Aguarde...

Comitê da Bacia do Rio Miranda realiza planejamento estratégico




O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Miranda irá realizar encontro para planejar as atividades para o período 2007/2008. Esse é o primeiro comitê de Bacia do Mato Grosso do Sul. O evento será no Conselho Regional de Arquitetura e Engenharia do Mato Grosso do Sul (CREA/MS), em Campo Grande, nos dias 28 (quinta-feira, de 8h às 19h) e 29 de junho (sexta-feira, de 8h às 17h). A agenda envolve temas como o estado do Aqüífero Guarani, que abrange uma parte da bacia, e a qualidade da água do rio Miranda, por exemplo.

Participam os membros titulares e suplentes que representam os segmentos: órgãos governamentais federal, estadual e prefeituras municipais; usuários (pecuaristas, irrigantes, empresas de saneamento, indústria e outros) e sociedade civil (universidades, ongs ambientalistas, sindicatos de trabalhadores, associações profissionais).

O planejamento estratégico tem como objetivos facilitar o conhecimento entre os membros do Comitê, procurando identificar nível de representatividade, trabalhos desenvolvidos, envolvimento e compromisso com o comitê; socializar conhecimentos sobre a situação da bacia e o papel do Comitê diante dos problemas apresentados; informar aos membros sobre os principais projetos e programas que estão sendo desenvolvidos na bacia, possibilitar a discussão sobre a relação do Comitê com esses projetos e identificar os principais desafios e estratégias para o funcionamento e para agenda do comitê em 2007-2008.

O presidente do Comitê e Prefeito de Bonito, José Arthur Soares de Figueiredo, destaca a importância do planejamento. “O planejamento para a bacia hidrográfica visa garantir a qualidade das águas, inclusive para a questão do turismo ambientalmente responsável”. Já o vice-presidente, José Aparecido Fernandes Gonçalves, que representa a categoria dos usuários, afirma que o planejamento “pode colaborar para garantir a continuidade do oferecimento de água de qualidade para todos os usos que existem na bacia". O secretário-executivo do Comitê, Felipe Dias, que representa a sociedade civil organizada, lembra a importância da participação de todos os membros do Comitê, “pois estarão sendo definidos rumos e de que forma acontecerá o desenvolvimento na Bacia".

O planejamento estratégico do Comitê tem o apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (SEMAC/MS), do Conselho Regional de Arquitetura e Engenharia do Mato Grosso do Sul (CREA/MS), da Fundação Cândido Rondon (FCR), da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), da Agência Nacional de Águas (ANA) e do WWF-Brasil.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Comitê cobra veto de Dilma a dispositivos que anistiam desmatamento
Comitê cobra veto de Dilma a dispositivos que anistiam desmatamento
ARTIGO: Um Código para o desenvolvimento sustentável
ARTIGO: Um Código para o desenvolvimento sustentável
Comitês estaduais em defesa das florestas se espalham pelo país
Comitês estaduais em defesa das florestas se espalham pelo país
Associados American Express fazem doações ao WWF-Brasil
Associados American Express fazem doações ao WWF-Brasil
Artesanato com couro de peixe é exemplo de redução da pegada
Artesanato com couro de peixe é exemplo de redução da pegada
Dia Internacional da Limpeza da Água
Dia Internacional da Limpeza da Água
WWF-Brasil convida para um dia de afiliações no evento Nirvana Lounge
WWF-Brasil convida para um dia de afiliações no evento Nirvana Lounge
WWF-Brasil e AES Eletropaulo lançam campanha de arrecadação
WWF-Brasil e AES Eletropaulo lançam campanha de arrecadação
Workshop discute selo para projetos de desenvolvimento limpo
Workshop discute selo para projetos de desenvolvimento limpo
WWF alerta sobre a necessária seriedade para que a Rio+20 seja bem sucedida nesta terça (19)
WWF alerta sobre a necessária seriedade para que a Rio+20 seja bem sucedida nesta terça (19)
Brasil bate recorde de adesões na Hora do Planeta
Brasil bate recorde de adesões  na Hora do Planeta
Escola de etnia Guató adota Cadernos de Educação Ambiental
Escola de etnia Guató adota Cadernos de Educação Ambiental
WWF-Brasil discute Reforma Agrária e Meio Ambiente
WWF-Brasil discute Reforma Agrária e Meio Ambiente
Líderes mundiais debatem futuro das florestas em cúpula no Congo
Líderes mundiais debatem futuro das florestas em cúpula no Congo
Pegada Ecológica é lançada em Campo Grande
Pegada Ecológica é lançada em Campo Grande
Economias emergentes aumentam a participação na Hora do Planeta
Economias emergentes aumentam a participação na Hora do Planeta
Mais de 30 entidades catarinenses pedem veto total ao novo Código Florestal
Mais de 30 entidades catarinenses pedem veto total ao novo Código Florestal
No escurinho da floresta
No escurinho da floresta
Congresso Nacional participa do movimento Hora do Planeta
Congresso Nacional participa do movimento Hora do Planeta
Cientistas discutem reforma do Código Florestal e apontam falhas no substitutivo de Aldo Rebelo
Cientistas discutem reforma do Código Florestal e apontam falhas no substitutivo de Aldo Rebelo