Aguarde...

Comitês estaduais em defesa das florestas se espalham pelo país




Na sexta-feira (21), o Fórum Gaúcho em Defesa do Código Florestal Brasileiro (CFB) lançou o Comitê RS em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável em evento que reuniu mais de 30 entidades na Assembleia Legislativa do estado. É o sexto comitê fundado após São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Fortaleza e Curitiba. Em breve, Recife e Minas Gerais também terão suas representações lançadas.

O esforço de assegurar uma legislação florestal em conformidade com o desenvolvimento sustentável, no Brasil, vem mobilizando a sociedade organizada. Com o apoio da população, que cada vez mais adere ao abaixo assinado, e com o crescente número de artistas e personalidades fazendo campanha voluntária, nota-se que a reforma do Código Florestal (PLC 30/2011) não pode caminhar no Senado Federal da forma como está.

"As ações dos comitês visam chamar a atenção dos congressistas para que não aprovem o retrocesso que representa a proposta de reforma do Código Florestal. Para isso, as organizações têm multiplicado informações técnicas e científicas à população, através da realização de eventos presenciais e virtuais", avalia Luiz Zarref, engenheiro da Via Campesina.

Na reunião, o representante gaúcho da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Padre Agostinho, destacou trechos do documento favorável ao Código Florestal Brasileiro, como o que enfatiza que "as decisões não podem ser motivadas por uma lógica produtivista, que não tome em consideração a proteção da natureza, da vida humana e das fontes de vida".

A campanha inclui a participação em um abaixo-assinado, que pretende reunir 1 milhão de assinaturas contra a aprovação do relatório do deputado Aldo Rebelo (PC do B). No site da mobilização #florestafazadiferenca é possível acessar ao abaixo-assinado, bem como obter outros materiais de divulgação da campanha. Em setembro, por exemplo, houve uma maratona de esclarecimentos ao vivo, pela internet, sobre as mudanças no Código Florestal e agora a campanha reúne dezenas de depoimentos de artistas, produzidos em casa e editados pelo cineasta Fernando Meireles que aderiu ao movimento e, dessa  forma, tem dado a sua contribuição. Participe você também enviando um vídeo para o senador do seu estado pela página www.florestafazadiferenca.org.br/home/


*Com informações da EcoAgência


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Trilhando caminhos da sustentabilidade
Trilhando caminhos da sustentabilidade
Participe da campanha pela preservação das araucárias
Participe da campanha pela preservação das araucárias
Oficina mapeia cadeia produtiva do açaí
Oficina mapeia cadeia produtiva do açaí
Chegada à aldeia Mukuru
Chegada à aldeia Mukuru
Projeto Sky Protegendo Florestas é premiado no Reino Unido
Projeto Sky Protegendo Florestas é premiado no Reino Unido
Nokia e WWF renovam acordo para garantir negócios ambientalmente sustentáveis
Nokia e WWF renovam acordo para garantir negócios ambientalmente sustentáveis
Conheça a cidade de Apuí
Conheça a cidade de Apuí
CONSUMO CONSCIENTE: A conta que não fecha
CONSUMO CONSCIENTE: A conta que não fecha
WWF-Brasil apoia curso para gestores de Unidades de Conservação
WWF-Brasil apoia curso para gestores de Unidades de Conservação
Mais de 30 entidades catarinenses pedem veto total ao novo Código Florestal
Mais de 30 entidades catarinenses pedem veto total ao novo Código Florestal
Gran Meliá Mofarrej anuncia apoio ao WWF-Brasil
Gran Meliá Mofarrej anuncia apoio ao WWF-Brasil
Internautas engajados na Hora do Planeta
Internautas engajados na Hora do Planeta
Carta da Terra deve integrar políticas e leis brasileiras
Carta da Terra deve integrar políticas e leis brasileiras
WWF-Brasil apoia simpósio sobre sustentabilidade na construção civil
WWF-Brasil apoia simpósio sobre sustentabilidade na construção civil
Vitória e Rio: as primeiras do Brasil a aderir à Hora do Planeta 2011
Vitória e Rio: as primeiras do Brasil a aderir à Hora do Planeta 2011
Código Florestal: mobilização deve ser “mantida e ampliada”, diz especialista
Código Florestal: mobilização deve ser “mantida e ampliada”, diz especialista
Apagão reforça necessidade de diversificar matriz elétrica
Apagão reforça necessidade de diversificar matriz elétrica
Rondônia: operação prende invasores dentro de Terra Indígena
Rondônia: operação prende invasores dentro de Terra Indígena
Capacitação qualificará gerenciamento de áreas protegidas no Cerrado
Capacitação qualificará gerenciamento de áreas protegidas no Cerrado
Protesto contra alterações no Código Florestal em SP
Protesto contra alterações no Código Florestal em SP