Aguarde...

Banimento de agrotóxicos na pauta da soja responsável




O banimento dos agrotóxicos Paraquate e Carbofuran, a maior participação de varejistas europeus e o papel da China no mercado global de soja foram assuntos de destaque no oitavo encontro anual da Mesa Redonda sobre Soja Responsável (RTRS, sigla em Inglês de Round Table on Responsible Soy), encerrado esta semana em Beijing.

Paraquate e Carbofuran são dois agrotóxicos usados na produção de soja, considerados nocivos para o meio ambiente e para a saúde humana e já proibidas em algumas regiões do globo. No encontro, foi decidido que até 2017 essas substâncias não deverão ser mais usadas pelos membros da RTRS. Todavia, o banimento do Paraquate poderá ser adiado caso não surjam alternativas menos tóxicas ou economicamente viáveis.

O WWF esperava que a data limite para banimento desses químicos fosse definida para 2015 e pede a criação de um grupo que acompanhe a questão dos agrotóxicos junto à RTRS.

Outra novidade é de que a Mesa passa a contar agora com mais nove varejistas da União Européia, o segundo maior mercado de importação do mundo para soja sul-americana – Ahold, Asda, Delhaize, Federation of Migros Cooperatives, Marks & Spencer, The Co-operative Food, Coop, Sainsbury’s and Waitrose. Isso trará mais mercado de soja certificada RTRS para agricultores da América do Sul.

Um mapeamento feito no Brasil para orientar a expansão da soja responsável e proteger as florestas nativas, áreas prioritárias para conservação e áreas de alto valor de conservação aguarda aprovação pelo Comitê Executivo da RTRS Poe inspirar ação semelhante no Paraguai, a partir deste ano.

"Estou muito otimista sobre o futuro dos padrões de sustentabilidade como os da RTRS na China", disse Li Nan, chefe de Transformação de Mercados do WWF-China. "O WWF apela a empresas chinesas para aproveitar a oportunidade oferecida pela RTRS, não só para atender às exigências do governo chinês para a legalidade, mas também para garantir o fornecimento de longo prazo de soja com melhor qualidade”, disse.

 

A primeira conferência da RTRS na China foi uma oportunidade para que as empresas do maior importador mundial de soja se engajem nos debates e ações em torno da soja responsável. Participaram mais de 200 pessoas de 15 países, incluindo produtores, processadores, comerciantes, varejistas e organização não-governamentais da área ambiental e social.

 

A RTRS foi criada em 2006 na Suíça e é uma iniciativa com mais de 150 membros (produtores, processadores, comerciantes e fabricantes de alimentos e ração à base de soja, bem como organizações da sociedade civil) dedicados à criação de um mercado mundial de soja certificada, baseado em critérios como respeito aos direitos dos proprietários da terra, comunidades locais, trabalhadores, pequenos produtores e suas famílias. Tais diretrizes exigem, ainda, que produtores adotem melhores práticas de manejo para minimizar os impactos dos cultivos.


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



Florestas ardem em todo o país
Florestas ardem em todo o país
WWF-Brasil lança Agenda 21 elaborada em projeto de educação ambiental na Mata Atlântica
WWF-Brasil lança Agenda 21 elaborada em projeto de educação ambiental na Mata Atlântica
Expedição científica pode gerar novas descobertas para a Ciência
Expedição científica pode gerar novas descobertas para a Ciência
"Projeto de reforma do Código Florestal é uma bomba de carbono"
"Projeto de reforma do Código Florestal é uma bomba de carbono"
Consórcio Amazoniar lança revista em conferência internacional
Consórcio Amazoniar lança revista em conferência internacional
Nova revista do WWF-Brasil. Ajude a nomeá-la.
Nova revista do WWF-Brasil. Ajude a nomeá-la.
Código Florestal: Votação na Câmara fica para 2012
Código Florestal: Votação na Câmara fica para 2012
Mais um remendo no Código Florestal não é a solução!
Mais um remendo no Código Florestal não é a solução!
Oficina debateu gerenciamento de áreas protegidas no Acre
Oficina debateu gerenciamento de áreas protegidas no Acre
Estrada da soja ameaça patrimônio da humanidade
Estrada da soja ameaça patrimônio da humanidade
‘Case’ da Rede WWF é selecionado para Guia de Marketing Relacionado a Causas
‘Case’ da Rede WWF é selecionado para Guia de Marketing Relacionado a Causas
Amazônia ganha seu primeiro plano de recursos hídricos
Amazônia ganha seu primeiro plano de recursos hídricos
WWF-Brasil e Embrapa formalizam parceria com termo de cooperação nacional
WWF-Brasil e Embrapa formalizam parceria  com termo de cooperação nacional
Reforma do Código Florestal reduzirá estoques potenciais de 7 bi de toneladas de carbono
Reforma do Código Florestal reduzirá estoques potenciais de 7 bi de toneladas de carbono
Lançada campanha de popularização dos alimentos orgânicos
Lançada campanha de popularização dos alimentos orgânicos
Neozelandeses saem à frente da comunidade mundial na Hora do Planeta e vão além da hora
Neozelandeses saem à frente da comunidade mundial na Hora do Planeta e vão além da hora
Um Globo do Povo em Copenhague
Um Globo do Povo em Copenhague
Campanha pelas florestas continua e ganha força na Rio+20
Campanha pelas florestas continua e ganha força na Rio+20
TicTacTicTac: festa para entrar no clima
TicTacTicTac: festa para entrar no clima
Governo federal anuncia novas unidades de conservação no Amazonas, mas frustra expectativas
Governo federal anuncia novas unidades de conservação no Amazonas, mas frustra expectativas