Aguarde...

Cartilha apresenta resultados do diagnóstico no Alto Purus




Rio Branco, 15 de setembro de 2005 - O WWF-Brasil, a Seater/Governo do Estado do Acre e o Sebrae/AC lançam nesta sexta-feira, 16 de setembro, às 9h, no Espaço Gaia, em Rio Branco, a cartilha do Diagnóstico Participativo das Comunidades Ribeirinhas de Sena Madureira e Manual Urbano. A publicação é resultado do trabalho realizado junto às comunidades que vivem às margens do Rio Purus e seus afluentes no Estado do Acre e tem por objetivo desenvolver um sistema de manejo integrado dos recursos da várzea na região do Alto Purus, principalmente os recursos pesqueiros. Para o diagnóstico foram visitadas 71 comunidades ribeirinhas naqueles dois municípios e também em Boca do Acre (AM), para retratar a situação atual, as propostas de mudança e iniciar as discussões dos acordos de pesca. As Colônias de Pesca, o Ibama, o Ipam e o Iara também participaram do trabalho.

Antonio Oviedo, coordenador do Programa do Rio Amazonas e Florestas Inundadas do WWF-Brasil, destaca que “o manejo da pesca e de outros recursos naturais da várzea é fundamental para garantir a integridade dos ecossistemas aquáticos e traz inúmeros benefícios econômicos e sociais para as comunidades”. Com ampla experiência em manejo dos recursos naturais na Amazônia, o WWF divulgou esta semana um estudo de caso do Projeto Várzea, desenvolvido há mais de 10 anos em Santarém, em parceria com o Ipam e as comunidades ribeirinhas, onde demonstra que a conservação da várzea trouxe inúmeros benefícios sociais e econômicos para a população local. A experiência e as lições do Projeto Várzea possibilitaram uma sólida reflexão metodológica sobre os modelos de manejo da pesca que encurtou o caminho para o trabalho realizado no Projeto Alto Purus.

Cristiana Simão, coordenadora do Projeto Alto Purus na Seater, salienta que o peixe é o componente básico na alimentação das famílias ribeirinhas. Mas com o aumento populacional e a valorização comercial do pescado, aumentou a pressão sobre o recurso pesqueiro. O resultado foi a diminuição no número e tamanho dos peixes, o que tem gerado conflitos entre os ribeirinhos e os pescadores da cidade. “O Projeto Alto Purus promove o diálogo entre os usuários dos recursos pesqueiros para chegar a um consenso que permita uma convivência harmoniosa, observando a legislação, de forma a garantir a continuidade das pescarias e um futuro melhor para todos”.

O primeiro resultado do diagnóstico foi o estabelecimento de fóruns municipais de pesca e o início da construção dos acordos comunitários de pesca. No município de Manuel Urbano, já foram regulamentados os dois primeiros acordos de pesca do estado do Acre.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (0)

Álbum de fotos (0)

Marcadores

Comentários



Manual para educadores ensina a investigar a biodiversidade
Manual para educadores ensina a investigar a biodiversidade
Apesar de conhecer como economizar água, brasileiro desperdiça valioso recurso natural
Apesar de conhecer como economizar água, brasileiro desperdiça valioso recurso natural
Abertas as inscrições para o Prêmio Von Martius de Sustentabilidade 2008
Abertas as inscrições para o Prêmio Von Martius de Sustentabilidade 2008
Código Florestal ameaça cumprimento de acordos internacionais no país
Código Florestal ameaça cumprimento de acordos internacionais no país
Uma aula sobre áreas úmidas
Uma aula sobre áreas úmidas
Educação ambiental para o Cerrado
Educação ambiental para o Cerrado
Acordo pela pecuária sustentável é positivo, mas monitoramento deixa dúvidas
Acordo pela pecuária sustentável é positivo, mas monitoramento deixa dúvidas
Dia Mundial do Meio Ambiente: ONG de ciclistas em defesa da sustentabilidade
Dia Mundial do Meio Ambiente: ONG de ciclistas em defesa da sustentabilidade
Representantes da sociedade civil se retiram de reunião no Palácio do Planalto sobre desmatamento
Representantes da sociedade civil se retiram de reunião no Palácio do Planalto sobre desmatamento
Relatório do WWF-Brasil aponta economia de R$ 33 bi com adoção do cenário Elétrico Sustentável
Relatório do WWF-Brasil aponta economia de R$ 33 bi com adoção do cenário Elétrico Sustentável
Apuí não é contra o parque nacional
Apuí não é contra o parque nacional
Equipe começa a volta para casa
Equipe começa a volta para casa
Programa Pantanal recupera estudos sobre Hidrovia Paraguai-Paraná
Programa Pantanal recupera estudos sobre Hidrovia Paraguai-Paraná
Garimpeiros surpresos com criação do parque
Garimpeiros surpresos com criação do parque
Ignorar a Ciência é agir contra o Brasil
Ignorar a Ciência é agir contra o Brasil
Pressão de ambientalistas faz ministro criar grupo para discutir aplicação do Código Florestal
Pressão de ambientalistas faz ministro criar grupo para discutir aplicação do Código Florestal
Nota pública
Nota pública
Um Código para valorizar as florestas e a produção sustentável da biodiversidade
Um Código para valorizar as florestas e a produção sustentável da biodiversidade
WWF-Brasil, com Brand Finance, realiza pesquisa de percepção da marca
WWF-Brasil, com Brand Finance, realiza pesquisa de percepção da marca
Integrantes do WWF-Holanda visitam o Pantanal
Integrantes do WWF-Holanda visitam o Pantanal