Aguarde...

Cadernos da Biodiversidade e Pegada Ecológica no Fórum de Educação Ambiental




O WWF-Brasil e o Instituto Supereco realizam nesta quinta-feira (29), no VII  Fórum Brasileiro de Educação Ambiental, em Salvador (BA), a oficina Biodiversidade, educação e conservação na sua prática e ambiente de atuação.

A oficina será ministrada por Andree Vieira (Supereco) e Terezinha Martins ( WWF-Brasil) com base na publicação Investigando a Biodiversidade: guia de apoio aos educadores do Brasil, uma publicação conjunta do WWF-Brasil, Conservação Internacional e Supereco.

A publicação, lançada em 2010, tem por objetivo apoiar o trabalho de educadores que têm o desafio de desenvolver ações e atividades pedagógicas envolvendo professores, crianças e jovens sobre o significado e a importância da nossa biodiversidade e como devemos conservá-la. A obra é uma adaptação brasileira para o material “Exploring Biodiversity”, uma copublicação da Conservação Internacional e do WWF.

Fórum -
O VII  Fórum Brasileiro de Educação Ambiental começou hoje no Centro de Convenções de Salvador e tem a participação de  educadores de todo o país. O fórum deste ano será um evento preparatório para a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável – Rio + 20.

Um dos principais objetivos do evento  será o de avançar no diálogo com os diversos segmentos sociais envolvidos com o licenciamento ambiental, gestão dos resíduos sólidos, mudanças climáticas, educação formal, gestão de recursos hídricos, conservação da biodiversidade e gestão das unidades de conservação, produção agropecuária.

Pegada Ecológica
– O  WWF-Brasil e o Supereco estarão com um stand durante todo o evento para divulgar as suas ações de educação ambiental. Entre os projetos apresentados está o estudo da Pegada Ecológica de Campo Grande, uma experiência pioneira realizada no Brasil em uma cidade. 

A pegada ecológica é uma metodologia de contabilidade ambiental que avalia de um lado o consumo e do outro a capacidade de recursos naturais disponíveis no planeta. É possível traduzir a pegada ecológica em quantos e quais recursos são usados pela população e em quanto isso excede a capacidade de recuperação natural dos ecossistemas. O cálculo já era realizado de maneira individual,  mas foi feito pela primeira vez em uma cidade.

O trabalho foi realizado pelo WWF-Brasil em parceria com a prefeitura da capital do Mato Grosso do Sul, Global Footprint Network (GFN), a empresa social Ecossistemas e a Universidade Privada Anhanguera. O objetivo foi ter uma ferramenta de gestão para ajudar no planejamento e na gestão pública, mobilizar a população para rever seus hábitos de consumo e escolher produtos mais sustentáveis, além de estimular empresas a melhorarem suas cadeias produtivas.




Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Investigando a Biodiversidade atinge público de 650 professores e ganha Blog
Investigando a Biodiversidade atinge público de 650 professores e ganha Blog
Concurso Olhares sobre a Água e o Clima homenageia Década da Água
Concurso Olhares sobre a Água e o Clima homenageia Década da Água
ONGs de Brasília se mobilizam pela construção de ciclovias
ONGs de Brasília se mobilizam pela construção de ciclovias
COP de clima termina com um pequeno passo à frente para o Protocolo de Quioto
COP de clima termina com um pequeno passo à frente para o Protocolo de Quioto
Sistema identifica áreas mais apropriadas para conservação
Sistema identifica áreas mais apropriadas para conservação
Gestão de unidades de conservação será analisada
Gestão de unidades de conservação será analisada
Problemas com o batelão Maria Clarini
Problemas com o batelão Maria Clarini
O ataque dos insetos durante a longa noite de trabalho
O ataque dos insetos durante a longa noite de trabalho
Áreas Protegidas ganham ‘fundo’
Áreas Protegidas ganham ‘fundo’
Escolas municipais de Campo Grande (MS) têm carne orgânica na merenda
Escolas municipais de Campo Grande (MS) têm carne orgânica na  merenda
Participantes da Expedição Científica Juruena descrevem dinâmica da pesquisa em campo
Participantes da Expedição Científica Juruena descrevem dinâmica da pesquisa em campo
WWF-Brasil colhe assinaturas para proteger área em Bertioga (SP)
WWF-Brasil colhe assinaturas para proteger área em Bertioga (SP)
G8+5 chega a consenso histórico, mas ainda é pouco para deter o aquecimento global
G8+5 chega a consenso histórico, mas ainda é pouco para deter o aquecimento global
Mudanças climáticas: cientistas destacam a falta de capacitação de jornalistas
Mudanças climáticas: cientistas destacam a falta de capacitação de jornalistas
Consumidor desconhece a carne orgânica
Consumidor desconhece a carne orgânica
Projetos de conservação da onça-pintada no Pantanal buscam envolver pecuaristas
Projetos de conservação da onça-pintada no Pantanal buscam envolver pecuaristas
Especialistas defendem agricultura verde, pagamento de serviços e regeneração de áreas
Especialistas defendem agricultura verde, pagamento de serviços e regeneração de áreas
Oficina discute recursos hídricos, mudanças climáticas e adaptação, no Acre
Oficina discute recursos hídricos, mudanças climáticas e adaptação, no Acre
Pantaneira ganha prêmio
Pantaneira ganha prêmio
WWF-Brasil lança documentário sobre mudanças climáticas
WWF-Brasil lança documentário sobre mudanças climáticas