Aguarde...

Australiana costura seu próprio vestido de noiva com materiais reaproveitados


A australiana Stephanie Watson deu um exemplo de como é possível economizar dinheiro e ainda assim ter um vestido de noiva personalizado e sustentável. Ela é estilista e criou seu próprio vestido, feito inteiramente com clipes usados para fechar as embalagens de pão em seu país.

A ideia surgiu ainda na adolescência. De início era apenas uma brincadeira entre Watson e seu namorado Will Wapling. Eles diziam que se casariam quando juntassem grampos suficientes para fazer o vestido de noiva. Aos poucos a história se espalhou pela vizinhança e os amigos passaram a ajudar na empreitada.

Dez anos depois, o casal já tinha somado dez mil clipes e a estilista decidiu que a quantidade já era suficiente para tornar a brincadeira de adolescente na realização de um sonho. Mesmo com todo esse esforço, foi necessário contar com uma ajudinha extra e mais clipes, na véspera do casamento, para que o vestido fosse finalizado.

Foi a própria Wapling quem desenhou e costurou seu vestido. Em consequência disso e da matéria-prima utilizada, o modelo custou apenas 36 dólares australianos, o equivalente a R$ 72. Este deve ser um dos vestidos de noiva mais baratos já fabricados no mundo.

Em seu blog, a estilista mostra os detalhes de todo o processo de criação e costura do Nadine, nome dado ao vestido. O trabalho árduo levou 300 horas e serve como inspiração para quem deseja reduzir os impactos ambientais causados pela cerimônia de casamento. Com informações do TreeHugger.

Fonte: CicloVivo


Álbum (3)

Álbum de fotos (3)

Marcadores

Comentários



Vivo lança antena 4G ecológica
Vivo lança antena 4G ecológica
ONG Fuck for Forest arrecada dinheiro para florestas através de filmes eróticos
ONG Fuck for Forest arrecada dinheiro para florestas através de filmes eróticos
Sentir o cheiro da natureza pode evitar estresse e câncer
Sentir o cheiro da natureza pode evitar estresse e câncer
Funai conclui estudo sobre terra de guaranis kaiowás do Mato Grosso do Sul
Funai conclui estudo sobre terra de guaranis kaiowás do Mato Grosso do Sul
Pão de açúcar conquista mais uma certificação LEED
Pão de açúcar conquista mais uma certificação LEED
Shell recebe indesejado prêmio de pior empresa do mundo
Shell recebe indesejado prêmio de pior empresa do mundo
Governo de SP lança aplicativo para smartphone com dados sobre Meio Ambiente
Governo de SP lança aplicativo para smartphone com dados sobre Meio Ambiente
Donald Trump anuncia construção de empreendimento sustentável no Rio
Donald Trump anuncia construção de empreendimento sustentável no Rio
Ativistas pedem proibição de rodeios no interior de SP
Ativistas pedem proibição de rodeios no interior de SP
Empresa húngara cria scooter elétrica dobrável
Empresa húngara cria scooter elétrica dobrável
Obama usa Twitter para cobrar apoio do Congresso contra mudanças climáticas
Obama usa Twitter para cobrar apoio do Congresso contra mudanças climáticas
Distrito londrino multa quem cospe ou urina em locais públicos
Distrito londrino multa quem cospe ou urina em locais públicos
Barraca de camping tem sinal de internet e produz energia solar para carregar celulares
Barraca de camping tem sinal de internet e produz energia solar para carregar celulares
ONG britânica de proteção aos animais sacrifica 43 ovelhas saudáveis
ONG britânica de proteção aos animais sacrifica 43 ovelhas saudáveis
Estreia da ciclofaixa em Brasília divide opiniões de ciclistas
Estreia da ciclofaixa em Brasília divide opiniões de ciclistas
Norte-americano reaproveita pallets para fabricar mobílias artesanais
Norte-americano reaproveita pallets para fabricar mobílias artesanais
TerraCycle transforma bituca de cigarro em plástico
TerraCycle transforma bituca de cigarro em plástico
Renault lança carro popular elétrico na França
Renault lança carro popular elétrico na França
Desmatamento amazônico polui mais que automóveis
Desmatamento amazônico polui mais que automóveis
Nos EUA, maria-fumaça é movida a óleo vegetal
Nos EUA, maria-fumaça é movida a óleo vegetal