Aguarde...

Cientistas norte-americanos criam primeiro "adesivo" solar ultraflexível


 

Cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, são os responsáveis por criar painéis solares flexíveis, que podem ser aplicados em celulares, janelas ou telhados, por exemplo. O objeto é feito com silício, dióxido de silício e níquel.

Estes são os primeiros protótipos de painéis solares adesivos, ultraflexíveis e que tem grossura similar a um filme fotográfico. Diferente das células fotovoltaicas comuns que são grandes e rígidas, como afirma Chi Hwan Lee, um dos pesquisadores responsável pelo projeto.

Apesar de ser bem diferente, a tecnologia pode ser criada com redução de custos.  "Materiais não convencionais, em geral, são difíceis de usar porque as células fotovoltaicas têm superfície irregular e não lidam bem com processos químicos e térmicos necessários", afirmou a professora de engenharia Xiaolin Zheng, da Universidade de Stanford.

"Nós superamos o problema criando este painel adesivo, que dá flexibilidade e potencial de ser aplicado em várias superfícies. A aplicabilidade ainda reduz o peso e o custo geral", completa Xiaolin.

Para construir o adesivo solar, uma camada de níquel foi depositada na superfície do silício, em seguida as células fotovoltaicas finas são colocadas sobre o metal e depois cobertas com um polímero protetor.

A partir daí é colocada uma fita protetora ativada com calor, o que permite a aderência em diferentes superfícies. De acordo com os cientistas, essa composição deve ser mergulhada em um recipiente com água e depois deve ser aquecido a 90º C por alguns segundos.

O resultado é um objeto capaz de ser aplicado em qualquer superfície com fita dupla-face comum ou outro tipo de fita adesiva. "Você pode colocá-las em um capacete de motociclista, em um celular, em suas janelas, no telhado de casas, em roupas, no carro, em aparelhos eletrônicos - virtualmente tudo", garante a cientista Xiaolin.

A pesquisa foi publicada no periódico "Scientific Reports", na última quinta-feira (20). Segundo o estudo, a tecnologia pode ser aplicada em papel, plástico ou vidro, entre outras superfícies, sem perder a eficiência na captação da energia. Com informações do G1.

Fonte: CicloVivo


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Holanda aposta em ciclovias tecnológicas para incentivar uso da bike
Holanda aposta em ciclovias tecnológicas para incentivar uso da bike
Empresa brasileira lança vaso sanitário que economiza mais de 50% de água
Empresa brasileira lança vaso sanitário que economiza mais de 50% de água
Alemães projetam bicicleta transparente
Alemães projetam bicicleta transparente
Personalidades fazem apelo em favor dos oceanos em conferência na França
Personalidades fazem apelo em favor dos oceanos em conferência na França
Santander é eleito o banco mais sustentável do mundo
Santander é eleito o banco mais sustentável do mundo
Prefeito de Nova York quer eliminar uso de copos, bandejas e caixas de isopor
Prefeito de Nova York quer eliminar uso de copos, bandejas e caixas de isopor
Jovem de 19 anos projeta sistema para limpar o lixo plástico do oceano
Jovem de 19 anos projeta sistema para limpar o lixo plástico do oceano
Conferência sustentável para empresas acontece pela primeira vez no Brasil
Conferência sustentável para empresas acontece pela primeira vez no Brasil
Lixão põe em risco o maior reservatório de água de Pequim
Lixão põe em risco o maior reservatório de água de Pequim
Programa brasileiro "Madeira é Legal" é levado à Colômbia
Programa brasileiro "Madeira é Legal" é levado à Colômbia
Empresa britânica reaproveita contêineres para construir bar em Manchester
Empresa britânica reaproveita contêineres para construir bar em Manchester
De onde vem a água que nós bebemos?
De onde vem a água que nós bebemos?
Marginais dos rios Pinheiros e Tietê recebem projeto de revitalização
Marginais dos rios Pinheiros e Tietê recebem projeto de revitalização
Populações de tartarugas marinhas crescem no Brasil, diz Projeto Tamar
Populações de tartarugas marinhas crescem no Brasil, diz Projeto Tamar
Novo Código Florestal não anula multas anteriores, decide STJ
Novo Código Florestal não anula multas anteriores, decide STJ
Pão de açúcar conquista mais uma certificação LEED
Pão de açúcar conquista mais uma certificação LEED
Cancun planeja hotel sustentável em meio ao mar
Cancun planeja hotel sustentável em meio ao mar
Rede social compartilha sobras de comida através da internet
Rede social compartilha sobras de comida através da internet
Pescadores encontram água-viva australiana no litoral de São Paulo
Pescadores encontram água-viva australiana no litoral de São Paulo
Dicas para evitar pontos de alagamento e o que fazer em caso de enchentes
Dicas para evitar pontos de alagamento e o que fazer em caso de enchentes