Aguarde...

Ato Público em São Paulo contra o desmonte da legislação ambiental brasileira




Nesta quinta-feira, 18 de junho, das 14h30 às 15h, haverá ato público contra o desmonte da legislação ambiental brasileira que envolverá diversas organizações.

A iniciativa é do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social com apoio do Movimento Nossa São Paulo e diversas empresas e organizações da sociedade civil. O WWF-Brasil será representado pela superintendente de Desenvolvimento organizacional Regina Cavini.

Nas últimas semanas, várias instituições chamaram a atenção para os ataques que a legislação ambiental vem sofrendo e pediram a participação da sociedade para pressionar contra mudanças que prejudicam o meio ambiente.

As mobilizações de colaboradores e da sociedade brasileira ocorrem de várias formas: abaixo-assinados, ações na internet, envio de mensagens ao presidente da República.

O WWF-Brasil está promovendo a ação Diga não à Grilagem, em que pede aos usuários de internet a enviarem um pedido formal ao presidente da República, por meio da página "Fale com o Presidente" solicitando vetos à MP 458/09, conhecida como MP da Grilagem.

Para a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú, o momento é delicado pois o meio ambiente precisa resgatar sua relevância no contexto nacional. "Sempre ouvimos que o Brasil é o país do futuro. Para que possamos assegurar um futuro melhor, é preciso garantir incentivos para uma economia mais verde e para a proteção da floresta amazônica e de outros biomas, colocando o país numa posição de liderança e vanguarda no desenvolvimento sustentável", afirma.

O WWF-Brasil é contra o desenvolvimento predatório e irresponsável e a favor do desenvolvimento sustentável, com valorização dos ativos que o Brasil apresenta tais como a maior biodiversidade do planeta, alternativas energéticas limpas e o potencial de alimentar o mundo com uma produção ambiental e socialmente responsável.

Para o WWF-Brasil, a sanção integral da MP 458/09 pelo Presidente da República vai incentivar ainda mais o desmatamento, principal contribuição do Brasil para o aquecimento global, que já é o quarto maior emissor de gases de efeito estufa. Isso agrava a situação atual, em que já percebemos os efeitos das mudanças climáticas nas enchentes e secas, cada vez mais intensas e frequentes.

SERVIÇO:
Ato Público contra o Desmonte da Legislação Ambiental Brasileira
Quando?  18 de junho de 2009, quinta-feira, das 14h30 às 15h
Onde? Hotel Transamérica (Salas Comandatuba 2 e 3)
Av. das Nações Unidas, 18591, São Paulo/SP


O Instituto Ethos convoca todos os cidadãos brasileiros, empresas e organizações da sociedade civil, preocupados com o futuro do País, a participar de ato público para:

:: Conclamar o Congresso Nacional a assumir a sua cota de responsabilidade frente à agenda ambiental brasileira;

::  Apoiar a Carta Aberta da senadora Marina Silva ao Presidente da República, endossada por senadores e senadoras da República, para vetar três artigos da Medida Provisória 458;

::  Reafirmar o desejo da sociedade civil e do setor empresarial de que o Presidente Lula assuma a liderança da discussão ambiental no Brasil;

::  Conclamar as empresas a assumirem a agenda ambiental brasileira como estratégica em seus negócios.

Queremos mobilizar a sociedade para protestar veementemente contra a MP 458, que trata da ocupação de terras da União, no âmbito da Amazônia Legal.

A "MP da Grilagem", que acaba de ser aprovada pelo Senado e pela Câmara dos Deputados, deixou indignados todos os que se interessam pela integridade da Amazônia.

O ato público será realizado no dia 18 de junho de 2009, das 14h30 às 15h00, no encerramento da Conferência Internacional Ethos 2009, no Hotel Transamérica (Salas Comandatuba 2 e 3), à Av. das Nações Unidas nº 18591, em São Paulo-SP. 


Fonte: WWF - Brasil


Álbum (0)

Álbum de fotos (0)

Marcadores

Comentários



Mudanças climáticas: cientistas destacam a falta de capacitação de jornalistas
Mudanças climáticas: cientistas destacam a falta de capacitação de jornalistas
Dia mundial das Áreas Úmidas reforça inter-relação entre sistemas
Dia mundial das Áreas Úmidas reforça inter-relação entre sistemas
Debate entre o velho e o novo
Debate entre o velho e o novo
WWF-Brasil apóia discussão sobre energia e mudanças climáticas no Congresso Nacional
WWF-Brasil apóia discussão sobre energia e mudanças climáticas no Congresso Nacional
Nota de Repúdio à Tentativa de Redução do Parque Estadual Cristalino
Nota de Repúdio à Tentativa de Redução do Parque Estadual Cristalino
Soja adota salvaguardas ambientais
Soja adota salvaguardas ambientais
Ambientalistas rejeitam, em nota conjunta, texto de Projeto de Lei que altera Código Florestal
Ambientalistas rejeitam, em nota conjunta, texto de Projeto de Lei que altera Código Florestal
Agricultura familiar repudia mudanças no Código Florestal
Agricultura familiar repudia mudanças no Código Florestal
COP-18 precisa colocar negociações do clima de volta ao trilho da ciência
COP-18 precisa colocar negociações do clima de volta ao trilho da ciência
Presidente Dilma tem razões e apoio para vetar
Presidente Dilma tem razões e apoio para vetar
Código Florestal: comitês de bacia ignorados, sociedade fora do debate
Código Florestal: comitês de bacia ignorados, sociedade fora do debate
Água Brasil lança com presidenta Dilma jogo educativo para catadores
Água Brasil lança com presidenta Dilma jogo educativo para catadores
Encontro discute pacto para conservar nascentes do Pantanal
Encontro discute pacto para conservar nascentes do Pantanal
Manejo do pirarucu movimenta economia de Manoel Urbano
Manejo do pirarucu movimenta economia de Manoel Urbano
Perfil: Martins, o lutador de vale tudo que prefere passar por mole
Perfil: Martins, o lutador de vale tudo que prefere passar por mole
WWF-Brasil assina nota de repúdio à proposta de acabar com a necessidade de licenciamento ambiental prévio
WWF-Brasil assina nota de repúdio à proposta de acabar com a necessidade de licenciamento ambiental prévio
Adesão de cidades à Hora do Planeta chega a 80 em todo o Brasil
Adesão de cidades à Hora do Planeta chega a 80 em todo o Brasil
Campanha pelas florestas continua e ganha força na Rio+20
Campanha pelas florestas continua e ganha força na Rio+20
Oportunidade para fotos e entrevistas no balão do WWF
Oportunidade para fotos e entrevistas no balão do WWF
Moradores do Distrito Federal defendem nascente contra especulação
Moradores do Distrito Federal defendem nascente contra especulação