Aguarde...

Decretado o congelamento da área proposta para unidade de conservação em Bertioga




Na terça-feira (30/03), o secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Xico Graziano, recebeu do WWF-Brasil o abaixo-assinado com mais de cinco mil assinaturas que pede a criação da área protegida no município de Bertioga, no litoral paulista.

O documento ressalta a necessidade de se conservar a restinga, mangues e outros ecossistemas presentes na área por meio de uma unidade de conservação (UC), tendo em vista a fragilidade desse ambiente, a importância biológica, paisagística e cultural e o crescimento da ocupação urbana no local.

A entrega do abaixo-assinado foi feita em evento realizado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente no Parque Villa Lobos, em São Paulo. Também na ocasião, o secretário Graziano anunciou a criação de duas unidades de conservação na Mata Atlântica, os Parques de Itapetinga e Itaberaba – ambos na região da Serra da Cantareira –, e decretou a limitação administrativa provisória, ou seja, o congelamento da área de 8.025 hectares proposta para a área protegida em Bertioga.

O congelamento da área significa que ela fica bloqueada para atividades que impliquem em degradação ambiental, corte raso de floresta ou vegetação nativa e implantação de áreas de reflorestamento para fins comerciais.

“O congelamento pode ser um bom sinal para a criação da unidade de conservação em Bertioga, uma vez que as áreas dos parques na Cantareira também haviam sido congeladas antes da criação. Nós esperamos que esse seja um passo no processo de criação da área que sirva para preparar a sociedade da melhor forma possível para a chegada da área protegida, afirma Luciana Simões, coordenadora do programa Mata Atlântica do WWF-Brasil, que entregou pessoalmente o abaixo-assinado ao secretário. 

O WWF-Brasil apoiou a criação dos Parques de Itapetinga e Itaberaba por meio da elaboração do protocolo dos estudos técnicos das áreas e apoia desde o início a criação da unidade de conservação em Bertioga com a realização dos estudos da importância ecológica da região.

“Ainda temos muito trabalho pela frente. Acompanharemos todo o processo e ficaremos atentos às datas das audiências públicas para informar e mobilizar a sociedade para participar dessa fase importante”, completa Simões. 

O abaixo-assinado ainda será entregue ao novo governador do Estado e secretário estadual de Meio Ambiente, quando tomarem posse e, portanto, a mobilização pela criação da área não acabou. Ainda dá tempo de colaborar com a iniciativa e assinar o documento pela preservação da Mata Atlântica.

Para saber mais e participar do abaixo-assinado pela criação de Bertioga, visite a página www.wwf.org.br/bertioga


Assine!


O que significa a “limitação administrativa provisória”:

(Fonte: página web da Fundação Florestal - www.fflorestal.sp.gov.br/cantareiraApresentacao.php)

De acordo com o Decreto 54.746, ressalvadas as atividades agropecuárias e as econômicas em andamento, além das obras públicas licenciadas, nas áreas submetidas à limitação administrativa provisória foram proibidos o desenvolvimento e o início de uma série de trabalhos:
“I - atividades e empreendimentos efetiva ou potencialmente causadores de degradação ambiental;
II – atividades que importem em exploração a corte raso da floresta e demais formas de vegetação nativa;
III - implantação de novas áreas de reflorestamentos homogêneos para fins comerciais”.
Com essa ação legal - amparada na Lei Federal no 9.985/2000, conhecida como Lei do SNUC (Sistema Nacional de Unidades de Conservação) -; a divulgação para a população da importância das novas UCs e a ação dos órgãos do Sistema Estadual do Meio Ambiente, especialmente a Polícia Militar Ambiental, que por via terrestre, aérea e satélite, está em permanente fiscalização nas áreas delimitadas; o governo do Estado de São Paulo impõe limites à utilização desses territórios enquanto aprofunda ainda mais os estudos para fundamentar a criação dessas áreas protegidas. É uma ação para evitar uma corrida imobiliária, a retirada ilegal de madeira e outras formas de ocupação humana que possam prejudicar os territórios a serem preservados.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Senadores apoiam incentivos econômicos à manutenção e recomposição de APPs
Senadores apoiam incentivos econômicos à manutenção e recomposição de APPs
No dois pra lá, dois prá cá, quem dança é a floresta
No dois pra lá, dois prá cá, quem dança é a floresta
Expectativa de mudança no Código gera desmatamento recorde no Mato Grosso
Expectativa de mudança no Código gera desmatamento recorde no Mato Grosso
Relatório indica dez maravilhas da natureza ameaçadas pelo aquecimento global
Relatório indica dez maravilhas da natureza ameaçadas pelo aquecimento global
Começa recuperação do Córrego Guariroba, em Campo Grande
Começa recuperação do Córrego Guariroba, em Campo Grande
WWF-Brasil apresenta demandas para COP-16
WWF-Brasil apresenta demandas para COP-16
Adesão de cidades à Hora do Planeta chega a 80 em todo o Brasil
Adesão de cidades à Hora do Planeta chega a 80 em todo o Brasil
Acre preparado para a Hora do Planeta 2010
Acre preparado para a Hora do Planeta 2010
Exemplo ecológico
Exemplo ecológico
Conselho diz não a barramentos do Rio Carinhanha
Conselho diz não a barramentos do Rio Carinhanha
Retrocesso na legislação ambiental brasileira
Retrocesso na legislação ambiental brasileira
COP8: WWF-Brasil avalia iniciativas para a conservação da biodiversidade no país
COP8: WWF-Brasil avalia iniciativas para a conservação da biodiversidade no país
Senado aprova texto que modifica Código Florestal
Senado aprova texto que modifica Código Florestal
Um dia – contagem regressiva para Hora do Planeta
Um dia – contagem regressiva para Hora do Planeta
São Paulo sedia primeiro Fórum Brasileiro da Água
São Paulo sedia primeiro Fórum Brasileiro da Água
Exposição Itinerante: mais de quatro mil crianças participarão em Campo Grande
Exposição Itinerante: mais de quatro mil crianças participarão em Campo Grande
Informações sobre mamíferos são indicadores de processos ambientais
Informações sobre mamíferos são indicadores de processos ambientais
Semana da Mata Atlântica
Semana da Mata Atlântica
Organizações pedem posicionamento sobre Código Florestal
Organizações pedem posicionamento sobre Código Florestal
Novas ações contra as mudanças do clima
Novas ações contra as mudanças do clima