos Wonsoon Park, agraciado com o prêmio Ramon Hagsaysay Award - que é o equivalente asiático mais que mais se aproxima do Prêmio Nobel da Paz --, foi o embaixador oficial da Hora do Planeta. Ele liderou 500 pessoas reunidas em frente à Torre de Seul para a cerimônia da contagem regressiva e um minuto de silêncio para as vítimas dos recentes terremoto e tsunami no Japão.
 
Chengdu lança um plano para uso da bicicleta em toda a cidade. Shenyang opta pelo reflorestamento
 
Na China continental, 84 cidades prometeram ir além da hora e os principais centros urbanos do Sudoeste e Nordeste do país adotam ações em prol do planeta.
 
Em Chengdu, o evento simbólico de luzes apagadas continua depois com a iniciativa para ter até 60 mil bicicletas baratas para aluguel que serão disponibilizadas para o público em mais de mil pontos de aluguel espalhados pela cidade. Enquanto isso, no outro lado do país, Shenyang - uma antiga casa de força - prometeu reflorestar este ano 96 mil acres (38.849,82 hectares) para combater o desmatamento.
 
Um dos pontos turísticos mais famosos de Beijing, inclusive as construções que sediaram os Jogos Olímpicos, como o Ninho de Pássaro e o Cubo d'Água, tiveram suas luzes apagadas durante uma hora, somando-se à Torre III do World Trade Center da China, que é o prédio mais alto da cidade.

O Centro Financeiro Mundial de Xangai (que é o prédio mais alto em toda a China); a torre Jin Mao; a torre da Pérola Oriental e a Praça do Povo, todos desligaram as luzes em Xangai. Além disso, a cidade irá criar mil hectares de novos espaços urbanos verdes.
 
"O WWF aprecia profundamente os compromissos feitos pelas cidades em todo o país", disse Jim Gradoville, diretor do WWF-China. "Essas cidades estão acompanhando a evolução do movimento mundial da Hora do Planeta e comparecem para satisfazer a necessidade de uma real ação em prol do meio ambiente. Somos a favor de que mais cidades também façam isso.
 
O duo musical chinês e o embaixador chinês da Hora do Planeta, Yu Quan, também distribuiu uma canção-tema no idioma chinês para a Hora do Planeta 2011: "Desligue a luz."
 
Hai Quan, que integra o duo musical Yu Quan, disse sobre a trilha sonora que "a canção saiu do coração. A letra, que é nossa, menciona os ursos polares e o seu coração se iluminando quando você ajuda o planeta Terra, porque essas são coisas sobre as quais pensamos e que experimentamos. Temos uma preocupação profunda pelo meio ambiente e, como músicos, uma das melhores maneiras que temos de proteger o planeta é por meio de nossa habilidade artesanal para atingir as pessoas."

Em Hong Kong, a orla do Porto Victoria ficou mergulhada no escuro, com a suspensão da maior luz permanente do mundo e um show musical foi suspenso aquela noite. O Centro Cultural de Tsim Sha Tsui sediou a cerimônia oficial de contagem regressiva onde se destacaram as apresentações dos embaixadores da Hora do Planeta, Andox e Box. Pela primeira vez, este ano a Sede do Governo teve suas luzes desligadas durante a Hora do Planeta e o canal da National Geographic Asia suspendeu sua programação normal durante a hora.
 
5 mil mongóis enfrentam menos de cinco graus

A Mongólia celebrou sua segunda Hora do Planeta com a presença de 5 mil pessoas que ignoraram as temperaturas de menos cinco graus centígrados, ao redor de uma enorme logomarca da Hora do Planeta, à luz de velas, na principal praça da capital, Ulaan Baatar. Todos os prédios ao redor da praça Sukbaatar apagaram suas luzes de forma coordenada perante a massa e 10 estações de televisão nacionais. A hora de escuridão caracterizou-se pela formalização de promessas para ir Além da Hora, além de apresentações musicais e de um show pirotécnico.

O Vietnã também registrou uma participação impressionante na Hora do Planeta, inclusive 37 províncias e cidades que oficialmente tomaram parte no evento - praticamente dobrou o número de participantes em 2010. As luzes foram apagadas na ponte Huc, na torre Thap Rua, no templo Ngoc Son e no teatro da Ópera de Hanói.

Um evento realizado pelo WWF juntamente com o Comitê do Povo da cidade de Hue, no templo Nghinh Luong, contou com a presença de líderes do Ministério da Indústria e Comércio, Ministério dos Recursos Naturais e Meio Ambiente, o líder municipal de Hue, representantes de departamentos, empresas, organizações, voluntários, cidadãos e agências de mídia. Todos eles fizeram um minuto de silêncio pela crise no Japão e os representantes governamentais fizeram discursos.

A Televisão Hue transmitiu um concerto regido pelo artista Huy Tuan, com destaque para muitos cantores talentosos e preocupados com o meio ambiente. Entre eles, estavam Mai Khoi, Le Cat Trong Ly, Ngoc Anh, Minh Chuyen, Manh Ninh, e Nguyen Duc Cuong, além do embaixador da Hora do Planeta no Vietnã, Van Mai Huong, que ficou em segundo-lugar no concurso para Ídolo do Vietnã em 2010.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Exposição mostra área inexplorada da Amazônia
Exposição mostra área inexplorada da Amazônia
Comissão de meio ambiente aprova projeto de lei que cria estímulo fiscal para projetos ambientais
Comissão de meio ambiente aprova projeto de lei que cria estímulo fiscal para projetos ambientais
Campanha Veta, Dilma! pede à Presidente do Brasil para não permitir mais desmatamentos
Campanha Veta, Dilma!  pede à Presidente do Brasil para não permitir mais desmatamentos
BB suspende crédito para soja em área desmatada na Amazônia
BB suspende crédito para soja em área desmatada na Amazônia
Tido como extinto, golfinho do Rio Yangtze reaparece
Tido como extinto, golfinho do Rio Yangtze reaparece
Movimento coletará 1 milhão de assinaturas contra retrocesso no Código Florestal
Movimento coletará 1 milhão de assinaturas contra retrocesso no Código Florestal
Expedição científica em floresta do Pará verifica degradação e identifica espécies ameaçadas
Expedição científica em floresta do Pará verifica degradação e identifica espécies ameaçadas
DE OLHO NO CLIMA: As divertidas colocações dos negociadores
DE OLHO NO CLIMA: As divertidas colocações dos negociadores
Código Florestal: ambientalistas demandam posicionamento de presidenciáveis
Código Florestal: ambientalistas demandam posicionamento de presidenciáveis
Abertas novas inscrições Seminário Internacional Água e Transdisciplinaridade
Abertas novas inscrições Seminário Internacional Água e Transdisciplinaridade
Perspectiva chinesa da Conferência de Clima
Perspectiva chinesa da Conferência de Clima
Cientistas do Inpa pedem mais atenção, no texto do Código Florestal, para áreas úmidas e Áreas de Preservação Permanente
Cientistas do Inpa pedem mais atenção, no texto do Código Florestal, para áreas úmidas e Áreas de Preservação Permanente
Maria Cecília Wey de Brito é a nova secretária-geral do WWF-Brasil
Maria Cecília Wey de Brito é a nova secretária-geral do WWF-Brasil
WWF-Brasil convoca para Hora do Planeta 2010
WWF-Brasil convoca para Hora do Planeta 2010
IDIS e WWF-Brasil promovem 1 seminário de Sustentabilidade Corporativa
IDIS e WWF-Brasil promovem 1 seminário de Sustentabilidade Corporativa
Ministro alemão lembra saída de Marina Silva do MMA e pede comprometimento de Carlos Minc
Ministro alemão lembra saída de Marina Silva do MMA e pede comprometimento de Carlos Minc
Conheça a nossa Equipe
Conheça a nossa Equipe
Especialistas definem plano de ação para salvar araras-azuis
Especialistas definem plano de ação para salvar araras-azuis
Uma pequena vitória para o clima
Uma pequena vitória para o clima
Apenas fundo voluntário não basta para deter o desmatamento
Apenas fundo voluntário não basta para deter o desmatamento