Aguarde...

Autoridade olímpica visita Baía de Guanabara e critica qualidade da água


Um passeio pela Baía de Guanabara serviu para o presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), Márcio Fortes, observar as condições da água do local que receberá as competições de vela dos Jogos Olímpicos de 2016. Durante uma hora e 20 minutos, Fortes apontou para os integrantes dos grupos de Sustentabilidade e de Saneamento da APO lugares onde se podia ver a poluição, com lixo ou com óleo.

A avaliação, feita na última sexta-feira (3), foi a segunda realizada pelo presidente da APO. Na primeira, acompanhado do biólogo Mário Moscatelli, Fortes sobrevoou, de helicóptero, a Baía de Guanabara e não gostou do que viu. Segundo ele, na segunda expedição a situação foi um pouco melhor, mas ainda existe a ressalva de que as condições da poluição dependem da maré.

"A visão do alto é bem diferente de sair pelo mar onde se perde a perspectiva. Do alto você vê as manchas de óleo, a quantidade de lixo depositada em diversas áreas, sobretudo nas margens quando a maré está baixa. A qualidade da água se pode sentir do alto, e é possível ver como a poluição avança. Eu hoje não vi muito lixo, mas isso também depende da maré alta ou baixa. Hoje até que estava razoavelmente limpo. A qualidade a gente só pode sentir do alto, de helicóptero, mas se a gente for olhar as margens próximas à Marina da Glória ou no Caju, é inacreditável", disse. ressaltando que ficou assustado com a quantidade de lixo.

Segundo Fortes, as duas avaliações vão gerar um relatório que será encaminhado ao governo federal para discussão das soluções emergenciais a fim de diminuir a poluição da baía. "O Programa de Despoluição da Baía de Guanabara vem de muito tempo, vem da década de 1990, e os resultados não foram os esperados. Então, temos que pensar agora em soluções que tragam para as competições uma qualidade de água desejável e ausência de lixo”, declarou.

O passeio normalmente é feito no rebocador Laurindo Pitta, mas como ele passa por manutenção, está sendo usada a escuna Nogueira da Gama. A viagem é uma das atrações turísticas do Rio de Janeiro. O ponto de partida é o Centro Cultural da Marinha, na Praça XV, no centro do Rio. Para Márcio Fortes, o fato de levar tantos turistas para conhecer a Baía de Guanabara, o passeio também acaba deixando evidentes as condições ambientais do local. "O turista constata que o poder público tem que fazer alguma coisa para combater a questão e sobretudo a presença de lixo na Baía de Guanabara", finalizou. 

Por Cristina Indio do Brasil - Agência Brasil


Álbum (1)

Álbum de fotos (1)

Marcadores

Comentários



80% do esgoto da Índia vai para os rios sem tratamento
80% do esgoto da Índia vai para os rios sem tratamento
Paraíba seleciona peças de artesanato que serão expostas em showrooms durante a Copa
Paraíba seleciona peças de artesanato que serão expostas em showrooms durante a Copa
Prefeito de Nova York quer eliminar uso de copos, bandejas e caixas de isopor
Prefeito de Nova York quer eliminar uso de copos, bandejas e caixas de isopor
Animação brasileira aborda questão da perda de florestas
Animação brasileira aborda questão da perda de florestas
Artistas transformam fábrica centenária em centro de trabalho colaborativo
Artistas transformam fábrica centenária em centro de trabalho colaborativo
Ministro japonês garante que país seguirá pescando baleias
Ministro japonês garante que país seguirá pescando baleias
Mate orgânico brasileiro conquista mercado norte-americano
Mate orgânico brasileiro conquista mercado norte-americano
Empresa brasileira lança sandália que se desintegra após 5 anos de desuso
Empresa brasileira lança sandália que se desintegra após 5 anos de desuso
Caatinga pode ser mais eficiente do que florestas tropicais na absorção de CO2
Caatinga pode ser mais eficiente do que florestas tropicais na absorção de CO2
Mexicanos desenvolvem sistema de geração solar a baixo custo
Mexicanos desenvolvem sistema de geração solar a baixo custo
Abrinq lança cartilha para alertar sobre trabalho infantil durante Copa e Olimpíadas
Abrinq lança cartilha para alertar sobre trabalho infantil durante Copa e Olimpíadas
Filtro ajuda a reduzir emissão de carbono em carros
Filtro ajuda a reduzir emissão de carbono em carros
Designers britânicos criam lâmpada movida a gravidade
Designers britânicos criam lâmpada movida a gravidade
SP ganha prédio com cobertura ecológica e tomadas para carros elétricos
SP ganha prédio com cobertura ecológica e tomadas para carros elétricos
Caixa capacita famílias para trabalhar com energia solar
Caixa capacita famílias para trabalhar com energia solar
Brasília faz campanha para que crianças troquem armas de brinquedo por livros
Brasília faz campanha para que crianças troquem armas de brinquedo por livros
Emily Deschanel faz campanha contra o consumo de leite
Emily Deschanel faz campanha contra o consumo de leite
Maldivas terá hotel flutuante em formato de estrela
Maldivas terá hotel flutuante em formato de estrela
MEC dará bolsas para estudantes de baixa renda, indígenas e quilombolas
MEC dará bolsas para estudantes de baixa renda, indígenas e quilombolas
Saiba como acabar com a energia "vampirizada"
Saiba como acabar com a energia "vampirizada"